news:

Ciência & Tecnologia

Vulcão Kilauea faz chover joias no Havaí

Publicado por TV Minas em 15/06/2018

210886297.jpg

Em raro fenômeno geológico, o vulcão começou a expelir pedras de olivina.

 

A erupção do vulcão Kilauea tem causado muito transtorno aos 185 mil habitantes da Big Island, a maior do arquipélago do Havaí. Além de evaporar um lago inteiro, a lava expelida por 20 fendas desde o dia 3 de maio já destruiu 600 casas, segundo o prefeito do condado do Havaí, Harry Kim.

 

A devastação é a maior da história moderna do arquipélago americano. Na quinta-feira, 15 de junho, o presidente dos EUA, Donald Trump, aprovou o envio de ajuda emergencial aos moradores da ilha atingidos pelo vulcão.

 

Mas o poder destrutivo da natureza também tem suas belezas. No caso do Kilauea, elas aparecem como pequenas pedras transparentes na cor verde oliva. Em um evento geológico raro, o Kilauea está expelindo jóias de sua cratera.

 

A notícia veio por Twitter, com moradores das proximidades, que não foram atingidos diretamente pela lava. Eles começaram a encontrar as pedras espalhadas em seus quintais e postar fotos na internet.

 

 

Olivina coletada por moradores da Big Island.

 

 

Mas antes que você saia correndo em busca de riquezas com as pedras, saiba que elas não são tão valiosas assim. A olivina é um dos minerais mais comuns do mundo, também identificado na Lua, em meteoritos e em Marte. Acredita-se que a cor verde é em decorrência de pequenas quantidades de níquel.

 

Na internet é possível encomendar uma pedrinha dessas — mas não necessariamente a expelida pelo Kilauea — por R$ 20.

Em raro fenômeno geológico, o vulcão começou a expelir pedras de olivina.


 


A erupção do vulcão Kilauea tem causado muito transtorno aos 185 mil habitantes da Big Island, a maior do arquipélago do Havaí. Além de evaporar um lago inteiro, a lava expelida por 20 fendas desde o dia 3 de maio já destruiu 600 casas, segundo o prefeito do condado do Havaí, Harry Kim.


 


A devastação é a maior da história moderna do arquipélago americano. Na quinta-feira, 15 de junho, o presidente dos EUA, Donald Trump, aprovou o envio de ajuda emergencial aos moradores da ilha atingidos pelo vulcão.


 


Mas o poder destrutivo da natureza também tem suas belezas. No caso do Kilauea, elas aparecem como pequenas pedras transparentes na cor verde oliva. Em um evento geológico raro, o Kilauea está expelindo jóias de sua cratera.


 


A notícia veio por Twitter, com moradores das proximidades, que não foram atingidos diretamente pela lava. Eles começaram a encontrar as pedras espalhadas em seus quintais e postar fotos na internet.


PATROCINADORES

 


 



Olivina coletada por moradores da Big Island.


 


 


Mas antes que você saia correndo em busca de riquezas com as pedras, saiba que elas não são tão valiosas assim. A olivina é um dos minerais mais comuns do mundo, também identificado na Lua, em meteoritos e em Marte. Acredita-se que a cor verde é em decorrência de pequenas quantidades de níquel.


 


Na internet é possível encomendar uma pedrinha dessas — mas não necessariamente a expelida pelo Kilauea — por R$ 20.


Em raro fenômeno geológico, o vulcão começou a expelir pedras de olivina.



A erupção do vulcão Kilauea tem causado muito transtorno aos 185 mil habitantes da Big Island, a maior do arquipélago do Havaí. Além de evaporar um lago inteiro, a lava expelida por 20 fendas desde o dia 3 de maio já destruiu 600 casas, segundo o prefeito do condado do Havaí, Harry Kim.



A devastação é a maior da história moderna do arquipélago americano. Na quinta-feira, 15 de junho, o presidente dos EUA, Donald Trump, aprovou o envio de ajuda emergencial aos moradores da ilha atingidos pelo vulcão.



PATROCINADORES

Mas o poder destrutivo da natureza também tem suas belezas. No caso do Kilauea, elas aparecem como pequenas pedras transparentes na cor verde oliva. Em um evento geológico raro, o Kilauea está expelindo jóias de sua cratera.



A notícia veio por Twitter, com moradores das proximidades, que não foram atingidos diretamente pela lava. Eles começaram a encontrar as pedras espalhadas em seus quintais e postar fotos na internet.





PATROCINADORES

Olivina coletada por moradores da Big Island.



Mas antes que você saia correndo em busca de riquezas com as pedras, saiba que elas não são tão valiosas assim. A olivina é um dos minerais mais comuns do mundo, também identificado na Lua, em meteoritos e em Marte. Acredita-se que a cor verde é em decorrência de pequenas quantidades de níquel.



Na internet é possível encomendar uma pedrinha dessas — mas não necessariamente a expelida pelo Kilauea — por R$ 20.



Veja Também