news:

Sul de Minas

Vinho sul-mineiro é premiado em concurso internacional

Publicado por TV Minas em 19/06/2018

931624858.jpg

O vinho de Três Pontas Maria Maria conquistou a medalha de ouro no Brazil Wine Challenge 2018 que aconteceu entre os dias 5 e 8 de junho na cidade de Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul. O concurso que é o único no Brasil com a chancela da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV) e da União Internacional de Enólogos (UIOE) e está entre os mais importantes e respeitados das Américas, premiou 193 rótulos de nove países.

 

O vinho premiado foi Maria Maria Diva Sauvignon Blanc 2017. A uva é plantada na Fazenda Capetinga, do produtor Eduardo Junqueira, e processada na vinícola Experimental da Epamig em Caldas.

 

 

História

 

Proprietário da Fazenda Capetinga, que já é bem conhecida na região por produzir café, resolveu investir na produção de vinho após uma recomendação médica. Tendo em vista o fato de que tomar uma taça por dia faz bem à saúde, ele quis tomar uma do seu próprio vinho e foi aí que tudo começou. O produtor do Maria Maria, que carrega esse nome por causa da música do cantor Milton Nascimento, conta que a primeira safra foi produzida em 2013 e que enviou a de 2015 para participar de um concurso pela primeira vez em sua vida. Saiu vencedor.

 

 

O vinho de Três Pontas Maria Maria conquistou a medalha de ouro no Brazil Wine Challenge 2018.

O vinho de Três Pontas Maria Maria conquistou a medalha de ouro no Brazil Wine Challenge 2018 que aconteceu entre os dias 5 e 8 de junho na cidade de Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul. O concurso que é o único no Brasil com a chancela da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV) e da União Internacional de Enólogos (UIOE) e está entre os mais importantes e respeitados das Américas, premiou 193 rótulos de nove países.


 


O vinho premiado foi Maria Maria Diva Sauvignon Blanc 2017. A uva é plantada na Fazenda Capetinga, do produtor Eduardo Junqueira, e processada na vinícola Experimental da Epamig em Caldas.


 


 


História


PATROCINADORES

 


Proprietário da Fazenda Capetinga, que já é bem conhecida na região por produzir café, resolveu investir na produção de vinho após uma recomendação médica. Tendo em vista o fato de que tomar uma taça por dia faz bem à saúde, ele quis tomar uma do seu próprio vinho e foi aí que tudo começou. O produtor do Maria Maria, que carrega esse nome por causa da música do cantor Milton Nascimento, conta que a primeira safra foi produzida em 2013 e que enviou a de 2015 para participar de um concurso pela primeira vez em sua vida. Saiu vencedor.


 


 



O vinho de Três Pontas Maria Maria conquistou a medalha de ouro no Brazil Wine Challenge 2018.


O vinho de Três Pontas Maria Maria conquistou a medalha de ouro no Brazil Wine Challenge 2018 que aconteceu entre os dias 5 e 8 de junho na cidade de Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul. O concurso que é o único no Brasil com a chancela da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV) e da União Internacional de Enólogos (UIOE) e está entre os mais importantes e respeitados das Américas, premiou 193 rótulos de nove países.



O vinho premiado foi Maria Maria Diva Sauvignon Blanc 2017. A uva é plantada na Fazenda Capetinga, do produtor Eduardo Junqueira, e processada na vinícola Experimental da Epamig em Caldas.



PATROCINADORES

História



Proprietário da Fazenda Capetinga, que já é bem conhecida na região por produzir café, resolveu investir na produção de vinho após uma recomendação médica. Tendo em vista o fato de que tomar uma taça por dia faz bem à saúde, ele quis tomar uma do seu próprio vinho e foi aí que tudo começou. O produtor do Maria Maria, que carrega esse nome por causa da música do cantor Milton Nascimento, conta que a primeira safra foi produzida em 2013 e que enviou a de 2015 para participar de um concurso pela primeira vez em sua vida. Saiu vencedor.





O vinho de Três Pontas Maria Maria conquistou a medalha de ouro no Brazil Wine Challenge 2018.



Veja Também