news:

Sul de Minas

Operação cumpre 50 mandados judiciais contra crime organizado no Sul de MG

Publicado por TV Minas em 05/07/2018

foto_principal.jpeg

Matéria extraída do G1

 

Além do crime organizado, Polícia Civil teve como alvos envolvidos no tráfico de drogas.

 

A Polícia Civil de Itajubá realizou na manhã desta quinta-feira (5) a Operação Tormenta, contra o crime organizado e o tráfico de drogas na cidade. Ao todo, o operação tinha 21 mandados de prisão e 29 de busca e apreensão. Até o início da tarde, apenas cinco ainda não haviam sido cumpridos.

 

Segundo a Polícia Civil, o nome da operação remete a uma “tempestade” para o mundo do crime. Participaram dos trabalhos cerca de 120 policiais civis, membros do Departamento de Operações Especiais, cães do canil de Belo Horizonte e guardas municipais.

 

Os policiais agora trabalham para contabilizar o material apreendido.

Matéria extraída do G1


 


Além do crime organizado, Polícia Civil teve como alvos envolvidos no tráfico de drogas.


 


PATROCINADORES

A Polícia Civil de Itajubá realizou na manhã desta quinta-feira (5) a Operação Tormenta, contra o crime organizado e o tráfico de drogas na cidade. Ao todo, o operação tinha 21 mandados de prisão e 29 de busca e apreensão. Até o início da tarde, apenas cinco ainda não haviam sido cumpridos.


 


Segundo a Polícia Civil, o nome da operação remete a uma “tempestade” para o mundo do crime. Participaram dos trabalhos cerca de 120 policiais civis, membros do Departamento de Operações Especiais, cães do canil de Belo Horizonte e guardas municipais.


 


Os policiais agora trabalham para contabilizar o material apreendido.


Matéria extraída do G1



Além do crime organizado, Polícia Civil teve como alvos envolvidos no tráfico de drogas.



A Polícia Civil de Itajubá realizou na manhã desta quinta-feira (5) a Operação Tormenta, contra o crime organizado e o tráfico de drogas na cidade. Ao todo, o operação tinha 21 mandados de prisão e 29 de busca e apreensão. Até o início da tarde, apenas cinco ainda não haviam sido cumpridos.



PATROCINADORES

Segundo a Polícia Civil, o nome da operação remete a uma “tempestade” para o mundo do crime. Participaram dos trabalhos cerca de 120 policiais civis, membros do Departamento de Operações Especiais, cães do canil de Belo Horizonte e guardas municipais.



Os policiais agora trabalham para contabilizar o material apreendido.



Veja Também