news:

Sul de Minas

Tio de 42 anos é suspeito de violentar duas sobrinhas no Sul de Minas

Publicado por TV Minas em 14/07/2018

foto_principal.jpg

Matéria extraída do G1

 

Uma das vítimas está grávida e denunciou a suposta violência que teria ocorrido há 11 meses atrás.

 

Um homem de 42 anos foi preso na tarde desta sexta-feira (13), suspeito de violentar duas sobrinhas. Uma das garotas, com 14 anos, ficou grávida.

 

Segundo informações da Polícia Civil, a violência teria ocorrido há 11 meses e somente agora o caso foi relatado às autoridades. O motivo foi que mais velha foi ameaçada para manter a violência em segredo. Mas com a gravidez, ela revelou o fato à mãe e as duas foram à delegacia fazer a denúncia.

 

Ainda segundo a polícia, o suposto agressor também é suspeito de ter violentado outra sobrinha de 6 anos de idade. As investigações sobre o caso continuam e mais testemunhas serão ouvidas.

Matéria extraída do G1


 


Uma das vítimas está grávida e denunciou a suposta violência que teria ocorrido há 11 meses atrás.


 


PATROCINADORES

Um homem de 42 anos foi preso na tarde desta sexta-feira (13), suspeito de violentar duas sobrinhas. Uma das garotas, com 14 anos, ficou grávida.


 


Segundo informações da Polícia Civil, a violência teria ocorrido há 11 meses e somente agora o caso foi relatado às autoridades. O motivo foi que mais velha foi ameaçada para manter a violência em segredo. Mas com a gravidez, ela revelou o fato à mãe e as duas foram à delegacia fazer a denúncia.


 


Ainda segundo a polícia, o suposto agressor também é suspeito de ter violentado outra sobrinha de 6 anos de idade. As investigações sobre o caso continuam e mais testemunhas serão ouvidas.


Matéria extraída do G1



Uma das vítimas está grávida e denunciou a suposta violência que teria ocorrido há 11 meses atrás.



Um homem de 42 anos foi preso na tarde desta sexta-feira (13), suspeito de violentar duas sobrinhas. Uma das garotas, com 14 anos, ficou grávida.



PATROCINADORES

Segundo informações da Polícia Civil, a violência teria ocorrido há 11 meses e somente agora o caso foi relatado às autoridades. O motivo foi que mais velha foi ameaçada para manter a violência em segredo. Mas com a gravidez, ela revelou o fato à mãe e as duas foram à delegacia fazer a denúncia.



Ainda segundo a polícia, o suposto agressor também é suspeito de ter violentado outra sobrinha de 6 anos de idade. As investigações sobre o caso continuam e mais testemunhas serão ouvidas.



Veja Também