news:

Notícias

Nove pessoas estão desaparecidas em incêndio na Califórnia

Publicado por TV Minas em 28/07/2018

foto_principal.jpg

Dois bombeiros morreram e 38 mil pessoas deixaram suas casas.

 

Nove pessoas estão desaparecidas depois que um incêndio de grandes proporções atingiu o norte da Califórnia, neste sábado. As chamas já causaram a morte de dois bombeiros e destruiu centenas de imóveis, fazendo com que milhares de pessoas deixem as suas casas.

 

Cerca de 3.400 bombeiros em terra, além de helicópteros e aviões combateram a chamas no início do sábado, quando o incêndio atingiu a área de Redding, uma cidade de 90 mil habitantes, na área de Shasta-Trinity, na Califórnia.

 

Mais de 38 mil moradores da cidade e de outras partes do condado de Shasta fugiram de suas casas quando o incêndio começou a ganhar velocidade e intensidade na quinta-feira, destruindo 500 estruturas e deixando Keswick, uma cidade de 450 habitantes, em ruínas, segundo o Departamento de Silvicultura e Proteção contra Incêndios da Califórnia (CalFire).

 

O incêndio, que teve apenas 5% de sua proporção combatida desde o seu início, há seis dias, tem sido alimentado por altas temperaturas e pela baixa umidade, que devem continuar, pelo menos, até a próxima semana, disse Ken Pimlott, diretor da CalFire.

 

"O fogo está muito longe de ser contido", disse ele.

 

Bombeiros e policiais entraram “em modo de segurança” batendo de porta em porta para retirar civis de suas casas, disse Scott McLean, porta-voz do Departamento de Florestas e de Proteção de Incêndio da Califórnia (CalFire).

 

Um operador de escavadeira e um membro do Corpo de Bombeiros de Redding morreram no incêndio. Um hospital de Redding disse que tratou oito pessoas, incluindo três bombeiros.

 

Nove pessoas, incluindo uma mulher e seus dois bisnetos, estavam desaparecidas, informou uma afiliada da CBS em Sacramento, citando a polícia local. O marido da mulher, Ed Bledsoe, disse à emissora que os deixou em casa para fazer um recado na noite de quinta-feira.

 

O incêndio florestal é um dos 88 que estão acontecendo no país, sendo a maioria no oeste dos Estados Unidos, um dos quais provocou o fechamento de grande parte do Parque Nacional de Yosemite, na Califórnia. Só neste ano, cerca de 1,6 milhão de hectares foram consumidos pelo fogo no país, acima da média dos últimos dez anos, que registraram 1,5 milhão de hectares destruídos pelas chamas, segundo o Centro Nacional de Incêndios.

Dois bombeiros morreram e 38 mil pessoas deixaram suas casas.


 


Nove pessoas estão desaparecidas depois que um incêndio de grandes proporções atingiu o norte da Califórnia, neste sábado. As chamas já causaram a morte de dois bombeiros e destruiu centenas de imóveis, fazendo com que milhares de pessoas deixem as suas casas.


 


Cerca de 3.400 bombeiros em terra, além de helicópteros e aviões combateram a chamas no início do sábado, quando o incêndio atingiu a área de Redding, uma cidade de 90 mil habitantes, na área de Shasta-Trinity, na Califórnia.


 


Mais de 38 mil moradores da cidade e de outras partes do condado de Shasta fugiram de suas casas quando o incêndio começou a ganhar velocidade e intensidade na quinta-feira, destruindo 500 estruturas e deixando Keswick, uma cidade de 450 habitantes, em ruínas, segundo o Departamento de Silvicultura e Proteção contra Incêndios da Califórnia (CalFire).


 


O incêndio, que teve apenas 5% de sua proporção combatida desde o seu início, há seis dias, tem sido alimentado por altas temperaturas e pela baixa umidade, que devem continuar, pelo menos, até a próxima semana, disse Ken Pimlott, diretor da CalFire.


PATROCINADORES

 


"O fogo está muito longe de ser contido", disse ele.


 


Bombeiros e policiais entraram “em modo de segurança” batendo de porta em porta para retirar civis de suas casas, disse Scott McLean, porta-voz do Departamento de Florestas e de Proteção de Incêndio da Califórnia (CalFire).


 


Um operador de escavadeira e um membro do Corpo de Bombeiros de Redding morreram no incêndio. Um hospital de Redding disse que tratou oito pessoas, incluindo três bombeiros.


 


Nove pessoas, incluindo uma mulher e seus dois bisnetos, estavam desaparecidas, informou uma afiliada da CBS em Sacramento, citando a polícia local. O marido da mulher, Ed Bledsoe, disse à emissora que os deixou em casa para fazer um recado na noite de quinta-feira.


 


O incêndio florestal é um dos 88 que estão acontecendo no país, sendo a maioria no oeste dos Estados Unidos, um dos quais provocou o fechamento de grande parte do Parque Nacional de Yosemite, na Califórnia. Só neste ano, cerca de 1,6 milhão de hectares foram consumidos pelo fogo no país, acima da média dos últimos dez anos, que registraram 1,5 milhão de hectares destruídos pelas chamas, segundo o Centro Nacional de Incêndios.


Dois bombeiros morreram e 38 mil pessoas deixaram suas casas.



Nove pessoas estão desaparecidas depois que um incêndio de grandes proporções atingiu o norte da Califórnia, neste sábado. As chamas já causaram a morte de dois bombeiros e destruiu centenas de imóveis, fazendo com que milhares de pessoas deixem as suas casas.



Cerca de 3.400 bombeiros em terra, além de helicópteros e aviões combateram a chamas no início do sábado, quando o incêndio atingiu a área de Redding, uma cidade de 90 mil habitantes, na área de Shasta-Trinity, na Califórnia.



PATROCINADORES

Mais de 38 mil moradores da cidade e de outras partes do condado de Shasta fugiram de suas casas quando o incêndio começou a ganhar velocidade e intensidade na quinta-feira, destruindo 500 estruturas e deixando Keswick, uma cidade de 450 habitantes, em ruínas, segundo o Departamento de Silvicultura e Proteção contra Incêndios da Califórnia (CalFire).



O incêndio, que teve apenas 5% de sua proporção combatida desde o seu início, há seis dias, tem sido alimentado por altas temperaturas e pela baixa umidade, que devem continuar, pelo menos, até a próxima semana, disse Ken Pimlott, diretor da CalFire.



"O fogo está muito longe de ser contido", disse ele.



PATROCINADORES

Bombeiros e policiais entraram “em modo de segurança” batendo de porta em porta para retirar civis de suas casas, disse Scott McLean, porta-voz do Departamento de Florestas e de Proteção de Incêndio da Califórnia (CalFire).



Um operador de escavadeira e um membro do Corpo de Bombeiros de Redding morreram no incêndio. Um hospital de Redding disse que tratou oito pessoas, incluindo três bombeiros.



Nove pessoas, incluindo uma mulher e seus dois bisnetos, estavam desaparecidas, informou uma afiliada da CBS em Sacramento, citando a polícia local. O marido da mulher, Ed Bledsoe, disse à emissora que os deixou em casa para fazer um recado na noite de quinta-feira.



O incêndio florestal é um dos 88 que estão acontecendo no país, sendo a maioria no oeste dos Estados Unidos, um dos quais provocou o fechamento de grande parte do Parque Nacional de Yosemite, na Califórnia. Só neste ano, cerca de 1,6 milhão de hectares foram consumidos pelo fogo no país, acima da média dos últimos dez anos, que registraram 1,5 milhão de hectares destruídos pelas chamas, segundo o Centro Nacional de Incêndios.



Veja Também