news:

Notícias

Forte terremoto deixa mortos e feridos na Indonésia

Publicado por TV Minas em 29/07/2018

foto_principal.jpg

Abalo de magnitude 6,4 teve epicentro na ilha de Lombok, a uma profundidade de sete quilômetros.

 

Um forte terremoto de magnitude 6,4 deixou ao menos 14 mortos e mais de 160 feridos, além de destruir várias casas na Indonésia neste domingo (29), de acordo com um comunicado do porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres do país, Sutopo Purwo Nugroho.

 

Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), o sismo aconteceu às 6h47 local (19h47 de sábado em Brasília), a uma profundidade de sete quilômetros, com epicentro na ilha de Lombok.

 

Uma mulher malaia de 30 anos de idade, visitando o Monte Rinjani, um popular destino de trekking, está entre os mortos, segundo Nugroho. A área está fechada para os escaladores, porque havia relatos de deslizamentos de terra.

 

Lombok é uma ilha do sudeste da Indonésia muito popular entre os turistas, a 100 quilômetros da paradisíaca Bali. Composto por milhares de ilhas, o arquipélago da Indonésia está na zona denominada Cinturão de Fogo do Pacífico, devido à sua intensa atividade sísmica.

 

A eletricidade foi cortada na área mais atingida, Sembalun, uma região pouco povoada de plantações de arroz e nas encostas do Monte Rinjani, no lado norte da ilha.

 

O país é frequentemente abalado por sismos, a maioria inofensiva, mas esta região acompanha com atenção qualquer atividade sísmica pelo risco de tsunami.

 

Em 2004, um tsunami provocado por um terremoto de magnitude 9,3 frente à costa de Sumatra, no oeste da Indonésia, deixou 220 mil mortos em vários países voltados para o Oceano Índico. Destes, 168 mil viviam na Indonésia.

Abalo de magnitude 6,4 teve epicentro na ilha de Lombok, a uma profundidade de sete quilômetros.


 


Um forte terremoto de magnitude 6,4 deixou ao menos 14 mortos e mais de 160 feridos, além de destruir várias casas na Indonésia neste domingo (29), de acordo com um comunicado do porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres do país, Sutopo Purwo Nugroho.


 


Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), o sismo aconteceu às 6h47 local (19h47 de sábado em Brasília), a uma profundidade de sete quilômetros, com epicentro na ilha de Lombok.


 


Uma mulher malaia de 30 anos de idade, visitando o Monte Rinjani, um popular destino de trekking, está entre os mortos, segundo Nugroho. A área está fechada para os escaladores, porque havia relatos de deslizamentos de terra.


PATROCINADORES

 


Lombok é uma ilha do sudeste da Indonésia muito popular entre os turistas, a 100 quilômetros da paradisíaca Bali. Composto por milhares de ilhas, o arquipélago da Indonésia está na zona denominada Cinturão de Fogo do Pacífico, devido à sua intensa atividade sísmica.


 


A eletricidade foi cortada na área mais atingida, Sembalun, uma região pouco povoada de plantações de arroz e nas encostas do Monte Rinjani, no lado norte da ilha.


 


O país é frequentemente abalado por sismos, a maioria inofensiva, mas esta região acompanha com atenção qualquer atividade sísmica pelo risco de tsunami.


 


Em 2004, um tsunami provocado por um terremoto de magnitude 9,3 frente à costa de Sumatra, no oeste da Indonésia, deixou 220 mil mortos em vários países voltados para o Oceano Índico. Destes, 168 mil viviam na Indonésia.


Abalo de magnitude 6,4 teve epicentro na ilha de Lombok, a uma profundidade de sete quilômetros.



Um forte terremoto de magnitude 6,4 deixou ao menos 14 mortos e mais de 160 feridos, além de destruir várias casas na Indonésia neste domingo (29), de acordo com um comunicado do porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres do país, Sutopo Purwo Nugroho.



Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), o sismo aconteceu às 6h47 local (19h47 de sábado em Brasília), a uma profundidade de sete quilômetros, com epicentro na ilha de Lombok.



PATROCINADORES

Uma mulher malaia de 30 anos de idade, visitando o Monte Rinjani, um popular destino de trekking, está entre os mortos, segundo Nugroho. A área está fechada para os escaladores, porque havia relatos de deslizamentos de terra.



Lombok é uma ilha do sudeste da Indonésia muito popular entre os turistas, a 100 quilômetros da paradisíaca Bali. Composto por milhares de ilhas, o arquipélago da Indonésia está na zona denominada Cinturão de Fogo do Pacífico, devido à sua intensa atividade sísmica.



PATROCINADORES

A eletricidade foi cortada na área mais atingida, Sembalun, uma região pouco povoada de plantações de arroz e nas encostas do Monte Rinjani, no lado norte da ilha.



O país é frequentemente abalado por sismos, a maioria inofensiva, mas esta região acompanha com atenção qualquer atividade sísmica pelo risco de tsunami.



Em 2004, um tsunami provocado por um terremoto de magnitude 9,3 frente à costa de Sumatra, no oeste da Indonésia, deixou 220 mil mortos em vários países voltados para o Oceano Índico. Destes, 168 mil viviam na Indonésia.



Veja Também