news:

Notícias

Avião da Embraer cai no México 5 minutos após decolar

Publicado por TV Minas em 31/07/2018

foto_principal.jpeg

Avião da Aeroméxico com capacidade para 100 passageiros cai em Durango, no México.

 

Um avião da companhia Aeroméxico caiu próximo ao Aeroporto Guadalupe Victoria, em Durango, no norte do México. Segundo a imprensa mexicana, havia cerca de 100 pessoas a bordo. A empresa aérea confirmou o acidente, que ocorreu por volta das 15h09 (18h09 em Brasília) desta terça-feira (31).

 

Até o momento, não há informação de mortos ou de quantas pessoas ficaram feridas, até o momento. Fontes locais disseram que a aeronave caiu cerca de cinco minutos depois de levantar voo, mas a informação não foi confirmada.

 

A Aeroméxico confirmou também que a aeronave acidentada foi o AM 2431, da subsidiária Aeroméxico Connect, com destino à Cidade do México. O voo, que duraria cerca de 1h20, era operado por um Embraer 190 — fabricado no Brasil em 2008. A companhia aérea operava o avião desde 2014, com a matrícula XA-GAL.

 

O governador do estado de Durango, José Aispuro, disse, pelo Twitter, que solicitou equipes de segurança e de emergência para prestar atendimento no local do acidente. Ele também afirmou não haver dados sobre mortos ou feridos.

 

À agência Reuters, um porta-voz da Defesa Civil de Durango disse não haver registro de mortos. Porém, o dado ainda não foi confirmado oficialmente.

 

 

Fumaça

 

O jornalista Luis Ernesto Lozano, do Canal 10 Durango, postou em seu perfil no Twitter fotos que mostram fumaça que seria do avião acidentado.

 

Também pelo Twitter, outros jornalistas e moradores da região registraram o incêndio no avião. Segundo pessoas que estavam no local, chovia forte em Durango no momento do acidente.

Avião da Aeroméxico com capacidade para 100 passageiros cai em Durango, no México.


 


Um avião da companhia Aeroméxico caiu próximo ao Aeroporto Guadalupe Victoria, em Durango, no norte do México. Segundo a imprensa mexicana, havia cerca de 100 pessoas a bordo. A empresa aérea confirmou o acidente, que ocorreu por volta das 15h09 (18h09 em Brasília) desta terça-feira (31).


 


Até o momento, não há informação de mortos ou de quantas pessoas ficaram feridas, até o momento. Fontes locais disseram que a aeronave caiu cerca de cinco minutos depois de levantar voo, mas a informação não foi confirmada.


 


A Aeroméxico confirmou também que a aeronave acidentada foi o AM 2431, da subsidiária Aeroméxico Connect, com destino à Cidade do México. O voo, que duraria cerca de 1h20, era operado por um Embraer 190 — fabricado no Brasil em 2008. A companhia aérea operava o avião desde 2014, com a matrícula XA-GAL.


 


O governador do estado de Durango, José Aispuro, disse, pelo Twitter, que solicitou equipes de segurança e de emergência para prestar atendimento no local do acidente. Ele também afirmou não haver dados sobre mortos ou feridos.


PATROCINADORES

 


À agência Reuters, um porta-voz da Defesa Civil de Durango disse não haver registro de mortos. Porém, o dado ainda não foi confirmado oficialmente.


 


 


Fumaça


 


O jornalista Luis Ernesto Lozano, do Canal 10 Durango, postou em seu perfil no Twitter fotos que mostram fumaça que seria do avião acidentado.


 


Também pelo Twitter, outros jornalistas e moradores da região registraram o incêndio no avião. Segundo pessoas que estavam no local, chovia forte em Durango no momento do acidente.


Avião da Aeroméxico com capacidade para 100 passageiros cai em Durango, no México.



Um avião da companhia Aeroméxico caiu próximo ao Aeroporto Guadalupe Victoria, em Durango, no norte do México. Segundo a imprensa mexicana, havia cerca de 100 pessoas a bordo. A empresa aérea confirmou o acidente, que ocorreu por volta das 15h09 (18h09 em Brasília) desta terça-feira (31).



Até o momento, não há informação de mortos ou de quantas pessoas ficaram feridas, até o momento. Fontes locais disseram que a aeronave caiu cerca de cinco minutos depois de levantar voo, mas a informação não foi confirmada.



PATROCINADORES

A Aeroméxico confirmou também que a aeronave acidentada foi o AM 2431, da subsidiária Aeroméxico Connect, com destino à Cidade do México. O voo, que duraria cerca de 1h20, era operado por um Embraer 190 — fabricado no Brasil em 2008. A companhia aérea operava o avião desde 2014, com a matrícula XA-GAL.



O governador do estado de Durango, José Aispuro, disse, pelo Twitter, que solicitou equipes de segurança e de emergência para prestar atendimento no local do acidente. Ele também afirmou não haver dados sobre mortos ou feridos.



À agência Reuters, um porta-voz da Defesa Civil de Durango disse não haver registro de mortos. Porém, o dado ainda não foi confirmado oficialmente.



PATROCINADORES

Fumaça



O jornalista Luis Ernesto Lozano, do Canal 10 Durango, postou em seu perfil no Twitter fotos que mostram fumaça que seria do avião acidentado.



Também pelo Twitter, outros jornalistas e moradores da região registraram o incêndio no avião. Segundo pessoas que estavam no local, chovia forte em Durango no momento do acidente.



Veja Também