news:

Sul de Minas

Suspeitos de assalto a agência dos Correios são presos durante fuga em MG

Publicado por TV Minas em 15/08/2018

foto_principal.jpg

Assalto e tentativa de fuga aconteceram nesta segunda-feira na cidade de Cristina.

 

Cinco integrantes de uma quadrilha suspeita do assalto a uma agência dos Correios, em Cristina, na tarde desta segunda-feira (13), foram presos em São José do Alegre, durante uma tentativa de fuga. Segundo a Polícia Militar, o assalto à agência foi no final da tarde. Quatro homens e uma mulher conseguiram roubar dinheiro do local.

 

Os militares foram chamados e receberam informações sobre a rota de fuga dos criminosos. A equipe da polícia montou cercos nas cidades da região. Em Pedralva, os suspeitos conseguiram furar o bloqueio policial pela primeira vez.

 

Em São José do Alegre, a polícia deu nova ordem de parada ao grupo, que conseguiu fugir. Ao chegar ao bairro Marianos, quatro dos envolvidos saíram do veículo em que estavam e seguiram por um matagal.

 

O quinto homem continuou no carro e foi até Santa Rita do Sapucaí, onde foi preso. Outros três foram presos com a ajuda de cães farejadores da polícia. O último integrante da quadrilha foi preso horas depois em um ponto de ônibus.

 

Uma parte do dinheiro roubado da agência foi recuperada pela polícia. Os cinco integrantes da quadrilha são da cidade de São Paulo. Os suspeitos foram encaminhados para a Polícia Federal de Varginha.

Assalto e tentativa de fuga aconteceram nesta segunda-feira na cidade de Cristina.


 


Cinco integrantes de uma quadrilha suspeita do assalto a uma agência dos Correios, em Cristina, na tarde desta segunda-feira (13), foram presos em São José do Alegre, durante uma tentativa de fuga. Segundo a Polícia Militar, o assalto à agência foi no final da tarde. Quatro homens e uma mulher conseguiram roubar dinheiro do local.


 


Os militares foram chamados e receberam informações sobre a rota de fuga dos criminosos. A equipe da polícia montou cercos nas cidades da região. Em Pedralva, os suspeitos conseguiram furar o bloqueio policial pela primeira vez.


PATROCINADORES

 


Em São José do Alegre, a polícia deu nova ordem de parada ao grupo, que conseguiu fugir. Ao chegar ao bairro Marianos, quatro dos envolvidos saíram do veículo em que estavam e seguiram por um matagal.


 


O quinto homem continuou no carro e foi até Santa Rita do Sapucaí, onde foi preso. Outros três foram presos com a ajuda de cães farejadores da polícia. O último integrante da quadrilha foi preso horas depois em um ponto de ônibus.


 


Uma parte do dinheiro roubado da agência foi recuperada pela polícia. Os cinco integrantes da quadrilha são da cidade de São Paulo. Os suspeitos foram encaminhados para a Polícia Federal de Varginha.


Assalto e tentativa de fuga aconteceram nesta segunda-feira na cidade de Cristina.



Cinco integrantes de uma quadrilha suspeita do assalto a uma agência dos Correios, em Cristina, na tarde desta segunda-feira (13), foram presos em São José do Alegre, durante uma tentativa de fuga. Segundo a Polícia Militar, o assalto à agência foi no final da tarde. Quatro homens e uma mulher conseguiram roubar dinheiro do local.



Os militares foram chamados e receberam informações sobre a rota de fuga dos criminosos. A equipe da polícia montou cercos nas cidades da região. Em Pedralva, os suspeitos conseguiram furar o bloqueio policial pela primeira vez.



PATROCINADORES

Em São José do Alegre, a polícia deu nova ordem de parada ao grupo, que conseguiu fugir. Ao chegar ao bairro Marianos, quatro dos envolvidos saíram do veículo em que estavam e seguiram por um matagal.



O quinto homem continuou no carro e foi até Santa Rita do Sapucaí, onde foi preso. Outros três foram presos com a ajuda de cães farejadores da polícia. O último integrante da quadrilha foi preso horas depois em um ponto de ônibus.



Uma parte do dinheiro roubado da agência foi recuperada pela polícia. Os cinco integrantes da quadrilha são da cidade de São Paulo. Os suspeitos foram encaminhados para a Polícia Federal de Varginha.



Veja Também