news:

Esporte

Robinho desfalcará Cruzeiro em jogo contra o Atlético, no próximo domingo

Publicado por TV Minas em 09/09/2018

foto_principal.jpg

Armador recebeu o terceiro cartão amarelo no empate sem gols com Sport.

 

Maior garçom do elenco do Cruzeiro em 2018, com 10 assistências, o armador Robinho será desfalque no clássico contra o Atlético, domingo que vem, às 16h, no Mineirão, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ele recebeu o terceiro cartão amarelo no empate sem gols com o Sport, nesse sábado, na Ilha do Retiro, no Recife.

 

A tendência é que Mano Menezes escale um time misto ou até mesmo reserva diante do maior rival. Isso porque o time terá logo na quarta-feira seguinte o confronto com o Boca Juniors, em La Bombonera, na capital argentina Buenos Aires, pelas quartas de final da Copa Libertadores. O próprio treinador, em entrevista depois do jogo contra o Sport, ressaltou que será necessário dar descanso aos principais jogadores durante o Brasileiro, até pela posição da equipe – 7º, com 33 pontos, a 16 do líder São Paulo.

 

“Já chegamos até aqui na Libertadores e até aqui na Copa do Brasil, será que é inteligente de nossa parte botar tudo isso fora? Não é! Então tenho que administrar da forma que estamos administrando para termos chances nos jogos em que vamos jogar”, disse Mano.

 

“Não há garantia de vitórias, porque nunca tem. Mas temos que ter condições de brigar. Vamos enfrentar um adversário na quarta-feira que vem jogando com um time sim, um time não. Se eu não administrar dessa forma, como vamos enfrentar fisicamente um jogo desses que nós sabemos que vai ser da maneira como vai ser? Se fosse individualmente, não estaria me agradando. Mas tenho que levar tudo em consideração”, acrescentou.

 

Antes de pensar no Atlético (e também no Boca), o Cruzeiro jogará na quarta-feira contra o Palmeiras, às 21h45, no Allianz Parque, em São Paulo. Será o duelo de ida das semifinais da Copa do Brasil.

Armador recebeu o terceiro cartão amarelo no empate sem gols com Sport.


 


Maior garçom do elenco do Cruzeiro em 2018, com 10 assistências, o armador Robinho será desfalque no clássico contra o Atlético, domingo que vem, às 16h, no Mineirão, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ele recebeu o terceiro cartão amarelo no empate sem gols com o Sport, nesse sábado, na Ilha do Retiro, no Recife.


 


A tendência é que Mano Menezes escale um time misto ou até mesmo reserva diante do maior rival. Isso porque o time terá logo na quarta-feira seguinte o confronto com o Boca Juniors, em La Bombonera, na capital argentina Buenos Aires, pelas quartas de final da Copa Libertadores. O próprio treinador, em entrevista depois do jogo contra o Sport, ressaltou que será necessário dar descanso aos principais jogadores durante o Brasileiro, até pela posição da equipe – 7º, com 33 pontos, a 16 do líder São Paulo.


PATROCINADORES

 


“Já chegamos até aqui na Libertadores e até aqui na Copa do Brasil, será que é inteligente de nossa parte botar tudo isso fora? Não é! Então tenho que administrar da forma que estamos administrando para termos chances nos jogos em que vamos jogar”, disse Mano.


 


“Não há garantia de vitórias, porque nunca tem. Mas temos que ter condições de brigar. Vamos enfrentar um adversário na quarta-feira que vem jogando com um time sim, um time não. Se eu não administrar dessa forma, como vamos enfrentar fisicamente um jogo desses que nós sabemos que vai ser da maneira como vai ser? Se fosse individualmente, não estaria me agradando. Mas tenho que levar tudo em consideração”, acrescentou.


 


Antes de pensar no Atlético (e também no Boca), o Cruzeiro jogará na quarta-feira contra o Palmeiras, às 21h45, no Allianz Parque, em São Paulo. Será o duelo de ida das semifinais da Copa do Brasil.


Armador recebeu o terceiro cartão amarelo no empate sem gols com Sport.



Maior garçom do elenco do Cruzeiro em 2018, com 10 assistências, o armador Robinho será desfalque no clássico contra o Atlético, domingo que vem, às 16h, no Mineirão, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ele recebeu o terceiro cartão amarelo no empate sem gols com o Sport, nesse sábado, na Ilha do Retiro, no Recife.



A tendência é que Mano Menezes escale um time misto ou até mesmo reserva diante do maior rival. Isso porque o time terá logo na quarta-feira seguinte o confronto com o Boca Juniors, em La Bombonera, na capital argentina Buenos Aires, pelas quartas de final da Copa Libertadores. O próprio treinador, em entrevista depois do jogo contra o Sport, ressaltou que será necessário dar descanso aos principais jogadores durante o Brasileiro, até pela posição da equipe – 7º, com 33 pontos, a 16 do líder São Paulo.



PATROCINADORES

“Já chegamos até aqui na Libertadores e até aqui na Copa do Brasil, será que é inteligente de nossa parte botar tudo isso fora? Não é! Então tenho que administrar da forma que estamos administrando para termos chances nos jogos em que vamos jogar”, disse Mano.



“Não há garantia de vitórias, porque nunca tem. Mas temos que ter condições de brigar. Vamos enfrentar um adversário na quarta-feira que vem jogando com um time sim, um time não. Se eu não administrar dessa forma, como vamos enfrentar fisicamente um jogo desses que nós sabemos que vai ser da maneira como vai ser? Se fosse individualmente, não estaria me agradando. Mas tenho que levar tudo em consideração”, acrescentou.



Antes de pensar no Atlético (e também no Boca), o Cruzeiro jogará na quarta-feira contra o Palmeiras, às 21h45, no Allianz Parque, em São Paulo. Será o duelo de ida das semifinais da Copa do Brasil.



Veja Também