news:

Esporte

Hamilton: Vitória com ordem da equipe

Publicado por TV Minas em 30/09/2018

foto_principal.jpg

Líder do campeonato da Fórmula 1, Lewis Hamilton, admitiu que sua vitória no GP da Rússia foi longe de ser "espetacular".

 

Lewis Hamilton acompanhava de perto seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas, nos estágios iniciais do GP da Rússia, mas o finlandês recebeu ordem da Mercedes de ceder sua posição a Hamilton após os pit stops, para evitar que o britânico fosse atacado por seu rival direto no campeonato, Sebastian Vettel.


Com a Mercedes não ordenando a devolução da posição para o finlandês no final da corrida, Hamilton terminou à frente de Bottas e aumentou sua vantagem sobre Vettel para 50 pontos na luta pelo quinto título da F1.

 

Falando depois da corrida, Hamilton admitiu que foi um evento difícil para a Mercedes.

 

"Na verdade, foi um dia muito difícil porque Valtteri fez um trabalho fantástico durante todo o final de semana e foi um verdadeiro cavalheiro ao me deixar passar", disse Hamilton.

 

“Obviamente ele agora não está lutando pelo campeonato e foi um ótimo final de semana para o time.”

 

“A equipe fez um trabalho tão excepcional para ter essa vantagem sobre a Ferrari e conseguir um 1-2, que normalmente ficaríamos entusiasmados.”

 

“Mas eu posso entender como foi difícil para Valtteri hoje e ele merecia vencer. Mas em termos de campeonato, como equipe, estamos tentando vencer os dois campeonatos [de pilotos e construtores] e acho que hoje foi um verdadeiro esforço de equipe.”

 

"Embora não seja espetacular, sei que ele vai se sair bem nas próximas corridas."

 

Bottas parecia claramente decepcionado após a corrida, com o chefe da equipe, Toto Wolff, dizendo a ele no rádio da equipe pouco antes da bandeira quadriculada que as ordens da equipe seriam discutidas mais tarde.

 

Questionado sobre seus sentimentos, Bottas disse: “Um dia difícil. Obviamente, um bom resultado para nós como equipe. Conseguimos o máximo de pontos, mas pessoalmente, como todos dizem, uma corrida bastante difícil”.

 

Sobre as discussões pré-corrida sobre as ordens de equipes, Bottas disse: “Com certeza nós sempre passamos por todos os cenários e todos os fatos.”

 

“Lewis está agora lutando pelo campeonato e estamos lutando pelos construtores. Temos sempre um plano, mas hoje é sempre difícil prever o que vai acontecer na corrida e como vai ser.”

Líder do campeonato da Fórmula 1, Lewis Hamilton, admitiu que sua vitória no GP da Rússia foi longe de ser "espetacular".


 


Lewis Hamilton acompanhava de perto seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas, nos estágios iniciais do GP da Rússia, mas o finlandês recebeu ordem da Mercedes de ceder sua posição a Hamilton após os pit stops, para evitar que o britânico fosse atacado por seu rival direto no campeonato, Sebastian Vettel.



Com a Mercedes não ordenando a devolução da posição para o finlandês no final da corrida, Hamilton terminou à frente de Bottas e aumentou sua vantagem sobre Vettel para 50 pontos na luta pelo quinto título da F1.


 


Falando depois da corrida, Hamilton admitiu que foi um evento difícil para a Mercedes.


 


"Na verdade, foi um dia muito difícil porque Valtteri fez um trabalho fantástico durante todo o final de semana e foi um verdadeiro cavalheiro ao me deixar passar", disse Hamilton.


 


“Obviamente ele agora não está lutando pelo campeonato e foi um ótimo final de semana para o time.”


 


“A equipe fez um trabalho tão excepcional para ter essa vantagem sobre a Ferrari e conseguir um 1-2, que normalmente ficaríamos entusiasmados.”


PATROCINADORES

 


“Mas eu posso entender como foi difícil para Valtteri hoje e ele merecia vencer. Mas em termos de campeonato, como equipe, estamos tentando vencer os dois campeonatos [de pilotos e construtores] e acho que hoje foi um verdadeiro esforço de equipe.”


 


"Embora não seja espetacular, sei que ele vai se sair bem nas próximas corridas."


 


Bottas parecia claramente decepcionado após a corrida, com o chefe da equipe, Toto Wolff, dizendo a ele no rádio da equipe pouco antes da bandeira quadriculada que as ordens da equipe seriam discutidas mais tarde.


 


Questionado sobre seus sentimentos, Bottas disse: “Um dia difícil. Obviamente, um bom resultado para nós como equipe. Conseguimos o máximo de pontos, mas pessoalmente, como todos dizem, uma corrida bastante difícil”.


 


Sobre as discussões pré-corrida sobre as ordens de equipes, Bottas disse: “Com certeza nós sempre passamos por todos os cenários e todos os fatos.”


 


“Lewis está agora lutando pelo campeonato e estamos lutando pelos construtores. Temos sempre um plano, mas hoje é sempre difícil prever o que vai acontecer na corrida e como vai ser.”


Líder do campeonato da Fórmula 1, Lewis Hamilton, admitiu que sua vitória no GP da Rússia foi longe de ser "espetacular".



Lewis Hamilton acompanhava de perto seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas, nos estágios iniciais do GP da Rússia, mas o finlandês recebeu ordem da Mercedes de ceder sua posição a Hamilton após os pit stops, para evitar que o britânico fosse atacado por seu rival direto no campeonato, Sebastian Vettel.




Com a Mercedes não ordenando a devolução da posição para o finlandês no final da corrida, Hamilton terminou à frente de Bottas e aumentou sua vantagem sobre Vettel para 50 pontos na luta pelo quinto título da F1.



Falando depois da corrida, Hamilton admitiu que foi um evento difícil para a Mercedes.



"Na verdade, foi um dia muito difícil porque Valtteri fez um trabalho fantástico durante todo o final de semana e foi um verdadeiro cavalheiro ao me deixar passar", disse Hamilton.



PATROCINADORES

“Obviamente ele agora não está lutando pelo campeonato e foi um ótimo final de semana para o time.”



“A equipe fez um trabalho tão excepcional para ter essa vantagem sobre a Ferrari e conseguir um 1-2, que normalmente ficaríamos entusiasmados.”



“Mas eu posso entender como foi difícil para Valtteri hoje e ele merecia vencer. Mas em termos de campeonato, como equipe, estamos tentando vencer os dois campeonatos [de pilotos e construtores] e acho que hoje foi um verdadeiro esforço de equipe.”



"Embora não seja espetacular, sei que ele vai se sair bem nas próximas corridas."



PATROCINADORES

Bottas parecia claramente decepcionado após a corrida, com o chefe da equipe, Toto Wolff, dizendo a ele no rádio da equipe pouco antes da bandeira quadriculada que as ordens da equipe seriam discutidas mais tarde.



Questionado sobre seus sentimentos, Bottas disse: “Um dia difícil. Obviamente, um bom resultado para nós como equipe. Conseguimos o máximo de pontos, mas pessoalmente, como todos dizem, uma corrida bastante difícil”.



Sobre as discussões pré-corrida sobre as ordens de equipes, Bottas disse: “Com certeza nós sempre passamos por todos os cenários e todos os fatos.”



“Lewis está agora lutando pelo campeonato e estamos lutando pelos construtores. Temos sempre um plano, mas hoje é sempre difícil prever o que vai acontecer na corrida e como vai ser.”



Veja Também