news:

Sul de Minas

Buscas a estudante desaparecida no Sul de Minas reiniciaram nesta manhã

Publicado por TV Minas em 07/10/2018

foto_principal.jpg

As equipes de busca se concentraram numa área onde foi localizado o sinal de seu aparelho celular.

 

Continua desaparecida a estudante de Zootecnia da Universidade Federal de Lavras (Ufla) Dayanne Ianka de Paiva Santos, de 21 anos, ela foi vista pela última vez nas proximidades da Unidade de Saúde "Dona Vanda".

 

Ontem a polícia rastreou o telefone da estudante e o sinal foi localizado em uma área dentro do campus da Ufla, segundo informações, o sinal do celular estava imóvel. Como não é possível localizar com precisão o local onde está o aparelho, a equipe de busca delimitou uma grande área onde a procura pela garota está sendo concentrada.

 

As buscas tiveram início ontem a tarde e até uma aeronave do Aeroclube de Lavras foi usada na procura da estudante. Hoje, às 7h, a equipe de busca se reuniu no campus da Ufla em frente ao Pavilhão II, onde foram passadas as orientações, em seguida, tiveram início as buscas. Sob orientação do Corpo de Bombeiros, foi formada uma linha de voluntários para promover uma varredura nos locais onde a jovem ou seu aparelho celular possam estar.

 

Dayanne saiu apenas com seu celular e sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH), ela usava, na sexta-feira, dia de seu desaparecimento, blusa verde e short, ela tem cerca de 1,6 de altura e usa óculos.

 

A família está desesperada e pede ajuda da população para encontrá-la. Qualquer informação deve ser passada imediatamente para a Polícia Militar através do telefone 190.

As equipes de busca se concentraram numa área onde foi localizado o sinal de seu aparelho celular.


 


Continua desaparecida a estudante de Zootecnia da Universidade Federal de Lavras (Ufla) Dayanne Ianka de Paiva Santos, de 21 anos, ela foi vista pela última vez nas proximidades da Unidade de Saúde "Dona Vanda".


 


Ontem a polícia rastreou o telefone da estudante e o sinal foi localizado em uma área dentro do campus da Ufla, segundo informações, o sinal do celular estava imóvel. Como não é possível localizar com precisão o local onde está o aparelho, a equipe de busca delimitou uma grande área onde a procura pela garota está sendo concentrada.


PATROCINADORES

 


As buscas tiveram início ontem a tarde e até uma aeronave do Aeroclube de Lavras foi usada na procura da estudante. Hoje, às 7h, a equipe de busca se reuniu no campus da Ufla em frente ao Pavilhão II, onde foram passadas as orientações, em seguida, tiveram início as buscas. Sob orientação do Corpo de Bombeiros, foi formada uma linha de voluntários para promover uma varredura nos locais onde a jovem ou seu aparelho celular possam estar.


 


Dayanne saiu apenas com seu celular e sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH), ela usava, na sexta-feira, dia de seu desaparecimento, blusa verde e short, ela tem cerca de 1,6 de altura e usa óculos.


 


A família está desesperada e pede ajuda da população para encontrá-la. Qualquer informação deve ser passada imediatamente para a Polícia Militar através do telefone 190.


As equipes de busca se concentraram numa área onde foi localizado o sinal de seu aparelho celular.



Continua desaparecida a estudante de Zootecnia da Universidade Federal de Lavras (Ufla) Dayanne Ianka de Paiva Santos, de 21 anos, ela foi vista pela última vez nas proximidades da Unidade de Saúde "Dona Vanda".



Ontem a polícia rastreou o telefone da estudante e o sinal foi localizado em uma área dentro do campus da Ufla, segundo informações, o sinal do celular estava imóvel. Como não é possível localizar com precisão o local onde está o aparelho, a equipe de busca delimitou uma grande área onde a procura pela garota está sendo concentrada.



PATROCINADORES

As buscas tiveram início ontem a tarde e até uma aeronave do Aeroclube de Lavras foi usada na procura da estudante. Hoje, às 7h, a equipe de busca se reuniu no campus da Ufla em frente ao Pavilhão II, onde foram passadas as orientações, em seguida, tiveram início as buscas. Sob orientação do Corpo de Bombeiros, foi formada uma linha de voluntários para promover uma varredura nos locais onde a jovem ou seu aparelho celular possam estar.



Dayanne saiu apenas com seu celular e sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH), ela usava, na sexta-feira, dia de seu desaparecimento, blusa verde e short, ela tem cerca de 1,6 de altura e usa óculos.



A família está desesperada e pede ajuda da população para encontrá-la. Qualquer informação deve ser passada imediatamente para a Polícia Militar através do telefone 190.



Veja Também