news:

Esporte

Raikkonen vence nos Estados Unidos e adia decisão do título da Fórmula 1

Publicado por TV Minas em 21/10/2018

foto_principal.jpg

O piloto finlandês não vencia um Grande Prêmio desde 2013; Hamilton chega em terceiro e pode se sagrar pentacampeão na próxima corrida.

 

Ficou para o México. Toda a expectativa da conquista do pentacampeonato de Lewis Hamilton não foi alcançada neste domingo, no Circuito das Américas, pelo Grande Prêmio dos Estados Unidos de Fórmula 1. Na corrida, vencida pelo finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, o britânico chegou na terceira colocação, enquanto que o rival Sebastian Vettel cruzou a linha de chegada em quarto.

 

Com o resultado, a diferença entre os pilotos na tabela de classificação dos pilotos está em 70 pontos, com 75 ainda em disputa. O grande personagem do dia foi Max Verstappen, da RBR, que defendeu muito bem a ultrapassagem que faria Hamilton ter grande chance de ser campeão neste domingo.

 

Além dele, o próprio Kimi Raikkonen arrancou lágrimas da equipe de jornalistas finlandeses presentes em Austin com a vitória, a primeira do “Homem de Gelo” na temporada. Com o triunfo, Kimi tornou-se o mais bem-sucedido piloto da Finlândia na categoria, com 21 bandeiras quadriculadas recebidas em primeiro lugar.

 

A principal categoria automobilística do mundo retorna às ações já no próximo final de semana, no México, com corrida marcada para às 16h10 (horário de Brasília) do domingo.

O piloto finlandês não vencia um Grande Prêmio desde 2013; Hamilton chega em terceiro e pode se sagrar pentacampeão na próxima corrida.


 


Ficou para o México. Toda a expectativa da conquista do pentacampeonato de Lewis Hamilton não foi alcançada neste domingo, no Circuito das Américas, pelo Grande Prêmio dos Estados Unidos de Fórmula 1. Na corrida, vencida pelo finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, o britânico chegou na terceira colocação, enquanto que o rival Sebastian Vettel cruzou a linha de chegada em quarto.


 


PATROCINADORES

Com o resultado, a diferença entre os pilotos na tabela de classificação dos pilotos está em 70 pontos, com 75 ainda em disputa. O grande personagem do dia foi Max Verstappen, da RBR, que defendeu muito bem a ultrapassagem que faria Hamilton ter grande chance de ser campeão neste domingo.


 


Além dele, o próprio Kimi Raikkonen arrancou lágrimas da equipe de jornalistas finlandeses presentes em Austin com a vitória, a primeira do “Homem de Gelo” na temporada. Com o triunfo, Kimi tornou-se o mais bem-sucedido piloto da Finlândia na categoria, com 21 bandeiras quadriculadas recebidas em primeiro lugar.


 


A principal categoria automobilística do mundo retorna às ações já no próximo final de semana, no México, com corrida marcada para às 16h10 (horário de Brasília) do domingo.


O piloto finlandês não vencia um Grande Prêmio desde 2013; Hamilton chega em terceiro e pode se sagrar pentacampeão na próxima corrida.



Ficou para o México. Toda a expectativa da conquista do pentacampeonato de Lewis Hamilton não foi alcançada neste domingo, no Circuito das Américas, pelo Grande Prêmio dos Estados Unidos de Fórmula 1. Na corrida, vencida pelo finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, o britânico chegou na terceira colocação, enquanto que o rival Sebastian Vettel cruzou a linha de chegada em quarto.



Com o resultado, a diferença entre os pilotos na tabela de classificação dos pilotos está em 70 pontos, com 75 ainda em disputa. O grande personagem do dia foi Max Verstappen, da RBR, que defendeu muito bem a ultrapassagem que faria Hamilton ter grande chance de ser campeão neste domingo.



PATROCINADORES

Além dele, o próprio Kimi Raikkonen arrancou lágrimas da equipe de jornalistas finlandeses presentes em Austin com a vitória, a primeira do “Homem de Gelo” na temporada. Com o triunfo, Kimi tornou-se o mais bem-sucedido piloto da Finlândia na categoria, com 21 bandeiras quadriculadas recebidas em primeiro lugar.



A principal categoria automobilística do mundo retorna às ações já no próximo final de semana, no México, com corrida marcada para às 16h10 (horário de Brasília) do domingo.



Veja Também