news:

Sul de Minas

Mensagem racista é deixada em banheiro da Faculdade em Pouso Alegre

Publicado por TV Minas em 24/10/2018

foto_principal.jpg

Matéria extraída do Terra do Mandu

 

Instituição já se manifestou e condenou a atitude de vandalismo, dizendo que não tolera qualquer tipo de preconceito. Um boletim de ocorrência foi feito e a polícia vai investigar o caso.

 

Uma mensagem escrita no banheiro feminino da Faculdade de Direito do Sul de Minas (FDSM) deixou muita gente indignada. A frase de ódio teria sido escrita na manhã desta terça-feira (23). O recado racista diz: “Lugar de negro é na senzala. viva o mito”, como reproduz a foto acima.

 

A reação de estudantes e ex-alunos da faculdade foi imediata. Alguns reproduziram foto tirada da frase preconceituosa para repudiar o pensamento de ódio contido nos dizeres.

 

A direção da FDSM também emitiu uma nota de repúdio e informou que um boletim de ocorrência já foi feito. Diz também que, como a frase foi escrita dentro do banheiro, onde não há câmeras, a pessoa ainda não foi identificada, mas estão trabalhando para isso. A direção ainda enfatiza que não compactua e nem tolera qualquer tipo de preconceito e que medidas serão tomadas contra quem escreveu a mensagem de ódio no banheiro da instituição.

 

 

Nota na íntegra 

 

É pessoal, hoje infelizmente a FDSM foi vítima de uma atitude de vandalismo e pensamento racista com o qual JAMAIS compactuamos. A pessoa que cometeu o crime ainda não foi identificada, mas estamos trabalhando para isso.

 

Anteriormente fizemos uma nota mais genérica para expressar o nosso repúdio a qualquer tipo de preconceito, mas concordamos com vocês e vamos ser mais explícitos: NÃO TOLERAMOS RACISMO NA INSTITUIÇÃO!

 

Informamos que já acionamos a Polícia Militar e um Boletim de Ocorrência foi feito.

 

Infelizmente não podemos instalar câmeras no interior dos banheiros, local onde foi cometido o crime. Mas existem câmeras externas que nos ajudarão a identificar a pessoa autora do delito, e esta será punida por meio de processo administrativo da instituição.

 

Por fim, estamos com vocês e aderimos à campanha para repudiar qualquer crime de preconceito. Vamos levantar juntos esta bandeira: RACISMO NÃO!

Matéria extraída do Terra do Mandu


 


Instituição já se manifestou e condenou a atitude de vandalismo, dizendo que não tolera qualquer tipo de preconceito. Um boletim de ocorrência foi feito e a polícia vai investigar o caso.


 


Uma mensagem escrita no banheiro feminino da Faculdade de Direito do Sul de Minas (FDSM) deixou muita gente indignada. A frase de ódio teria sido escrita na manhã desta terça-feira (23). O recado racista diz: “Lugar de negro é na senzala. viva o mito”, como reproduz a foto acima.


 


A reação de estudantes e ex-alunos da faculdade foi imediata. Alguns reproduziram foto tirada da frase preconceituosa para repudiar o pensamento de ódio contido nos dizeres.


 


A direção da FDSM também emitiu uma nota de repúdio e informou que um boletim de ocorrência já foi feito. Diz também que, como a frase foi escrita dentro do banheiro, onde não há câmeras, a pessoa ainda não foi identificada, mas estão trabalhando para isso. A direção ainda enfatiza que não compactua e nem tolera qualquer tipo de preconceito e que medidas serão tomadas contra quem escreveu a mensagem de ódio no banheiro da instituição.


 


 


PATROCINADORES

Nota na íntegra 


 


É pessoal, hoje infelizmente a FDSM foi vítima de uma atitude de vandalismo e pensamento racista com o qual JAMAIS compactuamos. A pessoa que cometeu o crime ainda não foi identificada, mas estamos trabalhando para isso.


 


Anteriormente fizemos uma nota mais genérica para expressar o nosso repúdio a qualquer tipo de preconceito, mas concordamos com vocês e vamos ser mais explícitos: NÃO TOLERAMOS RACISMO NA INSTITUIÇÃO!


 


Informamos que já acionamos a Polícia Militar e um Boletim de Ocorrência foi feito.


 


Infelizmente não podemos instalar câmeras no interior dos banheiros, local onde foi cometido o crime. Mas existem câmeras externas que nos ajudarão a identificar a pessoa autora do delito, e esta será punida por meio de processo administrativo da instituição.


 


Por fim, estamos com vocês e aderimos à campanha para repudiar qualquer crime de preconceito. Vamos levantar juntos esta bandeira: RACISMO NÃO!


Matéria extraída do Terra do Mandu



Instituição já se manifestou e condenou a atitude de vandalismo, dizendo que não tolera qualquer tipo de preconceito. Um boletim de ocorrência foi feito e a polícia vai investigar o caso.



Uma mensagem escrita no banheiro feminino da Faculdade de Direito do Sul de Minas (FDSM) deixou muita gente indignada. A frase de ódio teria sido escrita na manhã desta terça-feira (23). O recado racista diz: “Lugar de negro é na senzala. viva o mito”, como reproduz a foto acima.



A reação de estudantes e ex-alunos da faculdade foi imediata. Alguns reproduziram foto tirada da frase preconceituosa para repudiar o pensamento de ódio contido nos dizeres.



PATROCINADORES

A direção da FDSM também emitiu uma nota de repúdio e informou que um boletim de ocorrência já foi feito. Diz também que, como a frase foi escrita dentro do banheiro, onde não há câmeras, a pessoa ainda não foi identificada, mas estão trabalhando para isso. A direção ainda enfatiza que não compactua e nem tolera qualquer tipo de preconceito e que medidas serão tomadas contra quem escreveu a mensagem de ódio no banheiro da instituição.



Nota na íntegra 



É pessoal, hoje infelizmente a FDSM foi vítima de uma atitude de vandalismo e pensamento racista com o qual JAMAIS compactuamos. A pessoa que cometeu o crime ainda não foi identificada, mas estamos trabalhando para isso.



PATROCINADORES

Anteriormente fizemos uma nota mais genérica para expressar o nosso repúdio a qualquer tipo de preconceito, mas concordamos com vocês e vamos ser mais explícitos: NÃO TOLERAMOS RACISMO NA INSTITUIÇÃO!



Informamos que já acionamos a Polícia Militar e um Boletim de Ocorrência foi feito.



Infelizmente não podemos instalar câmeras no interior dos banheiros, local onde foi cometido o crime. Mas existem câmeras externas que nos ajudarão a identificar a pessoa autora do delito, e esta será punida por meio de processo administrativo da instituição.



Por fim, estamos com vocês e aderimos à campanha para repudiar qualquer crime de preconceito. Vamos levantar juntos esta bandeira: RACISMO NÃO!



Veja Também