news:

Notícias

Pacotes com explosivos foram enviados para Obama e Hillary Clinton

Publicado por TV Minas em 24/10/2018

foto_principal.jpeg

Encomendas eforam descobertas pelo Serviço Secreto e não chegaram a ser entregues; segundo CNN pacote suspeito também foi enviado à Casa Branca.

 

O Serviço Secreto dos Estados Unidos interceptou dois pacotes com explosivos enviados às casas do ex-presidente Barack Obama e da ex-candidata à Presidência pelo Partido Democrata Hillary Clinton.

 

Segundo a emissora CNN, um pacote suspeito também foi enviado para a Casa Branca. Ainda não há informações ou confirmações oficiais sobre o que foi interceptado.

 

Os explosivos endereçados para Obama e Hillary foram descobertos pelas equipes de segurança durante “procedimentos rotineiros de triagem de correspondência”, segundo o comunicado divulgado pelo Serviço Secreto nesta quarta-feira (24).

 

Os democratas, contudo, não chegaram a receber as encomendas e não correram qualquer risco, informou ainda a agência.

 

O pacote endereçado para a residência de Obama foi interceptado em Washington D.C. na manhã desta quarta-feira, enquanto o que foi enviado para Clinton em sua casa no Condado de Westchester, em Nova York, foi descoberto na terça-feira.

 

O FBI disse que o pacote destinado à ex-candidata democrata à Presidência foi interceptado nas proximidades de sua residência, mas se recusou a dar mais detalhes. Uma investigação sobre o caso já foi aberta.

 

Na segunda-feira (22), um pacote que continha um dispositivo explosivo foi encontrado em uma caixa de correio do lado de fora da residência do multimilionário e filantropo George Soros em Nova York.

 

Soros, um dos maiores doadores do mundo para grupos e causas progressistas, tornou-se alvo de ativistas da alt-right, vertente de extrema direita nos Estados Unidos.

Encomendas eforam descobertas pelo Serviço Secreto e não chegaram a ser entregues; segundo CNN pacote suspeito também foi enviado à Casa Branca.


 


O Serviço Secreto dos Estados Unidos interceptou dois pacotes com explosivos enviados às casas do ex-presidente Barack Obama e da ex-candidata à Presidência pelo Partido Democrata Hillary Clinton.


 


Segundo a emissora CNN, um pacote suspeito também foi enviado para a Casa Branca. Ainda não há informações ou confirmações oficiais sobre o que foi interceptado.


 


Os explosivos endereçados para Obama e Hillary foram descobertos pelas equipes de segurança durante “procedimentos rotineiros de triagem de correspondência”, segundo o comunicado divulgado pelo Serviço Secreto nesta quarta-feira (24).


 


PATROCINADORES

Os democratas, contudo, não chegaram a receber as encomendas e não correram qualquer risco, informou ainda a agência.


 


O pacote endereçado para a residência de Obama foi interceptado em Washington D.C. na manhã desta quarta-feira, enquanto o que foi enviado para Clinton em sua casa no Condado de Westchester, em Nova York, foi descoberto na terça-feira.


 


O FBI disse que o pacote destinado à ex-candidata democrata à Presidência foi interceptado nas proximidades de sua residência, mas se recusou a dar mais detalhes. Uma investigação sobre o caso já foi aberta.


 


Na segunda-feira (22), um pacote que continha um dispositivo explosivo foi encontrado em uma caixa de correio do lado de fora da residência do multimilionário e filantropo George Soros em Nova York.


 


Soros, um dos maiores doadores do mundo para grupos e causas progressistas, tornou-se alvo de ativistas da alt-right, vertente de extrema direita nos Estados Unidos.


Encomendas eforam descobertas pelo Serviço Secreto e não chegaram a ser entregues; segundo CNN pacote suspeito também foi enviado à Casa Branca.



O Serviço Secreto dos Estados Unidos interceptou dois pacotes com explosivos enviados às casas do ex-presidente Barack Obama e da ex-candidata à Presidência pelo Partido Democrata Hillary Clinton.



Segundo a emissora CNN, um pacote suspeito também foi enviado para a Casa Branca. Ainda não há informações ou confirmações oficiais sobre o que foi interceptado.



PATROCINADORES

Os explosivos endereçados para Obama e Hillary foram descobertos pelas equipes de segurança durante “procedimentos rotineiros de triagem de correspondência”, segundo o comunicado divulgado pelo Serviço Secreto nesta quarta-feira (24).



Os democratas, contudo, não chegaram a receber as encomendas e não correram qualquer risco, informou ainda a agência.



PATROCINADORES

O pacote endereçado para a residência de Obama foi interceptado em Washington D.C. na manhã desta quarta-feira, enquanto o que foi enviado para Clinton em sua casa no Condado de Westchester, em Nova York, foi descoberto na terça-feira.



O FBI disse que o pacote destinado à ex-candidata democrata à Presidência foi interceptado nas proximidades de sua residência, mas se recusou a dar mais detalhes. Uma investigação sobre o caso já foi aberta.



Na segunda-feira (22), um pacote que continha um dispositivo explosivo foi encontrado em uma caixa de correio do lado de fora da residência do multimilionário e filantropo George Soros em Nova York.



Soros, um dos maiores doadores do mundo para grupos e causas progressistas, tornou-se alvo de ativistas da alt-right, vertente de extrema direita nos Estados Unidos.



Veja Também