news:

Sul de Minas

Delegacia Regional de Pouso Alegre prende estelionatário no Sul do Brasil

Publicado por TV Minas em 29/10/2018

foto_principal.jpg

Matéria extraída do Terra do Mandu

 

Homem teria dado prejuízo de R$ 200 mil a empresa sediada em Extrema.

 

Policiais da Delegacia da Polícia Civil de Pouso Alegre foram até Balneário Camburiú (SC) para cumprir mandados de prisão temporária e de busca e apreensão contra um homem suspeito de aplicar golpe numa empresa fabricante de eletrônicos no Sul de Minas.

 

Segundo as investigações, o suspeito teria feito quatro compras fraudulentas junto à empresa Multilaser, sediada em Extrema, Sul de Minas. Foram adquiridos tablets, caixas de som, acessórios de máquinas fotográficas, entre outros equipamentos, totalizando cerca de R$ 200 mil.

 

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o estelionatário fez as compras entre setembro e outubro utilizando o nome de uma empresa onde ele trabalhava como gerente, mas já havia sido demitido.

 

 

Polícia Civil prende estelionatário em SC no momento em que recebia mercadoria.

 

 

Na semana passada, policiais civis da Regional de Pouso Alegre foram até Santa Catarina e, depois de fazer campana, conseguiram prender o suspeito no momento em que ele recebia parte da mercadoria encomendada, como mostra a foto destaque. As duas pessoas contratadas pelo suspeito para fazer o transporte dos equipamentos foram ouvidos na delegacia e liberados.

 

A polícia informou também que o homem agia junto com a namorada, que já tem passagens pelo crime de estelionato. Essa semana, a Polícia Civil vai pedir a prisão da mulher, que está foragida.

Matéria extraída do Terra do Mandu


 


Homem teria dado prejuízo de R$ 200 mil a empresa sediada em Extrema.


 


Policiais da Delegacia da Polícia Civil de Pouso Alegre foram até Balneário Camburiú (SC) para cumprir mandados de prisão temporária e de busca e apreensão contra um homem suspeito de aplicar golpe numa empresa fabricante de eletrônicos no Sul de Minas.


 


Segundo as investigações, o suspeito teria feito quatro compras fraudulentas junto à empresa Multilaser, sediada em Extrema, Sul de Minas. Foram adquiridos tablets, caixas de som, acessórios de máquinas fotográficas, entre outros equipamentos, totalizando cerca de R$ 200 mil.


 


Ainda de acordo com a Polícia Civil, o estelionatário fez as compras entre setembro e outubro utilizando o nome de uma empresa onde ele trabalhava como gerente, mas já havia sido demitido.


PATROCINADORES

 


 



Polícia Civil prende estelionatário em SC no momento em que recebia mercadoria.


 


 


Na semana passada, policiais civis da Regional de Pouso Alegre foram até Santa Catarina e, depois de fazer campana, conseguiram prender o suspeito no momento em que ele recebia parte da mercadoria encomendada, como mostra a foto destaque. As duas pessoas contratadas pelo suspeito para fazer o transporte dos equipamentos foram ouvidos na delegacia e liberados.


 


A polícia informou também que o homem agia junto com a namorada, que já tem passagens pelo crime de estelionato. Essa semana, a Polícia Civil vai pedir a prisão da mulher, que está foragida.


Matéria extraída do Terra do Mandu



Homem teria dado prejuízo de R$ 200 mil a empresa sediada em Extrema.



Policiais da Delegacia da Polícia Civil de Pouso Alegre foram até Balneário Camburiú (SC) para cumprir mandados de prisão temporária e de busca e apreensão contra um homem suspeito de aplicar golpe numa empresa fabricante de eletrônicos no Sul de Minas.



PATROCINADORES

Segundo as investigações, o suspeito teria feito quatro compras fraudulentas junto à empresa Multilaser, sediada em Extrema, Sul de Minas. Foram adquiridos tablets, caixas de som, acessórios de máquinas fotográficas, entre outros equipamentos, totalizando cerca de R$ 200 mil.



Ainda de acordo com a Polícia Civil, o estelionatário fez as compras entre setembro e outubro utilizando o nome de uma empresa onde ele trabalhava como gerente, mas já havia sido demitido.





PATROCINADORES

Polícia Civil prende estelionatário em SC no momento em que recebia mercadoria.



Na semana passada, policiais civis da Regional de Pouso Alegre foram até Santa Catarina e, depois de fazer campana, conseguiram prender o suspeito no momento em que ele recebia parte da mercadoria encomendada, como mostra a foto destaque. As duas pessoas contratadas pelo suspeito para fazer o transporte dos equipamentos foram ouvidos na delegacia e liberados.



A polícia informou também que o homem agia junto com a namorada, que já tem passagens pelo crime de estelionato. Essa semana, a Polícia Civil vai pedir a prisão da mulher, que está foragida.



Veja Também