news:

Notícias

Criança é estuprada após ser dada como pagamento de dívida da mãe

Publicado por TV Minas em 31/10/2018

foto_principal.jpg

Homem teria ido cobrar uma dívida de R$ 2 mil da mãe da menina e como ela não tinha dinheiro, levou a criança, segundo delegado. Caso ocorreu nesta terça-feira (30), em Sena Madureira.

 

Uma criança de 5 anos foi estuprada na madrugada desta terça-feira (30) na cidade de Sena Madureira, no interior do Acre, após ser levada por um homem como forma de pagamento de dívida de droga. O homem e a mãe da menina foram presos e indiciados por estupro de vulnerável.

 

Segundo o delegado responsável pelo caso, Marcos Frank, o homem, de 24 anos, teria ido até a casa da mãe da menina para cobrar uma dívida de R$ 2 mil e como a mulher não tinha o dinheiro, levou a criança para “pressioná-la”. A mãe deve responder por estupro na modalidade comissivo por omissão. A polícia foi acionada pela tia da criança.

 

“Esse homem teria levado a criança para poder pressionar a mãe para pagar essa dívida de droga, mas em seguida voltou e deixou a menina em casa. Ela estava sangrando bastante, uma tia viu e chamou a polícia. Na delegacia, a menina contou que o que o homem fez com ela”, contou o delegado.

 

A criança está no abrigo da cidade. De acordo com o delegado, o suspeito negou que tenha estuprado a menina, mas foi feito exame, que confirmou a denúncia.

 

“A mãe também vai ser indiciada por estupro porque viu a criança sendo levada e não chamou a polícia. Inicialmente, ela se fez de demente, como se não tivesse noção do que tinha acontecido, mas contou que estava consumindo droga por volta das 3h e que a garotinha estava lá e que, em um dado momento, o rapaz pegou e levou”, afirmou Frank.

Homem teria ido cobrar uma dívida de R$ 2 mil da mãe da menina e como ela não tinha dinheiro, levou a criança, segundo delegado. Caso ocorreu nesta terça-feira (30), em Sena Madureira.


 


Uma criança de 5 anos foi estuprada na madrugada desta terça-feira (30) na cidade de Sena Madureira, no interior do Acre, após ser levada por um homem como forma de pagamento de dívida de droga. O homem e a mãe da menina foram presos e indiciados por estupro de vulnerável.


 


Segundo o delegado responsável pelo caso, Marcos Frank, o homem, de 24 anos, teria ido até a casa da mãe da menina para cobrar uma dívida de R$ 2 mil e como a mulher não tinha o dinheiro, levou a criança para “pressioná-la”. A mãe deve responder por estupro na modalidade comissivo por omissão. A polícia foi acionada pela tia da criança.


PATROCINADORES

 


“Esse homem teria levado a criança para poder pressionar a mãe para pagar essa dívida de droga, mas em seguida voltou e deixou a menina em casa. Ela estava sangrando bastante, uma tia viu e chamou a polícia. Na delegacia, a menina contou que o que o homem fez com ela”, contou o delegado.


 


A criança está no abrigo da cidade. De acordo com o delegado, o suspeito negou que tenha estuprado a menina, mas foi feito exame, que confirmou a denúncia.


 


“A mãe também vai ser indiciada por estupro porque viu a criança sendo levada e não chamou a polícia. Inicialmente, ela se fez de demente, como se não tivesse noção do que tinha acontecido, mas contou que estava consumindo droga por volta das 3h e que a garotinha estava lá e que, em um dado momento, o rapaz pegou e levou”, afirmou Frank.


Homem teria ido cobrar uma dívida de R$ 2 mil da mãe da menina e como ela não tinha dinheiro, levou a criança, segundo delegado. Caso ocorreu nesta terça-feira (30), em Sena Madureira.



Uma criança de 5 anos foi estuprada na madrugada desta terça-feira (30) na cidade de Sena Madureira, no interior do Acre, após ser levada por um homem como forma de pagamento de dívida de droga. O homem e a mãe da menina foram presos e indiciados por estupro de vulnerável.



Segundo o delegado responsável pelo caso, Marcos Frank, o homem, de 24 anos, teria ido até a casa da mãe da menina para cobrar uma dívida de R$ 2 mil e como a mulher não tinha o dinheiro, levou a criança para “pressioná-la”. A mãe deve responder por estupro na modalidade comissivo por omissão. A polícia foi acionada pela tia da criança.



PATROCINADORES

“Esse homem teria levado a criança para poder pressionar a mãe para pagar essa dívida de droga, mas em seguida voltou e deixou a menina em casa. Ela estava sangrando bastante, uma tia viu e chamou a polícia. Na delegacia, a menina contou que o que o homem fez com ela”, contou o delegado.



A criança está no abrigo da cidade. De acordo com o delegado, o suspeito negou que tenha estuprado a menina, mas foi feito exame, que confirmou a denúncia.



“A mãe também vai ser indiciada por estupro porque viu a criança sendo levada e não chamou a polícia. Inicialmente, ela se fez de demente, como se não tivesse noção do que tinha acontecido, mas contou que estava consumindo droga por volta das 3h e que a garotinha estava lá e que, em um dado momento, o rapaz pegou e levou”, afirmou Frank.



Veja Também