news:

Entretenimento e Curiosidade

Holandês entra na Justiça para rejuvenescer 20 anos

Publicado por TV Minas em 09/11/2018

414622366.png

Emile Ratelband alega que, se é possível mudar de gênero e de nome, por que não mudar a data de nascimento?

 

O holandêsEmile Ratelband, de 69 anos, diz que se sente prejudicado nos aplicativos de relacionamento como o Tinder por causa da sua idade. Por isso, ele recorreu à Justiça de seu país pedindo para alterar a sua data de nascimento para o ano de 1969, o que o "rejuvenesceria" em 20 anos. 

 

"Nós vivemos em uma época em que é possível mudar de gênero e de nome. Por que não posso mudar minha idade?", alegou o holandês. Ratelband justifica seu pedido afirmando que a sua idade o prejudica inclusive nas chances de conseguir um emprego. "Se eu tivesse 49 anos, poderia comprar uma casa nova, dirigir um carro diferente. Poderia trabalhar mais." 

 

Ratelband acredita que mesmo com a sua aparência atual, se o Tinder mostrar que ele tem 49 anos, as suas chances de dar 'match' no aplicativo de relacionamento são mais altas. "Quando digo que tenho 69 anos, ninguém em responde", conta o holandês. 

 

O caso deve ser julgado por um tribunal de Arnhem, na Holanda, nas próximas quatro semanas. No entanto, as perspectivas de sucesso não são boas. Um dos juízes chegou a comentar o caso perguntando como Ratelband iria justificar os 20 anos apagados de sua história. 

 

Ratelband disse que se a Justiça aprovar o seu pedido de mudança de ano de nascimento, ele irá renunciar a sua aposentadoria.

Emile Ratelband alega que, se é possível mudar de gênero e de nome, por que não mudar a data de nascimento?


 


O holandêsEmile Ratelband, de 69 anos, diz que se sente prejudicado nos aplicativos de relacionamento como o Tinder por causa da sua idade. Por isso, ele recorreu à Justiça de seu país pedindo para alterar a sua data de nascimento para o ano de 1969, o que o "rejuvenesceria" em 20 anos. 


 


"Nós vivemos em uma época em que é possível mudar de gênero e de nome. Por que não posso mudar minha idade?", alegou o holandês. Ratelband justifica seu pedido afirmando que a sua idade o prejudica inclusive nas chances de conseguir um emprego. "Se eu tivesse 49 anos, poderia comprar uma casa nova, dirigir um carro diferente. Poderia trabalhar mais." 


PATROCINADORES

 


Ratelband acredita que mesmo com a sua aparência atual, se o Tinder mostrar que ele tem 49 anos, as suas chances de dar 'match' no aplicativo de relacionamento são mais altas. "Quando digo que tenho 69 anos, ninguém em responde", conta o holandês. 


 


O caso deve ser julgado por um tribunal de Arnhem, na Holanda, nas próximas quatro semanas. No entanto, as perspectivas de sucesso não são boas. Um dos juízes chegou a comentar o caso perguntando como Ratelband iria justificar os 20 anos apagados de sua história. 


 


Ratelband disse que se a Justiça aprovar o seu pedido de mudança de ano de nascimento, ele irá renunciar a sua aposentadoria.


Emile Ratelband alega que, se é possível mudar de gênero e de nome, por que não mudar a data de nascimento?



O holandêsEmile Ratelband, de 69 anos, diz que se sente prejudicado nos aplicativos de relacionamento como o Tinder por causa da sua idade. Por isso, ele recorreu à Justiça de seu país pedindo para alterar a sua data de nascimento para o ano de 1969, o que o "rejuvenesceria" em 20 anos. 



"Nós vivemos em uma época em que é possível mudar de gênero e de nome. Por que não posso mudar minha idade?", alegou o holandês. Ratelband justifica seu pedido afirmando que a sua idade o prejudica inclusive nas chances de conseguir um emprego. "Se eu tivesse 49 anos, poderia comprar uma casa nova, dirigir um carro diferente. Poderia trabalhar mais." 



PATROCINADORES

Ratelband acredita que mesmo com a sua aparência atual, se o Tinder mostrar que ele tem 49 anos, as suas chances de dar 'match' no aplicativo de relacionamento são mais altas. "Quando digo que tenho 69 anos, ninguém em responde", conta o holandês. 



O caso deve ser julgado por um tribunal de Arnhem, na Holanda, nas próximas quatro semanas. No entanto, as perspectivas de sucesso não são boas. Um dos juízes chegou a comentar o caso perguntando como Ratelband iria justificar os 20 anos apagados de sua história. 



Ratelband disse que se a Justiça aprovar o seu pedido de mudança de ano de nascimento, ele irá renunciar a sua aposentadoria.



Veja Também