news:

Notícias

Corpo de turista catarinense é encontrado em trilha de Arraial do Cabo

Publicado por TV Minas em 22/11/2018

foto_principal.jpg

Fabiane Fernandes, de 32 anos, foi encontrada nua no meio da mata, com todos os pertences; polícia trabalha com a hipótese de feminicídio.

 

O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro localizou na tarde desta quarta-feira, 21, o corpo da turista catarinense Fabiane Fernandes, de 32 anos. Moradora de Florianópolis, ela foi passar o feriado prolongado em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos, e desapareceu ao sair do hotel para fazer uma trilha no Morro da Cabocla, na Prainha, no domingo, 17.

 

Foram três dias de buscas com auxílio de embarcações, pescadores, guias turísticos e cães farejadores dos bombeiros. De acordo com a corporação, a vítima estava nua no meio da vegetação e teve todos os pertences deixados ao lado do corpo, inclusive o telefone celular. A polícia trabalha com a hipótese de crime de feminicídio.

 

Ao sair para o passeio sozinha, Fabiane postou uma foto do local como sendo o Pontal do Atalaia, mas ela tinha ido para uma trilha na Prainha, o que caracteriza desconhecimento da região. Ela viajou para o Rio de Janeiro com um companheiro. mas, no domingo, saiu para a trilha sozinha, deixando-o no hotel. De acordo com a polícia, foi o parceiro que acionou os bombeiros depois que notou o desaparecimento dela.

 

Fabiane tinha um filho de 8 anos e morava com a família no Bairro dos Ingleses, em Florianópolis, onde era administradora de uma pousada. Segundo o irmão, Filipe Fernandes, ela não avisou à família que viajaria para Arraial do Cabo.

 

O corpo passará por perícia técnica e depois será encaminhado ao Instituto Médico Legal de Araruama, na Região dos Lagos, onde será feita a necrópsia.

Fabiane Fernandes, de 32 anos, foi encontrada nua no meio da mata, com todos os pertences; polícia trabalha com a hipótese de feminicídio.


 


O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro localizou na tarde desta quarta-feira, 21, o corpo da turista catarinense Fabiane Fernandes, de 32 anos. Moradora de Florianópolis, ela foi passar o feriado prolongado em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos, e desapareceu ao sair do hotel para fazer uma trilha no Morro da Cabocla, na Prainha, no domingo, 17.


 


Foram três dias de buscas com auxílio de embarcações, pescadores, guias turísticos e cães farejadores dos bombeiros. De acordo com a corporação, a vítima estava nua no meio da vegetação e teve todos os pertences deixados ao lado do corpo, inclusive o telefone celular. A polícia trabalha com a hipótese de crime de feminicídio.


PATROCINADORES

 


Ao sair para o passeio sozinha, Fabiane postou uma foto do local como sendo o Pontal do Atalaia, mas ela tinha ido para uma trilha na Prainha, o que caracteriza desconhecimento da região. Ela viajou para o Rio de Janeiro com um companheiro. mas, no domingo, saiu para a trilha sozinha, deixando-o no hotel. De acordo com a polícia, foi o parceiro que acionou os bombeiros depois que notou o desaparecimento dela.


 


Fabiane tinha um filho de 8 anos e morava com a família no Bairro dos Ingleses, em Florianópolis, onde era administradora de uma pousada. Segundo o irmão, Filipe Fernandes, ela não avisou à família que viajaria para Arraial do Cabo.


 


O corpo passará por perícia técnica e depois será encaminhado ao Instituto Médico Legal de Araruama, na Região dos Lagos, onde será feita a necrópsia.


Fabiane Fernandes, de 32 anos, foi encontrada nua no meio da mata, com todos os pertences; polícia trabalha com a hipótese de feminicídio.



O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro localizou na tarde desta quarta-feira, 21, o corpo da turista catarinense Fabiane Fernandes, de 32 anos. Moradora de Florianópolis, ela foi passar o feriado prolongado em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos, e desapareceu ao sair do hotel para fazer uma trilha no Morro da Cabocla, na Prainha, no domingo, 17.



Foram três dias de buscas com auxílio de embarcações, pescadores, guias turísticos e cães farejadores dos bombeiros. De acordo com a corporação, a vítima estava nua no meio da vegetação e teve todos os pertences deixados ao lado do corpo, inclusive o telefone celular. A polícia trabalha com a hipótese de crime de feminicídio.



PATROCINADORES

Ao sair para o passeio sozinha, Fabiane postou uma foto do local como sendo o Pontal do Atalaia, mas ela tinha ido para uma trilha na Prainha, o que caracteriza desconhecimento da região. Ela viajou para o Rio de Janeiro com um companheiro. mas, no domingo, saiu para a trilha sozinha, deixando-o no hotel. De acordo com a polícia, foi o parceiro que acionou os bombeiros depois que notou o desaparecimento dela.



Fabiane tinha um filho de 8 anos e morava com a família no Bairro dos Ingleses, em Florianópolis, onde era administradora de uma pousada. Segundo o irmão, Filipe Fernandes, ela não avisou à família que viajaria para Arraial do Cabo.



O corpo passará por perícia técnica e depois será encaminhado ao Instituto Médico Legal de Araruama, na Região dos Lagos, onde será feita a necrópsia.



Veja Também