news:

Sul de Minas

Caminhoneiros do Sul de Minas estão em estado de greve

Publicado por TV Minas em 10/12/2018

foto_principal.jpg

Os caminhoneiros do Sul de Minas estão em estado de greve, o que significa que podem parar os trabalhos a qualquer momento.

 

Segundo a reportagem da Itatiaia apurou com representantes da categoria, haverá reunião no Ministério dos Transportes amanhã (11 de dezembro) em Brasília, para discutir o fato do ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux suspender as multas para quem descumprir a tabela de preço do frete.

 

Hoje tem caminhões parados em Barra Mansa, no Estado do Rio, e em Pindamonhangaba, interior de São Paulo, mas segundo o representante no Sul de Minas, estes movimentos não devem crescer pelo menos até a reunião desta terça.

 

A tendência de grande parte dos caminhoneiros é esperar a posse de Jair Bolsonaro para só depois tomar decisão sobre greve.

Os caminhoneiros do Sul de Minas estão em estado de greve, o que significa que podem parar os trabalhos a qualquer momento.


 


Segundo a reportagem da Itatiaia apurou com representantes da categoria, haverá reunião no Ministério dos Transportes amanhã (11 de dezembro) em Brasília, para discutir o fato do ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux suspender as multas para quem descumprir a tabela de preço do frete.


PATROCINADORES

 


Hoje tem caminhões parados em Barra Mansa, no Estado do Rio, e em Pindamonhangaba, interior de São Paulo, mas segundo o representante no Sul de Minas, estes movimentos não devem crescer pelo menos até a reunião desta terça.


 


A tendência de grande parte dos caminhoneiros é esperar a posse de Jair Bolsonaro para só depois tomar decisão sobre greve.


Os caminhoneiros do Sul de Minas estão em estado de greve, o que significa que podem parar os trabalhos a qualquer momento.



Segundo a reportagem da Itatiaia apurou com representantes da categoria, haverá reunião no Ministério dos Transportes amanhã (11 de dezembro) em Brasília, para discutir o fato do ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux suspender as multas para quem descumprir a tabela de preço do frete.



Hoje tem caminhões parados em Barra Mansa, no Estado do Rio, e em Pindamonhangaba, interior de São Paulo, mas segundo o representante no Sul de Minas, estes movimentos não devem crescer pelo menos até a reunião desta terça.



PATROCINADORES

A tendência de grande parte dos caminhoneiros é esperar a posse de Jair Bolsonaro para só depois tomar decisão sobre greve.



Veja Também