news:

Sul de Minas

Presídio de Andradas inaugura Unidade Básica de Saúde

Publicado por TV Minas em 11/12/2018

foto_principal.jpg

Com o funcionamento da UBS, não haverá mais a necessidade de escoltas de presos para consultas e atendimentos médicos fora da unidade prisional.

 

Foi inaugurada nesta sexta-feira (7/12) a Unidade Básica de Saúde (UBS) Dr. Luiz Flávio Beraldo do Presídio de Andradas, no Sul do estado. O local, de 113 metros quadrados, pôde ser construído graças às verbas pecuniárias da Vara de Execuções Criminais da Comarca de Andradas, no valor de R$ 88 mil. Coube ao Conselho de Segurança da Comunidade a responsabilidade de receber os recursos e realizar a compra de material.

 

Com o funcionamento da UBS, não haverá mais a necessidade de escoltas de presos para consultas e atendimentos médicos fora da unidade prisional, o que gera uma economia considerável em transporte e ainda contribui para a segurança interna, pois os agentes de segurança penitenciários permanecem no presídio.

 

Cerca de 40 presos trabalharam na obra, que durou cerca de um ano e meio. Eles exerceram todas as funções necessárias para a construção: pedreiro, servente, bombeiro, eletricista, serralheiro e pintor. Pelos serviços realizados, os presos tiveram o benefício da remição da pena, ou seja, a cada três dias trabalhados, menos um na pena.

 

O diretor-geral do Presídio de Andradas, Willian Steve Batista, destaca que a obra foi uma grande conquista, pois contou com verbas do Poder Judiciário e apoio da Prefeitura. “Todos os avanços no atendimento aos presos contribuem para o processo de ressocialização e otimizam as rotinas da unidade prisional”, reforça o diretor-geral.

 

Para o juiz da Vara de Execuções Penais da Vara de Andradas, Eduardo Soares Araújo, a Unidade Básica de Saúde contribuirá para a humanização do cumprimento das penas e para ressocialização.

 

“Os presos, de agora em diante, não precisão mais serem levados até o hospital da cidade, o que gerava uma série de transtornos e até riscos. As instalações ficaram excelentes e os presos terão um local apropriado para receberem atendimento médico e odontológico. Parabéns a todos que se empenharam neste projeto”.

 

 

Estrutura

 

O Presídio de Andradas conta, atualmente, com dois psicólogos, um técnico em enfermagem, um assistente social e um dentista. Com o apoio da Prefeitura de Andradas, por meio do Programa de Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade no Sistema.

 

Prisional (PNAISP), serão disponibilizados mais seis profissionais: dois médicos, dois enfermeiros, um farmacêutico e um auxiliar de dentista. Isso foi possível a partir do pleito de verbas feito ao Sistema Único de Saúde (SUS).

 

A Unidade Básica de Saúde dispõe de duas salas de atendimento, enfermaria, consultório odontológico, sala de curativos, sala de medicamentos, sala de reuniões, cozinha, dois banheiros, cela para os presos aguardarem o atendimento e depósito de material de limpeza.

 

As salas são equipadas com materiais médicos e odontológicos fornecidos pela Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap).

Com o funcionamento da UBS, não haverá mais a necessidade de escoltas de presos para consultas e atendimentos médicos fora da unidade prisional.


 


Foi inaugurada nesta sexta-feira (7/12) a Unidade Básica de Saúde (UBS) Dr. Luiz Flávio Beraldo do Presídio de Andradas, no Sul do estado. O local, de 113 metros quadrados, pôde ser construído graças às verbas pecuniárias da Vara de Execuções Criminais da Comarca de Andradas, no valor de R$ 88 mil. Coube ao Conselho de Segurança da Comunidade a responsabilidade de receber os recursos e realizar a compra de material.


 


Com o funcionamento da UBS, não haverá mais a necessidade de escoltas de presos para consultas e atendimentos médicos fora da unidade prisional, o que gera uma economia considerável em transporte e ainda contribui para a segurança interna, pois os agentes de segurança penitenciários permanecem no presídio.


 


Cerca de 40 presos trabalharam na obra, que durou cerca de um ano e meio. Eles exerceram todas as funções necessárias para a construção: pedreiro, servente, bombeiro, eletricista, serralheiro e pintor. Pelos serviços realizados, os presos tiveram o benefício da remição da pena, ou seja, a cada três dias trabalhados, menos um na pena.


 


O diretor-geral do Presídio de Andradas, Willian Steve Batista, destaca que a obra foi uma grande conquista, pois contou com verbas do Poder Judiciário e apoio da Prefeitura. “Todos os avanços no atendimento aos presos contribuem para o processo de ressocialização e otimizam as rotinas da unidade prisional”, reforça o diretor-geral.


 


Para o juiz da Vara de Execuções Penais da Vara de Andradas, Eduardo Soares Araújo, a Unidade Básica de Saúde contribuirá para a humanização do cumprimento das penas e para ressocialização.


 


PATROCINADORES

“Os presos, de agora em diante, não precisão mais serem levados até o hospital da cidade, o que gerava uma série de transtornos e até riscos. As instalações ficaram excelentes e os presos terão um local apropriado para receberem atendimento médico e odontológico. Parabéns a todos que se empenharam neste projeto”.


 


 


Estrutura


 


O Presídio de Andradas conta, atualmente, com dois psicólogos, um técnico em enfermagem, um assistente social e um dentista. Com o apoio da Prefeitura de Andradas, por meio do Programa de Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade no Sistema.


 


Prisional (PNAISP), serão disponibilizados mais seis profissionais: dois médicos, dois enfermeiros, um farmacêutico e um auxiliar de dentista. Isso foi possível a partir do pleito de verbas feito ao Sistema Único de Saúde (SUS).


 


A Unidade Básica de Saúde dispõe de duas salas de atendimento, enfermaria, consultório odontológico, sala de curativos, sala de medicamentos, sala de reuniões, cozinha, dois banheiros, cela para os presos aguardarem o atendimento e depósito de material de limpeza.


 


As salas são equipadas com materiais médicos e odontológicos fornecidos pela Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap).


Com o funcionamento da UBS, não haverá mais a necessidade de escoltas de presos para consultas e atendimentos médicos fora da unidade prisional.



Foi inaugurada nesta sexta-feira (7/12) a Unidade Básica de Saúde (UBS) Dr. Luiz Flávio Beraldo do Presídio de Andradas, no Sul do estado. O local, de 113 metros quadrados, pôde ser construído graças às verbas pecuniárias da Vara de Execuções Criminais da Comarca de Andradas, no valor de R$ 88 mil. Coube ao Conselho de Segurança da Comunidade a responsabilidade de receber os recursos e realizar a compra de material.



Com o funcionamento da UBS, não haverá mais a necessidade de escoltas de presos para consultas e atendimentos médicos fora da unidade prisional, o que gera uma economia considerável em transporte e ainda contribui para a segurança interna, pois os agentes de segurança penitenciários permanecem no presídio.



Cerca de 40 presos trabalharam na obra, que durou cerca de um ano e meio. Eles exerceram todas as funções necessárias para a construção: pedreiro, servente, bombeiro, eletricista, serralheiro e pintor. Pelos serviços realizados, os presos tiveram o benefício da remição da pena, ou seja, a cada três dias trabalhados, menos um na pena.



PATROCINADORES

O diretor-geral do Presídio de Andradas, Willian Steve Batista, destaca que a obra foi uma grande conquista, pois contou com verbas do Poder Judiciário e apoio da Prefeitura. “Todos os avanços no atendimento aos presos contribuem para o processo de ressocialização e otimizam as rotinas da unidade prisional”, reforça o diretor-geral.



Para o juiz da Vara de Execuções Penais da Vara de Andradas, Eduardo Soares Araújo, a Unidade Básica de Saúde contribuirá para a humanização do cumprimento das penas e para ressocialização.



“Os presos, de agora em diante, não precisão mais serem levados até o hospital da cidade, o que gerava uma série de transtornos e até riscos. As instalações ficaram excelentes e os presos terão um local apropriado para receberem atendimento médico e odontológico. Parabéns a todos que se empenharam neste projeto”.



Estrutura



PATROCINADORES

O Presídio de Andradas conta, atualmente, com dois psicólogos, um técnico em enfermagem, um assistente social e um dentista. Com o apoio da Prefeitura de Andradas, por meio do Programa de Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade no Sistema.



Prisional (PNAISP), serão disponibilizados mais seis profissionais: dois médicos, dois enfermeiros, um farmacêutico e um auxiliar de dentista. Isso foi possível a partir do pleito de verbas feito ao Sistema Único de Saúde (SUS).



A Unidade Básica de Saúde dispõe de duas salas de atendimento, enfermaria, consultório odontológico, sala de curativos, sala de medicamentos, sala de reuniões, cozinha, dois banheiros, cela para os presos aguardarem o atendimento e depósito de material de limpeza.



As salas são equipadas com materiais médicos e odontológicos fornecidos pela Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap).



Veja Também