news:

Sul de Minas

Corpo de pescador é encontrado no Sul de Minas

Publicado por TV Minas em 12/12/2018

foto_principal.jpg

O pescador estava sumido desde domingo, quando o barco que estava pescando virou no Rio Verde, em Três Corações.

 

Uma ligação na noite desta terça-feira ao Corpo de Bombeiros de Três Corações informou que o corpo do pescador que estava desaparecido estava as margens do Rio Verde.

 

O corpo de Reinaldo José de Souza, de 47 anos, estava próximo a um sítio, a três quilômetros do local de desaparecimento. Reinaldo foi visto pela última vez em uma canoa, que virou ao bater em um cabo de aço.

 

Um dos homens que também estava no barco relatou o que aconteceu. “O cabo fica esticado, você tem que dar uma abaixadinha. Na hora que nós todos fomos juntos, ela [a canoa] virou. Mas nós todos voltamos, ficamos com a mão na canoa. Por nós dois sermos pesados, a canoa ficava afundando”.

 

A informação da testemunha é que Reinaldo foi levado pela correnteza e desapareceu perto de uma área de pedras. As testemunhas que estavam perto de uma balsa viram o momento que ele sumiu.

 

Segundo a família, a vítima não tinha costume de entrar no barco e no rio. Um irmão também informou que, após o desaparecimento, alguns pertences da vítima sumiram.

 

Sendo assim, o corpo de Reinaldo foi retirado das margens do rio e levado pelos bombeiros ao Instituto Médico Legal (IML) de Três Corações. As causas da morte serão investigadas.

O pescador estava sumido desde domingo, quando o barco que estava pescando virou no Rio Verde, em Três Corações.


 


Uma ligação na noite desta terça-feira ao Corpo de Bombeiros de Três Corações informou que o corpo do pescador que estava desaparecido estava as margens do Rio Verde.


 


O corpo de Reinaldo José de Souza, de 47 anos, estava próximo a um sítio, a três quilômetros do local de desaparecimento. Reinaldo foi visto pela última vez em uma canoa, que virou ao bater em um cabo de aço.


 


PATROCINADORES

Um dos homens que também estava no barco relatou o que aconteceu. “O cabo fica esticado, você tem que dar uma abaixadinha. Na hora que nós todos fomos juntos, ela [a canoa] virou. Mas nós todos voltamos, ficamos com a mão na canoa. Por nós dois sermos pesados, a canoa ficava afundando”.


 


A informação da testemunha é que Reinaldo foi levado pela correnteza e desapareceu perto de uma área de pedras. As testemunhas que estavam perto de uma balsa viram o momento que ele sumiu.


 


Segundo a família, a vítima não tinha costume de entrar no barco e no rio. Um irmão também informou que, após o desaparecimento, alguns pertences da vítima sumiram.


 


Sendo assim, o corpo de Reinaldo foi retirado das margens do rio e levado pelos bombeiros ao Instituto Médico Legal (IML) de Três Corações. As causas da morte serão investigadas.


O pescador estava sumido desde domingo, quando o barco que estava pescando virou no Rio Verde, em Três Corações.



Uma ligação na noite desta terça-feira ao Corpo de Bombeiros de Três Corações informou que o corpo do pescador que estava desaparecido estava as margens do Rio Verde.



O corpo de Reinaldo José de Souza, de 47 anos, estava próximo a um sítio, a três quilômetros do local de desaparecimento. Reinaldo foi visto pela última vez em uma canoa, que virou ao bater em um cabo de aço.



PATROCINADORES

Um dos homens que também estava no barco relatou o que aconteceu. “O cabo fica esticado, você tem que dar uma abaixadinha. Na hora que nós todos fomos juntos, ela [a canoa] virou. Mas nós todos voltamos, ficamos com a mão na canoa. Por nós dois sermos pesados, a canoa ficava afundando”.



A informação da testemunha é que Reinaldo foi levado pela correnteza e desapareceu perto de uma área de pedras. As testemunhas que estavam perto de uma balsa viram o momento que ele sumiu.



Segundo a família, a vítima não tinha costume de entrar no barco e no rio. Um irmão também informou que, após o desaparecimento, alguns pertences da vítima sumiram.



Sendo assim, o corpo de Reinaldo foi retirado das margens do rio e levado pelos bombeiros ao Instituto Médico Legal (IML) de Três Corações. As causas da morte serão investigadas.



Veja Também