news:

Ciência & Tecnologia

Arqueólogos encontram cavalos petrificados em um antigo estábulo na Itália

Publicado por TV Minas em 25/12/2018

foto_principal.jpg

Descoberta foi feita em Pompeia. Os cavalos foram mortos por cinzas vulcânicas ou vapores, causados pela erupção vulcânica do Monte Vesúvio, que destruiu a cidade em 79 d.C.

 

Arqueólogos desenterraram restos petrificados de cavalos e selas no estábulo de uma antiga vila em Pompeia, na Itália. A vila pertencia a um oficial militar de alta patente durante a época dos romanos, afirmou neste domingo (23) o chefe do parque arqueológico de Pompeia, Massimo Osanna, à agência de notícias italiana ANSA.

 

 

Osanna diz que as cinzas vulcânicas do Monte Vesúvio mataram os cavalos

 

 

Segundo Massimo Osanna, foram descobertos os restos de dois ou três outros cavalos. A área foi previamente escavada, durante o início do século XX, mas depois foi novamente enterrada. Os terraços da vila tinham vista para a baía de Nápoles e a ilha de Capri.

 

O arqueólogo disse que os cavalos foram mortos pelas cinzas vulcânicas ou vapores, causados pela erupção vulcânica do Monte Vesúvio, que destruiu a cidade Pompeia, perto da atual Nápoles, em 79 d.C. Osanna espera que a vila eventualmente esteja aberta para o público.

Descoberta foi feita em Pompeia. Os cavalos foram mortos por cinzas vulcânicas ou vapores, causados pela erupção vulcânica do Monte Vesúvio, que destruiu a cidade em 79 d.C.


 


Arqueólogos desenterraram restos petrificados de cavalos e selas no estábulo de uma antiga vila em Pompeia, na Itália. A vila pertencia a um oficial militar de alta patente durante a época dos romanos, afirmou neste domingo (23) o chefe do parque arqueológico de Pompeia, Massimo Osanna, à agência de notícias italiana ANSA.


 


 



PATROCINADORES

Osanna diz que as cinzas vulcânicas do Monte Vesúvio mataram os cavalos


 


 


Segundo Massimo Osanna, foram descobertos os restos de dois ou três outros cavalos. A área foi previamente escavada, durante o início do século XX, mas depois foi novamente enterrada. Os terraços da vila tinham vista para a baía de Nápoles e a ilha de Capri.


 


O arqueólogo disse que os cavalos foram mortos pelas cinzas vulcânicas ou vapores, causados pela erupção vulcânica do Monte Vesúvio, que destruiu a cidade Pompeia, perto da atual Nápoles, em 79 d.C. Osanna espera que a vila eventualmente esteja aberta para o público.


Descoberta foi feita em Pompeia. Os cavalos foram mortos por cinzas vulcânicas ou vapores, causados pela erupção vulcânica do Monte Vesúvio, que destruiu a cidade em 79 d.C.



Arqueólogos desenterraram restos petrificados de cavalos e selas no estábulo de uma antiga vila em Pompeia, na Itália. A vila pertencia a um oficial militar de alta patente durante a época dos romanos, afirmou neste domingo (23) o chefe do parque arqueológico de Pompeia, Massimo Osanna, à agência de notícias italiana ANSA.



PATROCINADORES



Osanna diz que as cinzas vulcânicas do Monte Vesúvio mataram os cavalos



Segundo Massimo Osanna, foram descobertos os restos de dois ou três outros cavalos. A área foi previamente escavada, durante o início do século XX, mas depois foi novamente enterrada. Os terraços da vila tinham vista para a baía de Nápoles e a ilha de Capri.



O arqueólogo disse que os cavalos foram mortos pelas cinzas vulcânicas ou vapores, causados pela erupção vulcânica do Monte Vesúvio, que destruiu a cidade Pompeia, perto da atual Nápoles, em 79 d.C. Osanna espera que a vila eventualmente esteja aberta para o público.



Veja Também