news:

Sul de Minas

Filho confessa ter matado pai adotivo no Sul de Minas

Publicado por TV Minas em 27/12/2018

foto_principal.jpg

Mais um homicídio em Campo Belo, o 16º do ano naquela cidade.

 

Faltando poucos para terminar o ano, a cidade de Campo Belo registra o seu 16º homicídio e se firma na primeira posição do ranking da violência em números de assassinatos, superando as seis maiores cidades do Sul de Minas: Poços de Caldas, Pouso Alegre, Varginha, Passos, Lavras e Itajubá.

 

O corpo de um homem de 40 anos, identificado como sendo José Luiz da Costa, foi encontrado na manhã desta quarta-feira, dia 26, morto sobre uma cama na sua casa. Ele estava morto há pelo menos três dias. A Polícia Militar suspeitou de homicídio, apesar do homem não apresentar nenhum sinal de tiro ou facadas. 

 

A PM flagrou o filho adotivo de José Luiz, maior de idade, pulando o muro da residência quando os militares estavam no local, ele foi detido e acabou confessando que havia matado o pai usando uma bermuda para sufocá-lo. O rapaz foi preso em flagrante depois de ter confessado que havia assassinado, porém, não disse o motivo que o levou a fazer isso.

Mais um homicídio em Campo Belo, o 16º do ano naquela cidade.


 


Faltando poucos para terminar o ano, a cidade de Campo Belo registra o seu 16º homicídio e se firma na primeira posição do ranking da violência em números de assassinatos, superando as seis maiores cidades do Sul de Minas: Poços de Caldas, Pouso Alegre, Varginha, Passos, Lavras e Itajubá.


PATROCINADORES

 


O corpo de um homem de 40 anos, identificado como sendo José Luiz da Costa, foi encontrado na manhã desta quarta-feira, dia 26, morto sobre uma cama na sua casa. Ele estava morto há pelo menos três dias. A Polícia Militar suspeitou de homicídio, apesar do homem não apresentar nenhum sinal de tiro ou facadas. 


 


A PM flagrou o filho adotivo de José Luiz, maior de idade, pulando o muro da residência quando os militares estavam no local, ele foi detido e acabou confessando que havia matado o pai usando uma bermuda para sufocá-lo. O rapaz foi preso em flagrante depois de ter confessado que havia assassinado, porém, não disse o motivo que o levou a fazer isso.


Mais um homicídio em Campo Belo, o 16º do ano naquela cidade.



Faltando poucos para terminar o ano, a cidade de Campo Belo registra o seu 16º homicídio e se firma na primeira posição do ranking da violência em números de assassinatos, superando as seis maiores cidades do Sul de Minas: Poços de Caldas, Pouso Alegre, Varginha, Passos, Lavras e Itajubá.



O corpo de um homem de 40 anos, identificado como sendo José Luiz da Costa, foi encontrado na manhã desta quarta-feira, dia 26, morto sobre uma cama na sua casa. Ele estava morto há pelo menos três dias. A Polícia Militar suspeitou de homicídio, apesar do homem não apresentar nenhum sinal de tiro ou facadas. 



PATROCINADORES

A PM flagrou o filho adotivo de José Luiz, maior de idade, pulando o muro da residência quando os militares estavam no local, ele foi detido e acabou confessando que havia matado o pai usando uma bermuda para sufocá-lo. O rapaz foi preso em flagrante depois de ter confessado que havia assassinado, porém, não disse o motivo que o levou a fazer isso.



Veja Também