news:

Sul de Minas

Mulher de 35 anos foi encontrada morta em clube no Sul de Minas

Publicado por TV Minas em 27/12/2018

foto_principal.jpg

Ela estava nua e apresentava sinais de violência no corpo.

 

Uma mulher foi encontrada morta dentro de um clube da cidade hidromineral de Cambuquira, no Sul de Minas, seu corpo foi encontrado por uma funcionária do clube na manhã de ontem, quarta-feira, dia 26.

 

A vítima foi identificada como sendo Isis Santos Eduardo Dias, de 35 anos, ela estava nua e apresentava diversas marcas de violência pelo corpo. Isis, depois que se envolveu com o submundo das drogas, se desentendia constantemente com a família, há três dias ela deixou sua casa e estava dormindo no clube.

 

O corpo foi liberado para o sepultamento depois da necropsia. Um inquérito foi aberto pela Polícia Civil para investigar a morte.

Ela estava nua e apresentava sinais de violência no corpo.


 


Uma mulher foi encontrada morta dentro de um clube da cidade hidromineral de Cambuquira, no Sul de Minas, seu corpo foi encontrado por uma funcionária do clube na manhã de ontem, quarta-feira, dia 26.


PATROCINADORES

 


A vítima foi identificada como sendo Isis Santos Eduardo Dias, de 35 anos, ela estava nua e apresentava diversas marcas de violência pelo corpo. Isis, depois que se envolveu com o submundo das drogas, se desentendia constantemente com a família, há três dias ela deixou sua casa e estava dormindo no clube.


 


O corpo foi liberado para o sepultamento depois da necropsia. Um inquérito foi aberto pela Polícia Civil para investigar a morte.


Ela estava nua e apresentava sinais de violência no corpo.



Uma mulher foi encontrada morta dentro de um clube da cidade hidromineral de Cambuquira, no Sul de Minas, seu corpo foi encontrado por uma funcionária do clube na manhã de ontem, quarta-feira, dia 26.



A vítima foi identificada como sendo Isis Santos Eduardo Dias, de 35 anos, ela estava nua e apresentava diversas marcas de violência pelo corpo. Isis, depois que se envolveu com o submundo das drogas, se desentendia constantemente com a família, há três dias ela deixou sua casa e estava dormindo no clube.



PATROCINADORES

O corpo foi liberado para o sepultamento depois da necropsia. Um inquérito foi aberto pela Polícia Civil para investigar a morte.



Veja Também