news:

Notícias

Guedes já tem pronta MP para rever regras da Previdência sem reforma

Publicado por TV Minas em 02/01/2019

foto_principal.jpg

A reforma da Previdência e a forma como ela será encaminhada no Congresso será discutida na 1ª reunião de Bolsonaro com a equipe ministerial nesta quinta.

 

A equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, está prestes a lançar uma medida provisória (MP) que faz uma ampla revisão das regras da Previdência, revela reportagem publicada nesta quarta-feira pelo jornal Folha de S.Paulo. De acordo com a reportagem, o plano é realizar mudanças na legislação sem a necessidade de aprovação de medidas constitucionais.

 

A revisão dessas regras previdenciárias permitiria uma economia de 50 bilhões de reais em dez anos, segundo cálculos iniciais da equipe econômica.

 

O espírito das mudanças é moralizar as regras atuais, corrigindo imprecisões e distorções que abrem brecha para a corrupção e concessões irregulares de benefícios. A revisão, segundo a reportagem, deve impor mais rigor na liberação de benefícios da Previdência rural e estabelecer normas para reaver recursos liberados por decisões judiciais.

 

De acordo com o jornal O Globo, a MP prevê que pessoas que receberam benefícios indevidamente devolvam o dinheiro à União. Em caso contrário, elas serão inscritas em dívida ativa e terão o valor descontado quando vierem a requerer outro benefício.

 

A reportagem de O Globo afirma ainda que a proposta da equipe econômica sobre a reforma da Previdência será apresentada nesta quinta-feira para Jair Bolsonaro. Segundo o ministro da Casa Civil, Onxy Lorenzoni, as discussões sobre o tema estão “amadurecidas”.

 

“Nós deveremos marcar com ele (Bolsonaro), no dia três, uma apresentação para que ele conheça tudo aquilo que nós preparamos ao longo de todo esse tempo e decidir como nós vamos fazer. Vamos combinar ainda em janeiro como que será o rito”, afirmou Lorenzoni ao Globo.

 

A reforma da Previdência e a forma como ela será encaminhada no Congresso será tema da primeira reunião do ministerial do presidente eleito com sua equipe.

A reforma da Previdência e a forma como ela será encaminhada no Congresso será discutida na 1ª reunião de Bolsonaro com a equipe ministerial nesta quinta.


 


A equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, está prestes a lançar uma medida provisória (MP) que faz uma ampla revisão das regras da Previdência, revela reportagem publicada nesta quarta-feira pelo jornal Folha de S.Paulo. De acordo com a reportagem, o plano é realizar mudanças na legislação sem a necessidade de aprovação de medidas constitucionais.


 


A revisão dessas regras previdenciárias permitiria uma economia de 50 bilhões de reais em dez anos, segundo cálculos iniciais da equipe econômica.


 


O espírito das mudanças é moralizar as regras atuais, corrigindo imprecisões e distorções que abrem brecha para a corrupção e concessões irregulares de benefícios. A revisão, segundo a reportagem, deve impor mais rigor na liberação de benefícios da Previdência rural e estabelecer normas para reaver recursos liberados por decisões judiciais.


PATROCINADORES

 


De acordo com o jornal O Globo, a MP prevê que pessoas que receberam benefícios indevidamente devolvam o dinheiro à União. Em caso contrário, elas serão inscritas em dívida ativa e terão o valor descontado quando vierem a requerer outro benefício.


 


A reportagem de O Globo afirma ainda que a proposta da equipe econômica sobre a reforma da Previdência será apresentada nesta quinta-feira para Jair Bolsonaro. Segundo o ministro da Casa Civil, Onxy Lorenzoni, as discussões sobre o tema estão “amadurecidas”.


 


“Nós deveremos marcar com ele (Bolsonaro), no dia três, uma apresentação para que ele conheça tudo aquilo que nós preparamos ao longo de todo esse tempo e decidir como nós vamos fazer. Vamos combinar ainda em janeiro como que será o rito”, afirmou Lorenzoni ao Globo.


 


A reforma da Previdência e a forma como ela será encaminhada no Congresso será tema da primeira reunião do ministerial do presidente eleito com sua equipe.


A reforma da Previdência e a forma como ela será encaminhada no Congresso será discutida na 1ª reunião de Bolsonaro com a equipe ministerial nesta quinta.



A equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, está prestes a lançar uma medida provisória (MP) que faz uma ampla revisão das regras da Previdência, revela reportagem publicada nesta quarta-feira pelo jornal Folha de S.Paulo. De acordo com a reportagem, o plano é realizar mudanças na legislação sem a necessidade de aprovação de medidas constitucionais.



A revisão dessas regras previdenciárias permitiria uma economia de 50 bilhões de reais em dez anos, segundo cálculos iniciais da equipe econômica.



PATROCINADORES

O espírito das mudanças é moralizar as regras atuais, corrigindo imprecisões e distorções que abrem brecha para a corrupção e concessões irregulares de benefícios. A revisão, segundo a reportagem, deve impor mais rigor na liberação de benefícios da Previdência rural e estabelecer normas para reaver recursos liberados por decisões judiciais.



De acordo com o jornal O Globo, a MP prevê que pessoas que receberam benefícios indevidamente devolvam o dinheiro à União. Em caso contrário, elas serão inscritas em dívida ativa e terão o valor descontado quando vierem a requerer outro benefício.



PATROCINADORES

A reportagem de O Globo afirma ainda que a proposta da equipe econômica sobre a reforma da Previdência será apresentada nesta quinta-feira para Jair Bolsonaro. Segundo o ministro da Casa Civil, Onxy Lorenzoni, as discussões sobre o tema estão “amadurecidas”.



“Nós deveremos marcar com ele (Bolsonaro), no dia três, uma apresentação para que ele conheça tudo aquilo que nós preparamos ao longo de todo esse tempo e decidir como nós vamos fazer. Vamos combinar ainda em janeiro como que será o rito”, afirmou Lorenzoni ao Globo.



A reforma da Previdência e a forma como ela será encaminhada no Congresso será tema da primeira reunião do ministerial do presidente eleito com sua equipe.



Veja Também