news:

Sul de Minas

Estragos causados por fortes chuvas no Sul de Minas nesse fim de semana

Publicado por TV Minas em 13/01/2019

foto_principal.jpeg

A chuva atingiu diferentes locais mas não houve feridos em nenhuma dessas cidades.

 

Entre sexta-feira (11) à tarde e este sábado (12) algumas cidades do Sul de Minas foram atingidas por uma forte chuva. Foram registrados estragos causados pela chuva com vento e granizo em pelo menos três municípios - Poços de Caldas, Alfenas e Muzambinho.

 

Pelo menos duas pancadas de chuva intensa atingiram Poços de Caldas, entre sexta e sábaso. Na sexta-feira (11), a chuva durou em média meia hora foi acompanhada por fortes ventos. Quedas de arvores também foram registradas.

 

Já no sábado à tarde, a chuva de granizo atingiu locais mais distantes do centro, como o Conjunto Habitacional, na Zona Sul. A chuva teve duração de cerca de 10 minutos, informaram os moradores.

 

De acordo com a coordenação da Defesa Civil, não aconteceu alagamento e não houve registros de acidente. Também não houve feridos. O Corpo de Bombeiros não registrou nenhuma ocorrência.

 

Em Alfenas, o asfalto de uma via do Jardim Esperança foi arrancado devido a força da forte chuva, informaram os moradores. A tempestade teria começado por volta de 16h30.

 

A área da zona rural de Muzambinho também foi atingida por, uma chuva de granizo, no bairro Gutapara. Os cafezais foram atingidos pelas pedras de granizo e algumas plantas ficaram danificadas.

A chuva atingiu diferentes locais mas não houve feridos em nenhuma dessas cidades.


 


Entre sexta-feira (11) à tarde e este sábado (12) algumas cidades do Sul de Minas foram atingidas por uma forte chuva. Foram registrados estragos causados pela chuva com vento e granizo em pelo menos três municípios - Poços de Caldas, Alfenas e Muzambinho.


 


Pelo menos duas pancadas de chuva intensa atingiram Poços de Caldas, entre sexta e sábaso. Na sexta-feira (11), a chuva durou em média meia hora foi acompanhada por fortes ventos. Quedas de arvores também foram registradas.


 


PATROCINADORES

Já no sábado à tarde, a chuva de granizo atingiu locais mais distantes do centro, como o Conjunto Habitacional, na Zona Sul. A chuva teve duração de cerca de 10 minutos, informaram os moradores.


 


De acordo com a coordenação da Defesa Civil, não aconteceu alagamento e não houve registros de acidente. Também não houve feridos. O Corpo de Bombeiros não registrou nenhuma ocorrência.


 


Em Alfenas, o asfalto de uma via do Jardim Esperança foi arrancado devido a força da forte chuva, informaram os moradores. A tempestade teria começado por volta de 16h30.


 


A área da zona rural de Muzambinho também foi atingida por, uma chuva de granizo, no bairro Gutapara. Os cafezais foram atingidos pelas pedras de granizo e algumas plantas ficaram danificadas.


A chuva atingiu diferentes locais mas não houve feridos em nenhuma dessas cidades.



Entre sexta-feira (11) à tarde e este sábado (12) algumas cidades do Sul de Minas foram atingidas por uma forte chuva. Foram registrados estragos causados pela chuva com vento e granizo em pelo menos três municípios - Poços de Caldas, Alfenas e Muzambinho.



Pelo menos duas pancadas de chuva intensa atingiram Poços de Caldas, entre sexta e sábaso. Na sexta-feira (11), a chuva durou em média meia hora foi acompanhada por fortes ventos. Quedas de arvores também foram registradas.



PATROCINADORES

Já no sábado à tarde, a chuva de granizo atingiu locais mais distantes do centro, como o Conjunto Habitacional, na Zona Sul. A chuva teve duração de cerca de 10 minutos, informaram os moradores.



De acordo com a coordenação da Defesa Civil, não aconteceu alagamento e não houve registros de acidente. Também não houve feridos. O Corpo de Bombeiros não registrou nenhuma ocorrência.



Em Alfenas, o asfalto de uma via do Jardim Esperança foi arrancado devido a força da forte chuva, informaram os moradores. A tempestade teria começado por volta de 16h30.



A área da zona rural de Muzambinho também foi atingida por, uma chuva de granizo, no bairro Gutapara. Os cafezais foram atingidos pelas pedras de granizo e algumas plantas ficaram danificadas.



Veja Também