news:

Sul de Minas

Grávida esfaqueia marido após ser agredida com soco em cidade sul-mineira

Publicado por TV Minas em 16/01/2019

foto_principal.jpg

O homem foi levado para delegacia e vai responder pela Lei Maria da Penha.

 

Uma mulher grávida esfaqueou o marido após ser agredida por ele na manhã de segunda-feira 14, em Varginha. Os dois discutiram pouco antes do crime.

 

De acordo com a Guarda Municipal, a mulher relatou que o homem teria chegado em casa alcoolizado e o casal iniciou uma discussão,  quando ele a acertou com um soco no rosto.

 

Ainda conforme a guarda, ela disse que usou a faca para se defender.

 

Logo depois a própria mulher chamou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que o atendeu e levou para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA).

 

O homem foi levado para a Delegacia de Polícia Civil e deve responder pelo crime de agressão pela Lei Maria da Penha.

O homem foi levado para delegacia e vai responder pela Lei Maria da Penha.


 


Uma mulher grávida esfaqueou o marido após ser agredida por ele na manhã de segunda-feira 14, em Varginha. Os dois discutiram pouco antes do crime.


 


De acordo com a Guarda Municipal, a mulher relatou que o homem teria chegado em casa alcoolizado e o casal iniciou uma discussão,  quando ele a acertou com um soco no rosto.


PATROCINADORES

 


Ainda conforme a guarda, ela disse que usou a faca para se defender.


 


Logo depois a própria mulher chamou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que o atendeu e levou para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA).


 


O homem foi levado para a Delegacia de Polícia Civil e deve responder pelo crime de agressão pela Lei Maria da Penha.


O homem foi levado para delegacia e vai responder pela Lei Maria da Penha.



Uma mulher grávida esfaqueou o marido após ser agredida por ele na manhã de segunda-feira 14, em Varginha. Os dois discutiram pouco antes do crime.



De acordo com a Guarda Municipal, a mulher relatou que o homem teria chegado em casa alcoolizado e o casal iniciou uma discussão,  quando ele a acertou com um soco no rosto.



PATROCINADORES

Ainda conforme a guarda, ela disse que usou a faca para se defender.



Logo depois a própria mulher chamou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que o atendeu e levou para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA).



O homem foi levado para a Delegacia de Polícia Civil e deve responder pelo crime de agressão pela Lei Maria da Penha.



Veja Também