news:

Sul de Minas

Prefeitura de Extrema estende toque de recolher até o dia 23 de junho

Publicado por TV Minas em 16/06/2020 às 11h27

foto_principal.jpg

A Prefeitura de Extrema anunciou no domingo (14) um novo toque de recolher na cidade. A medida vai até às 6h do dia 23 de junho. Com a decisão da prefeitura, está proibida a circulação de pessoas nas ruas entre 23h30 e 6h do dia seguinte. Os comércios devem suspender as atividades até às 23h, para possibilitar a chegada dos funcionários às residências.

 

O último decreto tinha sido entre os dias 8 e 15 de junho e agora foi estendido. A ação é uma das medidas para tentar conter o avanço do coronavírus na cidade, que tem o maior número de casos confirmados da doença no Sul de Minas.

 

 

Volta do comércio

 

Apesar no novo toque de recolher, a prefeitura anunciou a liberação das atividades do comércio entre os dias 15 e 23 de junho. Os estabelecimentos estavam fechados desde o dia 7 de junho, até o domingo (14).

 

No feriado da última quinta-feira (11), a restrição também foi aplicada a serviços essenciais. Com a medida, a prefeitura reforçou que os comércios devem respeitar as normas de prevenção da Covid-19, que incluem uso de máscaras e álcool em gel.

 

 

Coronavírus em Extrema

 

O último boletim municipal divulgado pela prefeitura no domingo mostrava 234 casos confirmados de Covid-19 em Extrema. A cidade tem quatro mortes pela doença, além de uma em investigação. Sete pessoas estão internadas, 91 em isolamento domiciliar e 132 se recuperaram.

A Prefeitura de Extrema anunciou no domingo (14) um novo toque de recolher na cidade. A medida vai até às 6h do dia 23 de junho. Com a decisão da prefeitura, está proibida a circulação de pessoas nas ruas entre 23h30 e 6h do dia seguinte. Os comércios devem suspender as atividades até às 23h, para possibilitar a chegada dos funcionários às residências.


 


O último decreto tinha sido entre os dias 8 e 15 de junho e agora foi estendido. A ação é uma das medidas para tentar conter o avanço do coronavírus na cidade, que tem o maior número de casos confirmados da doença no Sul de Minas.


 


 


Volta do comércio


 


PATROCINADORES

Apesar no novo toque de recolher, a prefeitura anunciou a liberação das atividades do comércio entre os dias 15 e 23 de junho. Os estabelecimentos estavam fechados desde o dia 7 de junho, até o domingo (14).


 


No feriado da última quinta-feira (11), a restrição também foi aplicada a serviços essenciais. Com a medida, a prefeitura reforçou que os comércios devem respeitar as normas de prevenção da Covid-19, que incluem uso de máscaras e álcool em gel.


 


 


Coronavírus em Extrema


 


O último boletim municipal divulgado pela prefeitura no domingo mostrava 234 casos confirmados de Covid-19 em Extrema. A cidade tem quatro mortes pela doença, além de uma em investigação. Sete pessoas estão internadas, 91 em isolamento domiciliar e 132 se recuperaram.


A Prefeitura de Extrema anunciou no domingo (14) um novo toque de recolher na cidade. A medida vai até às 6h do dia 23 de junho. Com a decisão da prefeitura, está proibida a circulação de pessoas nas ruas entre 23h30 e 6h do dia seguinte. Os comércios devem suspender as atividades até às 23h, para possibilitar a chegada dos funcionários às residências.



O último decreto tinha sido entre os dias 8 e 15 de junho e agora foi estendido. A ação é uma das medidas para tentar conter o avanço do coronavírus na cidade, que tem o maior número de casos confirmados da doença no Sul de Minas.



PATROCINADORES

Volta do comércio



Apesar no novo toque de recolher, a prefeitura anunciou a liberação das atividades do comércio entre os dias 15 e 23 de junho. Os estabelecimentos estavam fechados desde o dia 7 de junho, até o domingo (14).



No feriado da última quinta-feira (11), a restrição também foi aplicada a serviços essenciais. Com a medida, a prefeitura reforçou que os comércios devem respeitar as normas de prevenção da Covid-19, que incluem uso de máscaras e álcool em gel.



Coronavírus em Extrema



O último boletim municipal divulgado pela prefeitura no domingo mostrava 234 casos confirmados de Covid-19 em Extrema. A cidade tem quatro mortes pela doença, além de uma em investigação. Sete pessoas estão internadas, 91 em isolamento domiciliar e 132 se recuperaram.



Veja Também