news:

Sul de Minas

Homem acusado de matar mulher a facadas em Pouso Alegre é preso

Publicado por TV Minas em 16/06/2020 às 15h53 - Atualizado às 18h05

foto_principal.jpg

Matéria extraída do Terra do Mandu

 

O servente de pedreiro se apresentou na delegacia após orientação de sua advogada.

 

O homem acusado de matar a ex-mulher a facadas no último dia 04, em Pouso Alegre, foi preso na manhã desta terça-feira (16), 12 dias após o crime.

 

O servente de pedreiro, de 42 anos, se apresentou na delegacia, onde havia um mandado de prisão preventiva contra ele.

 

Segundo a polícia, servente de pedreiro confessou o crime e disse que casal estava se separando e agiu por ciúmes.

 
Há duas semanas, o homem foi até a casa onde a ex-mulher morava com os dois filhos do casal, no bairro Jardim Brasil, região do São Cristóvão, e desferiu golpes de faca contra a vítima.

 

Jane Lira de Oliveira, de 36 anos, foi socorrida pelos bombeiros e levada ao Hospital das Clínicas Samuel Libânio, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu na sala de emergência.

 

Após o crime, o homem fugiu. A Polícia Civil fez o pedido da prisão preventiva do único suspeito pelo crime de feminicídio. 

 

O casal tinha dois filhos, ainda adolescentes.

Matéria extraída do Terra do Mandu


 


O servente de pedreiro se apresentou na delegacia após orientação de sua advogada.


 


O homem acusado de matar a ex-mulher a facadas no último dia 04, em Pouso Alegre, foi preso na manhã desta terça-feira (16), 12 dias após o crime.


 


O servente de pedreiro, de 42 anos, se apresentou na delegacia, onde havia um mandado de prisão preventiva contra ele.


 


PATROCINADORES

Segundo a polícia, servente de pedreiro confessou o crime e disse que casal estava se separando e agiu por ciúmes.


 
Há duas semanas, o homem foi até a casa onde a ex-mulher morava com os dois filhos do casal, no bairro Jardim Brasil, região do São Cristóvão, e desferiu golpes de faca contra a vítima.


 


Jane Lira de Oliveira, de 36 anos, foi socorrida pelos bombeiros e levada ao Hospital das Clínicas Samuel Libânio, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu na sala de emergência.


 


Após o crime, o homem fugiu. A Polícia Civil fez o pedido da prisão preventiva do único suspeito pelo crime de feminicídio. 


 


O casal tinha dois filhos, ainda adolescentes.


Matéria extraída do Terra do Mandu



O servente de pedreiro se apresentou na delegacia após orientação de sua advogada.



O homem acusado de matar a ex-mulher a facadas no último dia 04, em Pouso Alegre, foi preso na manhã desta terça-feira (16), 12 dias após o crime.



PATROCINADORES

O servente de pedreiro, de 42 anos, se apresentou na delegacia, onde havia um mandado de prisão preventiva contra ele.



Segundo a polícia, servente de pedreiro confessou o crime e disse que casal estava se separando e agiu por ciúmes.



 
Há duas semanas, o homem foi até a casa onde a ex-mulher morava com os dois filhos do casal, no bairro Jardim Brasil, região do São Cristóvão, e desferiu golpes de faca contra a vítima.



PATROCINADORES

Jane Lira de Oliveira, de 36 anos, foi socorrida pelos bombeiros e levada ao Hospital das Clínicas Samuel Libânio, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu na sala de emergência.



Após o crime, o homem fugiu. A Polícia Civil fez o pedido da prisão preventiva do único suspeito pelo crime de feminicídio. 



O casal tinha dois filhos, ainda adolescentes.



Veja Também