news:

Sul de Minas

Presídio de cidade sul-mineira troca visitas por videoconferência

Publicado por TV Minas em 18/06/2020 às 15h38 - Atualizado às 15h51

foto_principal.jpg

Cidade é pioneira na mudança devido a necessidade de reduzir os riscos de contágio pelo coronavírus.

 

Os detentos de Andradas são os primeirosdo a ter substituídas as visitas presenciais por videoconferência.

 

São os efeitos da pandemia e da necessidade de reduzir os riscos de contágio do novo coronavírus. As audiências judiciais também estão sendo feitas dessa forma.

 

Com a suspensão das visitas no sistema prisional e redução no sistema socioeducativo em função da pandemia, os computadores são aliados para receber o carinho dos familiares.

 

O Presídio de Andradas foi o primeiro do Estado a implantar a visita virtual por meio do projeto “A esperança vem de casa”.

 

Além de Andradas, outras unidades já aderiram à iniciativa, como o Hospital Psiquiátrico e Judiciário Jorge Vaz, em Barbacena.

 

Em Varginha, Guanhães, Uberaba, Divinópolis, Passos, Abre Campo, Almenara e Novo Cruzeiro também já acontecem os abraços e sorrisos virtuais.

 

Para o diretor-geral do Departamento Penitenciário de Minas Gerais, Rodrigo Machado, a possibilidade de ampliação dos atendimentos jurídicos neste momento de pandemia e enfrentamento de uma crise sanitária é mais uma importante ação da Sejusp em parceria com o Poder Judiciário.

 

“Quanto mais as unidades puderem promover as audiências a distância, menor será a circulação de pessoas para o ambiente extramuros e mais amplo será o atendimento ao preso, tão necessário para o seu processo de ressocialização”, destaca o chefe do Depen.

 

 

 

 

 

 

Assista ao vídeo: 

 

Cidade é pioneira na mudança devido a necessidade de reduzir os riscos de contágio pelo coronavírus.


 


Os detentos de Andradas são os primeirosdo a ter substituídas as visitas presenciais por videoconferência.


 


São os efeitos da pandemia e da necessidade de reduzir os riscos de contágio do novo coronavírus. As audiências judiciais também estão sendo feitas dessa forma.


 


Com a suspensão das visitas no sistema prisional e redução no sistema socioeducativo em função da pandemia, os computadores são aliados para receber o carinho dos familiares.


 


O Presídio de Andradas foi o primeiro do Estado a implantar a visita virtual por meio do projeto “A esperança vem de casa”.


 


Além de Andradas, outras unidades já aderiram à iniciativa, como o Hospital Psiquiátrico e Judiciário Jorge Vaz, em Barbacena.


 


Em Varginha, Guanhães, Uberaba, Divinópolis, Passos, Abre Campo, Almenara e Novo Cruzeiro também já acontecem os abraços e sorrisos virtuais.


 


PATROCINADORES

Para o diretor-geral do Departamento Penitenciário de Minas Gerais, Rodrigo Machado, a possibilidade de ampliação dos atendimentos jurídicos neste momento de pandemia e enfrentamento de uma crise sanitária é mais uma importante ação da Sejusp em parceria com o Poder Judiciário.


 


“Quanto mais as unidades puderem promover as audiências a distância, menor será a circulação de pessoas para o ambiente extramuros e mais amplo será o atendimento ao preso, tão necessário para o seu processo de ressocialização”, destaca o chefe do Depen.


 


 



 


 



 


 


Assista ao vídeo: 


 



Cidade é pioneira na mudança devido a necessidade de reduzir os riscos de contágio pelo coronavírus.



Os detentos de Andradas são os primeirosdo a ter substituídas as visitas presenciais por videoconferência.



São os efeitos da pandemia e da necessidade de reduzir os riscos de contágio do novo coronavírus. As audiências judiciais também estão sendo feitas dessa forma.



Com a suspensão das visitas no sistema prisional e redução no sistema socioeducativo em função da pandemia, os computadores são aliados para receber o carinho dos familiares.



O Presídio de Andradas foi o primeiro do Estado a implantar a visita virtual por meio do projeto “A esperança vem de casa”.



PATROCINADORES

Além de Andradas, outras unidades já aderiram à iniciativa, como o Hospital Psiquiátrico e Judiciário Jorge Vaz, em Barbacena.



Em Varginha, Guanhães, Uberaba, Divinópolis, Passos, Abre Campo, Almenara e Novo Cruzeiro também já acontecem os abraços e sorrisos virtuais.



Para o diretor-geral do Departamento Penitenciário de Minas Gerais, Rodrigo Machado, a possibilidade de ampliação dos atendimentos jurídicos neste momento de pandemia e enfrentamento de uma crise sanitária é mais uma importante ação da Sejusp em parceria com o Poder Judiciário.



“Quanto mais as unidades puderem promover as audiências a distância, menor será a circulação de pessoas para o ambiente extramuros e mais amplo será o atendimento ao preso, tão necessário para o seu processo de ressocialização”, destaca o chefe do Depen.



PATROCINADORES





Assista ao vídeo: 





Veja Também