news:

Sul de Minas

Números de quinta-feira da Covid-19 no Brasil, Minas Gerais e Sul de Minas

Publicado por TV Minas em 19/06/2020 às 10h19

foto_principal.jpg

No Sul de Minas, Extrema lidera em números de contaminados, são 263 com 4 mortes, Lavras lidera em óbitos, são 65 casos com 9 mortes.

 

O Brasil chegou ontem, dia 18, quinta-feira, a 47.748 mortes oficialmente confirmadas causadas pela Covid-19, segundo dados do Ministério da Saúde. O país registra 978.142 ocorrências da doença. Nas últimas 24 horas, foram confirmados mais 1.238 óbitos e um aumento de 22.765 pessoas contaminadas. O total de brasileiros recuperados do coronavírus é de 482.102.

 

Minas Gerais confirmou 33 mortes em 24 horas e chegou a 570 óbitos pela Covid-19. De acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES), divulgado na manhã desta quinta-feira, dia 18, também 24.906 pessoas testaram positivo para a doença. Foram confirmadas 5 mortes em Governador Valadares, 4 mortes em Belo Horizonte, s cidades de Uberlândia e Santa Luzia confirmaram, cada uma, 2 mortes pelo novo coronavírus. As outras mortes foram confirmadas em Patrocínio, Resplendor, Ouro Preto, Contagem, Raposos, Três Corações, São Francisco, Mantena, Uberlândia, Muriaé, Patos de Minas, Passos, Juiz de Fora, Coronel Pacheco, Ubá, Campina Verde, Carangola, Uberaba e Contagem. Com o avanço do vírus para o interior de Minas, a doença atinge a população de 601, dos 853 municípios, 70% em relação ao total de cidades mineiras. Foram registradas mortes em 163 delas. A taxa de letalidade da Covid-19 em Minas é de 2,3%, ou seja, o percentual dos pacientes com a doença que não se recuperam e vão a óbitos. 

 

O Sul de Minas registrou mais casos do novo coronavírus e passou dos 2 mil registros. Mais duas mortes e outros 126 casos em 32 cidades foram confirmados no boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) na manhã de quinta-feira, dia 18. Com as novas confirmações, a região chega a 2.048 registros da doença, com 65 mortes. As novas mortes confirmadas pela SES-MG ocorreram em Passos e Três Corações. Além disso, foram confirmados novos casos em 30 localidades.

 

Foram confirmados mais 25 casos em Extrema, 18 em Pouso Alegre, 13 em São Lourenço, 9 em Varginha, 6 em Lavras, 4 em Jacutinga, 4 em São Sebastião do Paraíso, 3 em Paraisópolis, 2 em Campo Belo, 2 em Caxambu, 2 em Guaxupé, 2 em Itanhandu, 2 em Machado, e em Poços de Caldas, 2 em Pratápolis, 2 em São José da Barra, 2 em Três Corações e 2 em Três Pontas. Foram um caso em Arceburgo, Bueno Brandão, Cachoeira de Minas, Carmo do Rio Claro, Conceição do Rio Verde, Divisa Nova, Estiva, Nepomuceno, Passos, São João Batista do Glória e São Vicente de Minas. Também foram registrados os três primeiros casos de Aguanil. No Sul de Minas Extrema segue liderando o número de casos da região com 263 registros, sendo quatro mortes. Pouso Alegre tem 222 casos, com quatro mortes. Lavras tem 65 casos mas lidera em número de óbitos, são 9.

 

No Sul de Minas, Extrema lidera em números de contaminados, são 263 com 4 mortes, Lavras lidera em óbitos, são 65 casos com 9 mortes.


 


O Brasil chegou ontem, dia 18, quinta-feira, a 47.748 mortes oficialmente confirmadas causadas pela Covid-19, segundo dados do Ministério da Saúde. O país registra 978.142 ocorrências da doença. Nas últimas 24 horas, foram confirmados mais 1.238 óbitos e um aumento de 22.765 pessoas contaminadas. O total de brasileiros recuperados do coronavírus é de 482.102.


 


Minas Gerais confirmou 33 mortes em 24 horas e chegou a 570 óbitos pela Covid-19. De acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES), divulgado na manhã desta quinta-feira, dia 18, também 24.906 pessoas testaram positivo para a doença. Foram confirmadas 5 mortes em Governador Valadares, 4 mortes em Belo Horizonte, s cidades de Uberlândia e Santa Luzia confirmaram, cada uma, 2 mortes pelo novo coronavírus. As outras mortes foram confirmadas em Patrocínio, Resplendor, Ouro Preto, Contagem, Raposos, Três Corações, São Francisco, Mantena, Uberlândia, Muriaé, Patos de Minas, Passos, Juiz de Fora, Coronel Pacheco, Ubá, Campina Verde, Carangola, Uberaba e Contagem. Com o avanço do vírus para o interior de Minas, a doença atinge a população de 601, dos 853 municípios, 70% em relação ao total de cidades mineiras. Foram registradas mortes em 163 delas. A taxa de letalidade da Covid-19 em Minas é de 2,3%, ou seja, o percentual dos pacientes com a doença que não se recuperam e vão a óbitos. 


PATROCINADORES

 


O Sul de Minas registrou mais casos do novo coronavírus e passou dos 2 mil registros. Mais duas mortes e outros 126 casos em 32 cidades foram confirmados no boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) na manhã de quinta-feira, dia 18. Com as novas confirmações, a região chega a 2.048 registros da doença, com 65 mortes. As novas mortes confirmadas pela SES-MG ocorreram em Passos e Três Corações. Além disso, foram confirmados novos casos em 30 localidades.


 


Foram confirmados mais 25 casos em Extrema, 18 em Pouso Alegre, 13 em São Lourenço, 9 em Varginha, 6 em Lavras, 4 em Jacutinga, 4 em São Sebastião do Paraíso, 3 em Paraisópolis, 2 em Campo Belo, 2 em Caxambu, 2 em Guaxupé, 2 em Itanhandu, 2 em Machado, e em Poços de Caldas, 2 em Pratápolis, 2 em São José da Barra, 2 em Três Corações e 2 em Três Pontas. Foram um caso em Arceburgo, Bueno Brandão, Cachoeira de Minas, Carmo do Rio Claro, Conceição do Rio Verde, Divisa Nova, Estiva, Nepomuceno, Passos, São João Batista do Glória e São Vicente de Minas. Também foram registrados os três primeiros casos de Aguanil. No Sul de Minas Extrema segue liderando o número de casos da região com 263 registros, sendo quatro mortes. Pouso Alegre tem 222 casos, com quatro mortes. Lavras tem 65 casos mas lidera em número de óbitos, são 9.


 


No Sul de Minas, Extrema lidera em números de contaminados, são 263 com 4 mortes, Lavras lidera em óbitos, são 65 casos com 9 mortes.



O Brasil chegou ontem, dia 18, quinta-feira, a 47.748 mortes oficialmente confirmadas causadas pela Covid-19, segundo dados do Ministério da Saúde. O país registra 978.142 ocorrências da doença. Nas últimas 24 horas, foram confirmados mais 1.238 óbitos e um aumento de 22.765 pessoas contaminadas. O total de brasileiros recuperados do coronavírus é de 482.102.



Minas Gerais confirmou 33 mortes em 24 horas e chegou a 570 óbitos pela Covid-19. De acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES), divulgado na manhã desta quinta-feira, dia 18, também 24.906 pessoas testaram positivo para a doença. Foram confirmadas 5 mortes em Governador Valadares, 4 mortes em Belo Horizonte, s cidades de Uberlândia e Santa Luzia confirmaram, cada uma, 2 mortes pelo novo coronavírus. As outras mortes foram confirmadas em Patrocínio, Resplendor, Ouro Preto, Contagem, Raposos, Três Corações, São Francisco, Mantena, Uberlândia, Muriaé, Patos de Minas, Passos, Juiz de Fora, Coronel Pacheco, Ubá, Campina Verde, Carangola, Uberaba e Contagem. Com o avanço do vírus para o interior de Minas, a doença atinge a população de 601, dos 853 municípios, 70% em relação ao total de cidades mineiras. Foram registradas mortes em 163 delas. A taxa de letalidade da Covid-19 em Minas é de 2,3%, ou seja, o percentual dos pacientes com a doença que não se recuperam e vão a óbitos. 



PATROCINADORES

O Sul de Minas registrou mais casos do novo coronavírus e passou dos 2 mil registros. Mais duas mortes e outros 126 casos em 32 cidades foram confirmados no boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) na manhã de quinta-feira, dia 18. Com as novas confirmações, a região chega a 2.048 registros da doença, com 65 mortes. As novas mortes confirmadas pela SES-MG ocorreram em Passos e Três Corações. Além disso, foram confirmados novos casos em 30 localidades.



Foram confirmados mais 25 casos em Extrema, 18 em Pouso Alegre, 13 em São Lourenço, 9 em Varginha, 6 em Lavras, 4 em Jacutinga, 4 em São Sebastião do Paraíso, 3 em Paraisópolis, 2 em Campo Belo, 2 em Caxambu, 2 em Guaxupé, 2 em Itanhandu, 2 em Machado, e em Poços de Caldas, 2 em Pratápolis, 2 em São José da Barra, 2 em Três Corações e 2 em Três Pontas. Foram um caso em Arceburgo, Bueno Brandão, Cachoeira de Minas, Carmo do Rio Claro, Conceição do Rio Verde, Divisa Nova, Estiva, Nepomuceno, Passos, São João Batista do Glória e São Vicente de Minas. Também foram registrados os três primeiros casos de Aguanil. No Sul de Minas Extrema segue liderando o número de casos da região com 263 registros, sendo quatro mortes. Pouso Alegre tem 222 casos, com quatro mortes. Lavras tem 65 casos mas lidera em número de óbitos, são 9.



Veja Também