news:

Notícias

Zema promete medidas mais duras em Minas contra a COVID-19

Publicado por TV Minas em 21/06/2020 às 14h35 - Atualizado às 14h46

foto_principal.jpg

Romeu Zema fez um apelo à população no início da noite deste sábado, por meio das redes sociais.

 

A elevação rápida do número de mortes e casos da COVID-19 em Minas obrigou o governador do estado, Romeu Zema (Novo), a fazer um apelo à população no início da noite deste sábado, por meio das redes sociais.

 

Neste sábado, o estado chegou a 636 mortes causadas pelo novo coronavírus, com 27.305 casos positivos. O número de leitos de UTI em Minas Gerais alcançou a ocupação de 88%.

 

Baseado nesses dados, Zema anunciou que medidas mais duras de isolamento serão impostas nos próximos dias no intuito de barrar o avanço da doença, principalmente no interior.

 

“Medidas mais duras vão se fazer necessárias no estado. Por isso, eu continuo pedindo: é necessário manter o isolamento àqueles que podem. Fiquem em casa.

 

Aqueles que precisar trabalhar, que façam uso de todas as medidas possíveis para a sua segurança e dos outros também.

 

Distanciamento, o uso de máscaras e também as medidas de higienização. Não podemos facilitar com esse inimigo invisível e imprevisível. Já nos estruturamos bem. Hoje temos mais UTI’s, já adquirimos respiradores, mas o número dos últimos dias está nos assustando”, disse o governador em pronunciamento, em vídeo.

 

 

Leia, a seguir, a fala completa de Romeu Zema:

 

Mineiros, mineiras,
 
hoje, sábado, dia 20 de junho, recebi uma notícia muito, muito ruim. Ontem, nós, mais uma vez, batemos o recorde de óbitos para o coronavírus.

 

Em apenas 24h nós perdemos 36 vidas no estado. Nos últimos quatro dias, foram 134. Nós não podemos relaxar. Fiquei sabendo que, em Araxá, a cidade onde eu sempre morei, apenas as atividades essenciais estarão funcionando a partir desta segunda-feira. Medidas mais duras vão se fazer necessárias no estado.

 

Por isso, eu continuo pedindo: é necessário manter o isolamento àqueles que podem. Fiquem em casa. Aqueles que precisar trabalhar, que façam uso de todas as medidas possíveis para a sua segurança e dos outros também.

 

Distanciamento, o uso de máscaras e também as medidas de higienização. Não podemos facilitar com esse inimigo invisível e imprevisível. Já nos estruturamos bem. Hoje temos mais UTI’s, já adquirimos respiradores, mas o número dos últimos dias está nos assustando. Ele aumentou muito mais do que o previsto. Eu peço a todos a sua colaboração. Quem puder, fiquem em casa.

 

 

Assista ao vídeo:

 

Romeu Zema fez um apelo à população no início da noite deste sábado, por meio das redes sociais.


 


A elevação rápida do número de mortes e casos da COVID-19 em Minas obrigou o governador do estado, Romeu Zema (Novo), a fazer um apelo à população no início da noite deste sábado, por meio das redes sociais.


 


Neste sábado, o estado chegou a 636 mortes causadas pelo novo coronavírus, com 27.305 casos positivos. O número de leitos de UTI em Minas Gerais alcançou a ocupação de 88%.


 


Baseado nesses dados, Zema anunciou que medidas mais duras de isolamento serão impostas nos próximos dias no intuito de barrar o avanço da doença, principalmente no interior.


 


“Medidas mais duras vão se fazer necessárias no estado. Por isso, eu continuo pedindo: é necessário manter o isolamento àqueles que podem. Fiquem em casa.


 


Aqueles que precisar trabalhar, que façam uso de todas as medidas possíveis para a sua segurança e dos outros também.


 


Distanciamento, o uso de máscaras e também as medidas de higienização. Não podemos facilitar com esse inimigo invisível e imprevisível. Já nos estruturamos bem. Hoje temos mais UTI’s, já adquirimos respiradores, mas o número dos últimos dias está nos assustando”, disse o governador em pronunciamento, em vídeo.


 


PATROCINADORES

 


Leia, a seguir, a fala completa de Romeu Zema:


 


Mineiros, mineiras,
 
hoje, sábado, dia 20 de junho, recebi uma notícia muito, muito ruim. Ontem, nós, mais uma vez, batemos o recorde de óbitos para o coronavírus.


 


Em apenas 24h nós perdemos 36 vidas no estado. Nos últimos quatro dias, foram 134. Nós não podemos relaxar. Fiquei sabendo que, em Araxá, a cidade onde eu sempre morei, apenas as atividades essenciais estarão funcionando a partir desta segunda-feira. Medidas mais duras vão se fazer necessárias no estado.


 


Por isso, eu continuo pedindo: é necessário manter o isolamento àqueles que podem. Fiquem em casa. Aqueles que precisar trabalhar, que façam uso de todas as medidas possíveis para a sua segurança e dos outros também.


 


Distanciamento, o uso de máscaras e também as medidas de higienização. Não podemos facilitar com esse inimigo invisível e imprevisível. Já nos estruturamos bem. Hoje temos mais UTI’s, já adquirimos respiradores, mas o número dos últimos dias está nos assustando. Ele aumentou muito mais do que o previsto. Eu peço a todos a sua colaboração. Quem puder, fiquem em casa.


 


 


Assista ao vídeo:


 



Romeu Zema fez um apelo à população no início da noite deste sábado, por meio das redes sociais.



A elevação rápida do número de mortes e casos da COVID-19 em Minas obrigou o governador do estado, Romeu Zema (Novo), a fazer um apelo à população no início da noite deste sábado, por meio das redes sociais.



Neste sábado, o estado chegou a 636 mortes causadas pelo novo coronavírus, com 27.305 casos positivos. O número de leitos de UTI em Minas Gerais alcançou a ocupação de 88%.



Baseado nesses dados, Zema anunciou que medidas mais duras de isolamento serão impostas nos próximos dias no intuito de barrar o avanço da doença, principalmente no interior.



“Medidas mais duras vão se fazer necessárias no estado. Por isso, eu continuo pedindo: é necessário manter o isolamento àqueles que podem. Fiquem em casa.



PATROCINADORES

Aqueles que precisar trabalhar, que façam uso de todas as medidas possíveis para a sua segurança e dos outros também.



Distanciamento, o uso de máscaras e também as medidas de higienização. Não podemos facilitar com esse inimigo invisível e imprevisível. Já nos estruturamos bem. Hoje temos mais UTI’s, já adquirimos respiradores, mas o número dos últimos dias está nos assustando”, disse o governador em pronunciamento, em vídeo.



Leia, a seguir, a fala completa de Romeu Zema:



Mineiros, mineiras,
 
hoje, sábado, dia 20 de junho, recebi uma notícia muito, muito ruim. Ontem, nós, mais uma vez, batemos o recorde de óbitos para o coronavírus.



PATROCINADORES

Em apenas 24h nós perdemos 36 vidas no estado. Nos últimos quatro dias, foram 134. Nós não podemos relaxar. Fiquei sabendo que, em Araxá, a cidade onde eu sempre morei, apenas as atividades essenciais estarão funcionando a partir desta segunda-feira. Medidas mais duras vão se fazer necessárias no estado.



Por isso, eu continuo pedindo: é necessário manter o isolamento àqueles que podem. Fiquem em casa. Aqueles que precisar trabalhar, que façam uso de todas as medidas possíveis para a sua segurança e dos outros também.



Distanciamento, o uso de máscaras e também as medidas de higienização. Não podemos facilitar com esse inimigo invisível e imprevisível. Já nos estruturamos bem. Hoje temos mais UTI’s, já adquirimos respiradores, mas o número dos últimos dias está nos assustando. Ele aumentou muito mais do que o previsto. Eu peço a todos a sua colaboração. Quem puder, fiquem em casa.



Assista ao vídeo:





Veja Também