news:

Ciência & Tecnologia

Aplicativo vai alertar sobre contato com infectados por coronavírus

Publicado por TV Minas em 31/07/2020 às 20h26

foto_principal.jpg

Com base em tecnologia desenvolvida por Google e Apple, a plataforma vai avisar, pelo celular, em até 24 horas, sobre pessoas que testaram positivo.

 

O Ministério da Saúde anunciou nesta sexta-feira (31) uma nova funcionalidade para o aplicativo Coronavírus-SUS para alertar sobre a exposição a novos infectados pela doença.

 

Com base em um tecnologia desenvolvida por Google e Apple, a plataforma vai avisar, pelo celular, em até 24 horas, sobre pessoas que testaram positivo para Covid-19 e estiveram próximas ao dono do aparelho nos últimos 14 dias.

 

"O aplicativo é seguro e não tem acesso a nenhuma informação pessoal", disse a pasta. De acordo com o governo, a versão para Android, Google, já está disponível para download, enquanto chegará para iOS, da Apple, nos próximos dias.

 


Como funciona a tecnologia?


O Sistema de Notificação de Exposição depende de que a pessoa com resultado positivo para Covid-19 disponibilize no aplicativo Coronavirus-SUS — de forma voluntária e anônima, a partir de um token (código de números) emitido pelo Ministério da Saúde — a validação do seu exame (PCR ou sorológico) positivo para a doença.

 

A pasta diz que, para evitar informações falsas, antes de gerar o token, haverá um cruzamento entre o exame informado pela pessoa e os registros integrados da plataforma de vigilância (e-SUS Notifica) e da Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS).

 

 

 

Patrocinador:

Com base em tecnologia desenvolvida por Google e Apple, a plataforma vai avisar, pelo celular, em até 24 horas, sobre pessoas que testaram positivo.


 


O Ministério da Saúde anunciou nesta sexta-feira (31) uma nova funcionalidade para o aplicativo Coronavírus-SUS para alertar sobre a exposição a novos infectados pela doença.


 


Com base em um tecnologia desenvolvida por Google e Apple, a plataforma vai avisar, pelo celular, em até 24 horas, sobre pessoas que testaram positivo para Covid-19 e estiveram próximas ao dono do aparelho nos últimos 14 dias.


 


"O aplicativo é seguro e não tem acesso a nenhuma informação pessoal", disse a pasta. De acordo com o governo, a versão para Android, Google, já está disponível para download, enquanto chegará para iOS, da Apple, nos próximos dias.


 



Como funciona a tecnologia?


PATROCINADORES


O Sistema de Notificação de Exposição depende de que a pessoa com resultado positivo para Covid-19 disponibilize no aplicativo Coronavirus-SUS — de forma voluntária e anônima, a partir de um token (código de números) emitido pelo Ministério da Saúde — a validação do seu exame (PCR ou sorológico) positivo para a doença.


 


A pasta diz que, para evitar informações falsas, antes de gerar o token, haverá um cruzamento entre o exame informado pela pessoa e os registros integrados da plataforma de vigilância (e-SUS Notifica) e da Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS).


 


 



 


Patrocinador:



Com base em tecnologia desenvolvida por Google e Apple, a plataforma vai avisar, pelo celular, em até 24 horas, sobre pessoas que testaram positivo.



O Ministério da Saúde anunciou nesta sexta-feira (31) uma nova funcionalidade para o aplicativo Coronavírus-SUS para alertar sobre a exposição a novos infectados pela doença.



Com base em um tecnologia desenvolvida por Google e Apple, a plataforma vai avisar, pelo celular, em até 24 horas, sobre pessoas que testaram positivo para Covid-19 e estiveram próximas ao dono do aparelho nos últimos 14 dias.



PATROCINADORES

"O aplicativo é seguro e não tem acesso a nenhuma informação pessoal", disse a pasta. De acordo com o governo, a versão para Android, Google, já está disponível para download, enquanto chegará para iOS, da Apple, nos próximos dias.




Como funciona a tecnologia?




O Sistema de Notificação de Exposição depende de que a pessoa com resultado positivo para Covid-19 disponibilize no aplicativo Coronavirus-SUS — de forma voluntária e anônima, a partir de um token (código de números) emitido pelo Ministério da Saúde — a validação do seu exame (PCR ou sorológico) positivo para a doença.



A pasta diz que, para evitar informações falsas, antes de gerar o token, haverá um cruzamento entre o exame informado pela pessoa e os registros integrados da plataforma de vigilância (e-SUS Notifica) e da Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS).



PATROCINADORES



Patrocinador:





Veja Também