news:

Sul de Minas

Briga de ciganos termina em morte em cidade sul-mineira

Publicado por TV Minas em 17/09/2020 às 19h32 - Atualizado às 16h34

foto_principal.jpg

Matéria extraída do Terra do Mandu

 

Após a troca de tiros, os ciganos fugiram e as vítimas, que também são ciganos, foram socorridas para o hospital.

 

Um homem, de 25 anos, morreu depois de ser baleado na noite desta quarta-feira (16), em Borda da Mata.

 

Uma mulher, de 26 anos, também foi baleada e levada para o hospital da cidade. Ela não corre risco de morrer.

 

Confusão ocorreu durante uma festa no bairro Santa Cruz, às margens da MG-290. Autores dos disparos fugiram

 
De acordo com a Polícia Militar, houve uma troca de tiros durante uma festa de ciganos, numa casa do bairro Santa Cruz, na área urbana do município.

 

A PM recebeu a denúncia que o homem tinha dado entrada no hospital já sem vida e com quatro perfurações de disparos de arma de fogo. A mulher havia sido baleada no pé.

 

No local onde teria ocorrido a briga, os policiais apuraram que dois ciganos armados efetuaram os disparos em direção à vítima, que também estava armado e revidou com disparos.

 

Após a troca de tiros, os ciganos fugiram e as vítimas, que também são ciganos, foram socorridas para o hospital.

 

A mulher que foi baleada, contou aos policiais que a família dela fazia uma confraternização, quando seu tio chegou e atirou contra a vítima que morreu, motivado por ciúmes.

 

Testemunhas disseram que um dos filhos do suspeito estaria com ele e teria atirado também.

 

A polícia conseguiu imagens de circuito interno que mostraram um carro chegando e depois saindo em alta velocidade do local do crime, sentido Pouso Alegre.

 

Equipes da Polícia Militar das cidades vizinhas foram avisadas e fizeram cercos policiais.

 

Até o momento, ninguém foi preso. As viaturas permaneces em diligências, no intuito de localizar e prender os autores.

Matéria extraída do Terra do Mandu


 


Após a troca de tiros, os ciganos fugiram e as vítimas, que também são ciganos, foram socorridas para o hospital.


 


Um homem, de 25 anos, morreu depois de ser baleado na noite desta quarta-feira (16), em Borda da Mata.


 


Uma mulher, de 26 anos, também foi baleada e levada para o hospital da cidade. Ela não corre risco de morrer.


 


Confusão ocorreu durante uma festa no bairro Santa Cruz, às margens da MG-290. Autores dos disparos fugiram


 
De acordo com a Polícia Militar, houve uma troca de tiros durante uma festa de ciganos, numa casa do bairro Santa Cruz, na área urbana do município.


 


A PM recebeu a denúncia que o homem tinha dado entrada no hospital já sem vida e com quatro perfurações de disparos de arma de fogo. A mulher havia sido baleada no pé.


 


PATROCINADORES

No local onde teria ocorrido a briga, os policiais apuraram que dois ciganos armados efetuaram os disparos em direção à vítima, que também estava armado e revidou com disparos.


 


Após a troca de tiros, os ciganos fugiram e as vítimas, que também são ciganos, foram socorridas para o hospital.


 


A mulher que foi baleada, contou aos policiais que a família dela fazia uma confraternização, quando seu tio chegou e atirou contra a vítima que morreu, motivado por ciúmes.


 


Testemunhas disseram que um dos filhos do suspeito estaria com ele e teria atirado também.


 


A polícia conseguiu imagens de circuito interno que mostraram um carro chegando e depois saindo em alta velocidade do local do crime, sentido Pouso Alegre.


 


Equipes da Polícia Militar das cidades vizinhas foram avisadas e fizeram cercos policiais.


 


Até o momento, ninguém foi preso. As viaturas permaneces em diligências, no intuito de localizar e prender os autores.


Matéria extraída do Terra do Mandu



Após a troca de tiros, os ciganos fugiram e as vítimas, que também são ciganos, foram socorridas para o hospital.



Um homem, de 25 anos, morreu depois de ser baleado na noite desta quarta-feira (16), em Borda da Mata.



Uma mulher, de 26 anos, também foi baleada e levada para o hospital da cidade. Ela não corre risco de morrer.



PATROCINADORES

Confusão ocorreu durante uma festa no bairro Santa Cruz, às margens da MG-290. Autores dos disparos fugiram



 
De acordo com a Polícia Militar, houve uma troca de tiros durante uma festa de ciganos, numa casa do bairro Santa Cruz, na área urbana do município.



A PM recebeu a denúncia que o homem tinha dado entrada no hospital já sem vida e com quatro perfurações de disparos de arma de fogo. A mulher havia sido baleada no pé.



No local onde teria ocorrido a briga, os policiais apuraram que dois ciganos armados efetuaram os disparos em direção à vítima, que também estava armado e revidou com disparos.



Após a troca de tiros, os ciganos fugiram e as vítimas, que também são ciganos, foram socorridas para o hospital.



PATROCINADORES

A mulher que foi baleada, contou aos policiais que a família dela fazia uma confraternização, quando seu tio chegou e atirou contra a vítima que morreu, motivado por ciúmes.



Testemunhas disseram que um dos filhos do suspeito estaria com ele e teria atirado também.



A polícia conseguiu imagens de circuito interno que mostraram um carro chegando e depois saindo em alta velocidade do local do crime, sentido Pouso Alegre.



Equipes da Polícia Militar das cidades vizinhas foram avisadas e fizeram cercos policiais.



Até o momento, ninguém foi preso. As viaturas permaneces em diligências, no intuito de localizar e prender os autores.



Veja Também