news:

Sul de Minas

Idosa morre queimada após incêndio em vegetação de cidade sul-mineira

Publicado por TV Minas em 19/09/2020 às 19h15 - Atualizado às 17h44

foto_principal.jpeg

A vítima desapareceu na tarde desta sexta-feira (18), quando trabalhava com o companheiro fazendo uma cerca em seu terreno.

 

Uma idosa de 69 anos foi encontrada morta após um incêndio em vegetação que atingiu uma área no bairro Palha da Rocha, na Zona Rural de Maria da Fé.

 

Segundo o Corpo de Bombeiros, o corpo dela foi localizada na manhã deste sábado (19).

 

A idosa estava desaparecida desde o final da tarde desta sexta-feira (18) quando, de acordo com o namorado da vítima, ela foi cercada pelas chamas, enquanto os dois faziam cercas em sua propriedade

 

Ainda segundo o namorado, ela desapareceu após gritar que o fogo se aproximava.

 

Além dos bombeiros, policias militares da região também participaram da operação de busca que teve início ontem (18), foram interrompidas após as 3h da manhã pela falta de visibilidade no local e foram retomadas na madrugada de hoje (19).

 

O corpo de Maria Piedade dos Santos Marques foi encontrado às 7h deste sábado por familiares da vítima.

 

O local permaneceu isolado até a perícia chegar para apurar detalhes do caso e só então o corpo foi retirado de dentro da área devastada pelo fogo.

 

 

Maria Piedade  morreu em incêndio em vegetação em Maria da Fé.

 

 

As causas do fogo ainda não foram confirmadas. Maria Piedade tinha diabetes, pressão alta e estava com o pé machucado, o que pode ter dificultado a fuga das chamas.

 

O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal de Itajubá.

 

Militares seguem em ação de combate às chamas que atingem a região. 

 

Ao longo das últimas semanas, uma série de incêndios em vegetação está atingindo diversas áreas de pastagem e florestas na região de Itajubá.

 

Somente nesta semana, uma área de 300 mil metros quadrados foi devastada pelo fogo na região do bairro Santa Rosa e Serra dos Toledos.

 

Segundo uma lei de 1998, a pessoa que provoca fogo em mata ou florestas comete crime e pode ficar até quatro anos preso, além de pagar multa. Se o crime for culposo, sem intenção, a pena é de detenção de seis meses a um ano e multa.

 

 

Incêndio em vegetação destruiu área no bairro Palha da Rocha, em Maria da Fé.

A vítima desapareceu na tarde desta sexta-feira (18), quando trabalhava com o companheiro fazendo uma cerca em seu terreno.


 


Uma idosa de 69 anos foi encontrada morta após um incêndio em vegetação que atingiu uma área no bairro Palha da Rocha, na Zona Rural de Maria da Fé.


 


Segundo o Corpo de Bombeiros, o corpo dela foi localizada na manhã deste sábado (19).


 


A idosa estava desaparecida desde o final da tarde desta sexta-feira (18) quando, de acordo com o namorado da vítima, ela foi cercada pelas chamas, enquanto os dois faziam cercas em sua propriedade


 


Ainda segundo o namorado, ela desapareceu após gritar que o fogo se aproximava.


 


Além dos bombeiros, policias militares da região também participaram da operação de busca que teve início ontem (18), foram interrompidas após as 3h da manhã pela falta de visibilidade no local e foram retomadas na madrugada de hoje (19).


 


O corpo de Maria Piedade dos Santos Marques foi encontrado às 7h deste sábado por familiares da vítima.


 


O local permaneceu isolado até a perícia chegar para apurar detalhes do caso e só então o corpo foi retirado de dentro da área devastada pelo fogo.


 


 



PATROCINADORES

Maria Piedade  morreu em incêndio em vegetação em Maria da Fé.


 


 


As causas do fogo ainda não foram confirmadas. Maria Piedade tinha diabetes, pressão alta e estava com o pé machucado, o que pode ter dificultado a fuga das chamas.


 


O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal de Itajubá.


 


Militares seguem em ação de combate às chamas que atingem a região. 


 


Ao longo das últimas semanas, uma série de incêndios em vegetação está atingindo diversas áreas de pastagem e florestas na região de Itajubá.


 


Somente nesta semana, uma área de 300 mil metros quadrados foi devastada pelo fogo na região do bairro Santa Rosa e Serra dos Toledos.


 


Segundo uma lei de 1998, a pessoa que provoca fogo em mata ou florestas comete crime e pode ficar até quatro anos preso, além de pagar multa. Se o crime for culposo, sem intenção, a pena é de detenção de seis meses a um ano e multa.


 


 



Incêndio em vegetação destruiu área no bairro Palha da Rocha, em Maria da Fé.


A vítima desapareceu na tarde desta sexta-feira (18), quando trabalhava com o companheiro fazendo uma cerca em seu terreno.



Uma idosa de 69 anos foi encontrada morta após um incêndio em vegetação que atingiu uma área no bairro Palha da Rocha, na Zona Rural de Maria da Fé.



Segundo o Corpo de Bombeiros, o corpo dela foi localizada na manhã deste sábado (19).



A idosa estava desaparecida desde o final da tarde desta sexta-feira (18) quando, de acordo com o namorado da vítima, ela foi cercada pelas chamas, enquanto os dois faziam cercas em sua propriedade



Ainda segundo o namorado, ela desapareceu após gritar que o fogo se aproximava.



Além dos bombeiros, policias militares da região também participaram da operação de busca que teve início ontem (18), foram interrompidas após as 3h da manhã pela falta de visibilidade no local e foram retomadas na madrugada de hoje (19).



PATROCINADORES

O corpo de Maria Piedade dos Santos Marques foi encontrado às 7h deste sábado por familiares da vítima.



O local permaneceu isolado até a perícia chegar para apurar detalhes do caso e só então o corpo foi retirado de dentro da área devastada pelo fogo.





Maria Piedade  morreu em incêndio em vegetação em Maria da Fé.



As causas do fogo ainda não foram confirmadas. Maria Piedade tinha diabetes, pressão alta e estava com o pé machucado, o que pode ter dificultado a fuga das chamas.



O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal de Itajubá.



PATROCINADORES

Militares seguem em ação de combate às chamas que atingem a região. 



Ao longo das últimas semanas, uma série de incêndios em vegetação está atingindo diversas áreas de pastagem e florestas na região de Itajubá.



Somente nesta semana, uma área de 300 mil metros quadrados foi devastada pelo fogo na região do bairro Santa Rosa e Serra dos Toledos.



Segundo uma lei de 1998, a pessoa que provoca fogo em mata ou florestas comete crime e pode ficar até quatro anos preso, além de pagar multa. Se o crime for culposo, sem intenção, a pena é de detenção de seis meses a um ano e multa.





Incêndio em vegetação destruiu área no bairro Palha da Rocha, em Maria da Fé.



Veja Também