news:

Notícias

Só 10 cidades de Minas Gerais não têm casos de Covid-19; saiba quais são elas

Publicado por TV Minas em 21/09/2020 às 15h28

foto_principal.jpg

Municípios que não têm casos de coronavírus representam apenas 1,1% diante do número de cidades existentes em Minas Gerais; eram 11 cidades sem casos na sexta-feira.

 

Dez municípios mineiros mantêm-se sem casos do novo coronavírus. A façanha destas cidades imunes à pandemia se estende há mais de seis meses e caminha na contramão da tendência de outros municípios do Estado que diariamente recebem notificações sobre o aumento da quantidade de moradores infectados com a doença. O número de cidades sem casos era ainda maior na sexta-feira (18) quando a Secretaria de Saúde declarou que 11 municípios pertenciam a este grupo sem registros da infecção.


Entretanto, entre sexta e esta segunda-feira (21), o número caiu para dez. Cantagalo no Rio Doce com estimados 4.500 moradores deixou a lista de cidades sem casos nesta segunda, e, agora, o município já tem cinco notificações confirmadas e que estão relacionadas à pandemia.

 

São Thomé das Letras no Sul de Minas Gerais é a segunda cidade com maior população da lista e que não tem diagnósticos de Covid-19. Importante destino turístico no Estado, o município está fechado há praticamente seis meses e ainda na sexta-feira a Prefeitura Municipal de São Thomé das Letras prorrogou o bloqueio para turistas e não-residentes na cidade por mais 20 dias.

 

Entre outras medidas sanitárias para evitar a entrada do coronavírus no município, São Thomé adota o uso obrigatório de máscaras em todos os ambientes, quer sejam eles públicos ou particulares. Com cerca de dois mil habitantes a mais, Coronel Murta no Vale do Jequitinhonha é a maior cidade na lista das que não têm casos. O menor município é Cedro do Abaeté, com população estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 1.157 moradores.

 

A seguir, conheça quais são as 10 cidades de Minas Gerais que não têm casos do novo coronavírus, bem como em quais regiões elas estão e suas populações estimadas de acordo com censo mais recente do IBGE:

 

  • 1. Aracitaba (Zona da Mata/2.058 habitantes);

 

  • 2. Botumirim (Norte/6.288 habitantes);

 

  • 3. Camacho (Centro-Oeste/2.869 habitantes);

 

  • 4. Cedro do Abaeté (Central/1.157 habitantes);

 

  • 5. Coronel Murta (Vale do Jequitinhonha/9.215 habitantes);

 

  • 6. Pedro Teixeira (Zona da Mata/1.806 habitantes);

 

  • 7. Queluzito (Central/1.943 habitantes);

 

  • 8. Santana do Garambéu (Zona da Mata/2.476 habitantes);

 

  • 9. São Thomé das Letras (Sul/7.120 habitantes);

 

  • 10. Veredinha (Alto Paranaíba/5.727 habitantes).

 

 

Situação em Minas Gerais

 

São seis meses e duas semanas desde que o Estado de Minas Gerais declarou a existência de um primeiro morador diagnosticado com o novo coronavírus, cinco meses e três semanas desde a primeira morte. Transcorrido todo este período de tempo que representa metade do ano vivido em meio à pandemia, os números cresceram de maneira alarmante e, nesta segunda-feira (21), são mais de 271 mil casos da doença que deixou 6.727 mortos.

Municípios que não têm casos de coronavírus representam apenas 1,1% diante do número de cidades existentes em Minas Gerais; eram 11 cidades sem casos na sexta-feira.


 


Dez municípios mineiros mantêm-se sem casos do novo coronavírus. A façanha destas cidades imunes à pandemia se estende há mais de seis meses e caminha na contramão da tendência de outros municípios do Estado que diariamente recebem notificações sobre o aumento da quantidade de moradores infectados com a doença. O número de cidades sem casos era ainda maior na sexta-feira (18) quando a Secretaria de Saúde declarou que 11 municípios pertenciam a este grupo sem registros da infecção.



Entretanto, entre sexta e esta segunda-feira (21), o número caiu para dez. Cantagalo no Rio Doce com estimados 4.500 moradores deixou a lista de cidades sem casos nesta segunda, e, agora, o município já tem cinco notificações confirmadas e que estão relacionadas à pandemia.


 


São Thomé das Letras no Sul de Minas Gerais é a segunda cidade com maior população da lista e que não tem diagnósticos de Covid-19. Importante destino turístico no Estado, o município está fechado há praticamente seis meses e ainda na sexta-feira a Prefeitura Municipal de São Thomé das Letras prorrogou o bloqueio para turistas e não-residentes na cidade por mais 20 dias.


 


Entre outras medidas sanitárias para evitar a entrada do coronavírus no município, São Thomé adota o uso obrigatório de máscaras em todos os ambientes, quer sejam eles públicos ou particulares. Com cerca de dois mil habitantes a mais, Coronel Murta no Vale do Jequitinhonha é a maior cidade na lista das que não têm casos. O menor município é Cedro do Abaeté, com população estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 1.157 moradores.


 


A seguir, conheça quais são as 10 cidades de Minas Gerais que não têm casos do novo coronavírus, bem como em quais regiões elas estão e suas populações estimadas de acordo com censo mais recente do IBGE:


 

  • 1. Aracitaba (Zona da Mata/2.058 habitantes);

 

  • 2. Botumirim (Norte/6.288 habitantes);

PATROCINADORES

 

  • 3. Camacho (Centro-Oeste/2.869 habitantes);

 

  • 4. Cedro do Abaeté (Central/1.157 habitantes);

 

  • 5. Coronel Murta (Vale do Jequitinhonha/9.215 habitantes);

 

  • 6. Pedro Teixeira (Zona da Mata/1.806 habitantes);

 

  • 7. Queluzito (Central/1.943 habitantes);

 

  • 8. Santana do Garambéu (Zona da Mata/2.476 habitantes);

 

  • 9. São Thomé das Letras (Sul/7.120 habitantes);

 

  • 10. Veredinha (Alto Paranaíba/5.727 habitantes).

 


 


Situação em Minas Gerais


 


São seis meses e duas semanas desde que o Estado de Minas Gerais declarou a existência de um primeiro morador diagnosticado com o novo coronavírus, cinco meses e três semanas desde a primeira morte. Transcorrido todo este período de tempo que representa metade do ano vivido em meio à pandemia, os números cresceram de maneira alarmante e, nesta segunda-feira (21), são mais de 271 mil casos da doença que deixou 6.727 mortos.


Municípios que não têm casos de coronavírus representam apenas 1,1% diante do número de cidades existentes em Minas Gerais; eram 11 cidades sem casos na sexta-feira.



Dez municípios mineiros mantêm-se sem casos do novo coronavírus. A façanha destas cidades imunes à pandemia se estende há mais de seis meses e caminha na contramão da tendência de outros municípios do Estado que diariamente recebem notificações sobre o aumento da quantidade de moradores infectados com a doença. O número de cidades sem casos era ainda maior na sexta-feira (18) quando a Secretaria de Saúde declarou que 11 municípios pertenciam a este grupo sem registros da infecção.




Entretanto, entre sexta e esta segunda-feira (21), o número caiu para dez. Cantagalo no Rio Doce com estimados 4.500 moradores deixou a lista de cidades sem casos nesta segunda, e, agora, o município já tem cinco notificações confirmadas e que estão relacionadas à pandemia.



São Thomé das Letras no Sul de Minas Gerais é a segunda cidade com maior população da lista e que não tem diagnósticos de Covid-19. Importante destino turístico no Estado, o município está fechado há praticamente seis meses e ainda na sexta-feira a Prefeitura Municipal de São Thomé das Letras prorrogou o bloqueio para turistas e não-residentes na cidade por mais 20 dias.



Entre outras medidas sanitárias para evitar a entrada do coronavírus no município, São Thomé adota o uso obrigatório de máscaras em todos os ambientes, quer sejam eles públicos ou particulares. Com cerca de dois mil habitantes a mais, Coronel Murta no Vale do Jequitinhonha é a maior cidade na lista das que não têm casos. O menor município é Cedro do Abaeté, com população estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 1.157 moradores.



PATROCINADORES

A seguir, conheça quais são as 10 cidades de Minas Gerais que não têm casos do novo coronavírus, bem como em quais regiões elas estão e suas populações estimadas de acordo com censo mais recente do IBGE:



 

  • 1. Aracitaba (Zona da Mata/2.058 habitantes);


 

  • 2. Botumirim (Norte/6.288 habitantes);


 

  • 3. Camacho (Centro-Oeste/2.869 habitantes);


 

  • 4. Cedro do Abaeté (Central/1.157 habitantes);


 

  • 5. Coronel Murta (Vale do Jequitinhonha/9.215 habitantes);


 

  • 6. Pedro Teixeira (Zona da Mata/1.806 habitantes);


PATROCINADORES

 

  • 7. Queluzito (Central/1.943 habitantes);


 

  • 8. Santana do Garambéu (Zona da Mata/2.476 habitantes);


 

  • 9. São Thomé das Letras (Sul/7.120 habitantes);


 

  • 10. Veredinha (Alto Paranaíba/5.727 habitantes).


Situação em Minas Gerais



São seis meses e duas semanas desde que o Estado de Minas Gerais declarou a existência de um primeiro morador diagnosticado com o novo coronavírus, cinco meses e três semanas desde a primeira morte. Transcorrido todo este período de tempo que representa metade do ano vivido em meio à pandemia, os números cresceram de maneira alarmante e, nesta segunda-feira (21), são mais de 271 mil casos da doença que deixou 6.727 mortos.



Veja Também