news:

Entretenimento e Curiosidade

Polícia interdita aviário após receber denúncia sobre venda de carne de pombo

Publicado por TV Minas em 13/10/2020 às 21h05 - Atualizado em 14/10/2020 às 17h19

foto_principal.jpeg

A denúncia era de que aviário vendia carne de pombo em vez de galeto.

 

A Polícia Civil interditou, nesta terça-feira (13), um aviário em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, após receber denúncias que o estabelecimento vendia carne de pombo como se fosse galeto.

 

O dono do comércio foi preso em flagrante.

 

O aviário, que fica no bairro Paraíso, tinha diversas aves, como pombos, galinhas, patos e codornas em condições precárias de higiene, segundo agentes da Delegacia do Consumidor (Decon). Além disso, a corporação informou que não havia autorização dos órgãos de fiscalização.

 

Foi encontrado no local, segundo a polícia, um depósito de aves abatidas, onde as carnes de várias espécies eram vendidas misturadas e sem identificação.

 

O material foi levado para a perícia para atestar os animais que eram comercializados no aviário.

 

 

Dono de aviário em São Gonçalo foi preso em flagrante por agentes da Delegacia do Consumidor.

 

 

Freezer com diversas carnes misturadas foi encontrado no local.

A denúncia era de que aviário vendia carne de pombo em vez de galeto.


 


A Polícia Civil interditou, nesta terça-feira (13), um aviário em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, após receber denúncias que o estabelecimento vendia carne de pombo como se fosse galeto.


 


O dono do comércio foi preso em flagrante.


 


O aviário, que fica no bairro Paraíso, tinha diversas aves, como pombos, galinhas, patos e codornas em condições precárias de higiene, segundo agentes da Delegacia do Consumidor (Decon). Além disso, a corporação informou que não havia autorização dos órgãos de fiscalização.


 


Foi encontrado no local, segundo a polícia, um depósito de aves abatidas, onde as carnes de várias espécies eram vendidas misturadas e sem identificação.


PATROCINADORES

 


O material foi levado para a perícia para atestar os animais que eram comercializados no aviário.


 


 



Dono de aviário em São Gonçalo foi preso em flagrante por agentes da Delegacia do Consumidor.


 


 



Freezer com diversas carnes misturadas foi encontrado no local.


A denúncia era de que aviário vendia carne de pombo em vez de galeto.



A Polícia Civil interditou, nesta terça-feira (13), um aviário em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, após receber denúncias que o estabelecimento vendia carne de pombo como se fosse galeto.



O dono do comércio foi preso em flagrante.



PATROCINADORES

O aviário, que fica no bairro Paraíso, tinha diversas aves, como pombos, galinhas, patos e codornas em condições precárias de higiene, segundo agentes da Delegacia do Consumidor (Decon). Além disso, a corporação informou que não havia autorização dos órgãos de fiscalização.



Foi encontrado no local, segundo a polícia, um depósito de aves abatidas, onde as carnes de várias espécies eram vendidas misturadas e sem identificação.



O material foi levado para a perícia para atestar os animais que eram comercializados no aviário.



PATROCINADORES



Dono de aviário em São Gonçalo foi preso em flagrante por agentes da Delegacia do Consumidor.





Freezer com diversas carnes misturadas foi encontrado no local.



Veja Também