news:

Bem Estar

Sul de Minas entra para a Onda Verde do Minas Consciente

Publicado por TV Minas em 22/10/2020 às 15h26 - Atualizado às 12h27

foto_principal.jpg

Mudança possibilita a abertura de serviços não essenciais com alto risco de contágio.

 

Diante da melhora, e considerando indicadores como taxa de ocupação de leitos e casos por número de habitantes, o Comitê Extraordinário Covid-19 de Minas Gerais autorizou o avanço das macrorregiões de Saúde Oeste, Sul e Leste para a onda verde do Minas Consciente.

 

Com a mudança, poderão ser reabertos estabelecimentos como parques naturais, de diversão, cinemas, teatros e bares com música com ao vivo, desde que sejam seguidas as regras de higiene, distanciamento e lotação máxima.

 

As macrorregiões Oeste, Sul e Leste apresentaram um quadro controlado da doença após passar 28 dias na onda amarela, permitindo o avanço para a onda verde, que possibilita a abertura de serviços não essenciais com alto risco de contágio.

 

 

Veja abaixo as novas atividades permitidas:

 

  • Cinemas, bibliotecas, museus, arquivos;
  • Parques, zoológicos e jardins;
  • Atividades artísticas, como produção teatral, musical e de dança e circo;
  • Feiras, congressos, exposições, filmagens de festas, casas de festas, bufê;
  • Parques de diversão, discotecas, boliches, sinuca;
  • Bares com entretenimento (shows e espetáculos);
  • Serviços de colocação de piercings e tatuagens.

 

As regiões Sudeste, Noroeste, Centro, Norte, Jequitinhonha e Centro-Sul de MG já estavam na fase mais avançada do plano. Por apresentarem índices controlados, foram mantidas nesta etapa.

Mudança possibilita a abertura de serviços não essenciais com alto risco de contágio.


 


Diante da melhora, e considerando indicadores como taxa de ocupação de leitos e casos por número de habitantes, o Comitê Extraordinário Covid-19 de Minas Gerais autorizou o avanço das macrorregiões de Saúde Oeste, Sul e Leste para a onda verde do Minas Consciente.


 


Com a mudança, poderão ser reabertos estabelecimentos como parques naturais, de diversão, cinemas, teatros e bares com música com ao vivo, desde que sejam seguidas as regras de higiene, distanciamento e lotação máxima.


 


PATROCINADORES

As macrorregiões Oeste, Sul e Leste apresentaram um quadro controlado da doença após passar 28 dias na onda amarela, permitindo o avanço para a onda verde, que possibilita a abertura de serviços não essenciais com alto risco de contágio.


 


 


Veja abaixo as novas atividades permitidas:


 

  • Cinemas, bibliotecas, museus, arquivos;
  • Parques, zoológicos e jardins;
  • Atividades artísticas, como produção teatral, musical e de dança e circo;
  • Feiras, congressos, exposições, filmagens de festas, casas de festas, bufê;
  • Parques de diversão, discotecas, boliches, sinuca;
  • Bares com entretenimento (shows e espetáculos);
  • Serviços de colocação de piercings e tatuagens.

 


As regiões Sudeste, Noroeste, Centro, Norte, Jequitinhonha e Centro-Sul de MG já estavam na fase mais avançada do plano. Por apresentarem índices controlados, foram mantidas nesta etapa.


Mudança possibilita a abertura de serviços não essenciais com alto risco de contágio.



Diante da melhora, e considerando indicadores como taxa de ocupação de leitos e casos por número de habitantes, o Comitê Extraordinário Covid-19 de Minas Gerais autorizou o avanço das macrorregiões de Saúde Oeste, Sul e Leste para a onda verde do Minas Consciente.



Com a mudança, poderão ser reabertos estabelecimentos como parques naturais, de diversão, cinemas, teatros e bares com música com ao vivo, desde que sejam seguidas as regras de higiene, distanciamento e lotação máxima.



PATROCINADORES

As macrorregiões Oeste, Sul e Leste apresentaram um quadro controlado da doença após passar 28 dias na onda amarela, permitindo o avanço para a onda verde, que possibilita a abertura de serviços não essenciais com alto risco de contágio.



Veja abaixo as novas atividades permitidas:



 

  • Cinemas, bibliotecas, museus, arquivos;
  • Parques, zoológicos e jardins;
  • Atividades artísticas, como produção teatral, musical e de dança e circo;
  • Feiras, congressos, exposições, filmagens de festas, casas de festas, bufê;
  • Parques de diversão, discotecas, boliches, sinuca;
  • Bares com entretenimento (shows e espetáculos);
  • Serviços de colocação de piercings e tatuagens.


As regiões Sudeste, Noroeste, Centro, Norte, Jequitinhonha e Centro-Sul de MG já estavam na fase mais avançada do plano. Por apresentarem índices controlados, foram mantidas nesta etapa.



Veja Também