news:

Entretenimento e Curiosidade

Veterinária adota mini cabra como animal de estimação em apartamento

Publicado por TV Minas em 25/10/2020 às 16h59 - Atualizado às 14h00

foto_principal.jpeg

Quando eu saio, as pessoas acham que é alguma pegadinha, pois ela fica na coleira e anda de roupinha, diz a veteinária.

 

Cuidar de animais de estimação é um hábito comum do brasileiro e nem sempre é simples, ainda mais em espaços pequenos, como no caso de um apartamento de 60 metros quadrados.

 

Para uma veterinária de Jundiaí (SP), as dificuldades foram ainda maiores, afinal ela adotou como pet uma mini cabra.

 

Anna Beatriz Nicolau explica que adotou a pequena 'Karabina' no começo deste ano. "Eu queria uma mini cabra de estimação. Em janeiro falei com uma amiga veterinária que disse conhecer um criadouro de cabrinhas, ela me mostrou algumas fotos e eu escolhi", conta.

 

A cabra de nome curioso faz alusão a uma arma, e remete ao trabalho que a pequena dá a veterinária. "Eu batizei ela de Karabina, pois faz um estrago", brinca.

 

Anna Beatriz explica que no começo foi bem difícil cuidar da pequena cabra, mas a adaptação ao apartamento ocorreu rapidamente.

 

"No começo ela deu bastante trabalho, eu não dormi por noites, mas não desisti. Com carinho e jeitinho ela aprendeu tudo. Ela se adaptou bem ao apartamento, como um cão. Nunca a privei de nada", explica.

 

A relação da pequena cabra com os vizinhos é a melhor possível e Karabina atrai os olhares por onde passa. De acordo com Anna, a cabrinha adora sair e passear de carro e adora pessoas. Ela foi flagrada passeando em um shopping de Jundiaí e chamou a atenção na internet.

 

 

A cabra 'Karabina' é a xodó da veterinária Anna Beatriz de Jundiaí.

 

 

"Os vizinhos quando cruzam com ela dizem até 'oi', ninguém se incomoda, ela não faz barulho. Quando eu saio, as pessoas acham que é alguma pegadinha, pois ela fica na coleira e anda de roupinha, pois sente frio por ser um animal do agreste.

 

As pessoas acham o máximo e tiram foto. Parecem não acreditar do quanto ela é sociável, apenas não lida bem com crianças", conta.

 

Lidar com a cabrinha também não foi uma missão fácil para o namorado da veterinária, mas ele logo se acostumou com a ideia e atualmente é um 'pai' apaixonado pela 'filha' pet.

 

"Hoje ele é bem mais apegado do que eu, se algo acontecer com ela eu acho que ele morre", brinca.

 

Ainda de acordo com a veterinária, a paixão não se restringe a Karabina e ela é 'mãe' de vários pets. "Além dela, eu tenho mais quatro cachorros, um gato e uma calopsita. Ela se dá super bem com todos os bichos, até dormem juntos", finaliza.

 

 

'Karabina' é o xodó de Anna Beatriz e do namorado.

Quando eu saio, as pessoas acham que é alguma pegadinha, pois ela fica na coleira e anda de roupinha, diz a veteinária.


 


Cuidar de animais de estimação é um hábito comum do brasileiro e nem sempre é simples, ainda mais em espaços pequenos, como no caso de um apartamento de 60 metros quadrados.


 


Para uma veterinária de Jundiaí (SP), as dificuldades foram ainda maiores, afinal ela adotou como pet uma mini cabra.


 


Anna Beatriz Nicolau explica que adotou a pequena 'Karabina' no começo deste ano. "Eu queria uma mini cabra de estimação. Em janeiro falei com uma amiga veterinária que disse conhecer um criadouro de cabrinhas, ela me mostrou algumas fotos e eu escolhi", conta.


 


A cabra de nome curioso faz alusão a uma arma, e remete ao trabalho que a pequena dá a veterinária. "Eu batizei ela de Karabina, pois faz um estrago", brinca.


 


Anna Beatriz explica que no começo foi bem difícil cuidar da pequena cabra, mas a adaptação ao apartamento ocorreu rapidamente.


 


"No começo ela deu bastante trabalho, eu não dormi por noites, mas não desisti. Com carinho e jeitinho ela aprendeu tudo. Ela se adaptou bem ao apartamento, como um cão. Nunca a privei de nada", explica.


 


A relação da pequena cabra com os vizinhos é a melhor possível e Karabina atrai os olhares por onde passa. De acordo com Anna, a cabrinha adora sair e passear de carro e adora pessoas. Ela foi flagrada passeando em um shopping de Jundiaí e chamou a atenção na internet.


 


 


PATROCINADORES


A cabra 'Karabina' é a xodó da veterinária Anna Beatriz de Jundiaí.


 


 


"Os vizinhos quando cruzam com ela dizem até 'oi', ninguém se incomoda, ela não faz barulho. Quando eu saio, as pessoas acham que é alguma pegadinha, pois ela fica na coleira e anda de roupinha, pois sente frio por ser um animal do agreste.


 


As pessoas acham o máximo e tiram foto. Parecem não acreditar do quanto ela é sociável, apenas não lida bem com crianças", conta.


 


Lidar com a cabrinha também não foi uma missão fácil para o namorado da veterinária, mas ele logo se acostumou com a ideia e atualmente é um 'pai' apaixonado pela 'filha' pet.


 


"Hoje ele é bem mais apegado do que eu, se algo acontecer com ela eu acho que ele morre", brinca.


 


Ainda de acordo com a veterinária, a paixão não se restringe a Karabina e ela é 'mãe' de vários pets. "Além dela, eu tenho mais quatro cachorros, um gato e uma calopsita. Ela se dá super bem com todos os bichos, até dormem juntos", finaliza.


 


 



'Karabina' é o xodó de Anna Beatriz e do namorado.


Quando eu saio, as pessoas acham que é alguma pegadinha, pois ela fica na coleira e anda de roupinha, diz a veteinária.



Cuidar de animais de estimação é um hábito comum do brasileiro e nem sempre é simples, ainda mais em espaços pequenos, como no caso de um apartamento de 60 metros quadrados.



Para uma veterinária de Jundiaí (SP), as dificuldades foram ainda maiores, afinal ela adotou como pet uma mini cabra.



Anna Beatriz Nicolau explica que adotou a pequena 'Karabina' no começo deste ano. "Eu queria uma mini cabra de estimação. Em janeiro falei com uma amiga veterinária que disse conhecer um criadouro de cabrinhas, ela me mostrou algumas fotos e eu escolhi", conta.



A cabra de nome curioso faz alusão a uma arma, e remete ao trabalho que a pequena dá a veterinária. "Eu batizei ela de Karabina, pois faz um estrago", brinca.



Anna Beatriz explica que no começo foi bem difícil cuidar da pequena cabra, mas a adaptação ao apartamento ocorreu rapidamente.



PATROCINADORES

"No começo ela deu bastante trabalho, eu não dormi por noites, mas não desisti. Com carinho e jeitinho ela aprendeu tudo. Ela se adaptou bem ao apartamento, como um cão. Nunca a privei de nada", explica.



A relação da pequena cabra com os vizinhos é a melhor possível e Karabina atrai os olhares por onde passa. De acordo com Anna, a cabrinha adora sair e passear de carro e adora pessoas. Ela foi flagrada passeando em um shopping de Jundiaí e chamou a atenção na internet.





A cabra 'Karabina' é a xodó da veterinária Anna Beatriz de Jundiaí.



"Os vizinhos quando cruzam com ela dizem até 'oi', ninguém se incomoda, ela não faz barulho. Quando eu saio, as pessoas acham que é alguma pegadinha, pois ela fica na coleira e anda de roupinha, pois sente frio por ser um animal do agreste.



PATROCINADORES

As pessoas acham o máximo e tiram foto. Parecem não acreditar do quanto ela é sociável, apenas não lida bem com crianças", conta.



Lidar com a cabrinha também não foi uma missão fácil para o namorado da veterinária, mas ele logo se acostumou com a ideia e atualmente é um 'pai' apaixonado pela 'filha' pet.



"Hoje ele é bem mais apegado do que eu, se algo acontecer com ela eu acho que ele morre", brinca.



Ainda de acordo com a veterinária, a paixão não se restringe a Karabina e ela é 'mãe' de vários pets. "Além dela, eu tenho mais quatro cachorros, um gato e uma calopsita. Ela se dá super bem com todos os bichos, até dormem juntos", finaliza.





'Karabina' é o xodó de Anna Beatriz e do namorado.



Veja Também