news:

Sul de Minas

Covid-19: cidades do Sul de Minas na Onda Verde sofrem aumento de casos

Publicado por TV Minas em 09/11/2020 às 19h12

foto_principal.jpg

A prefeitura de uma das cidades acredita que a flexibilização no comércio contribuiu para o problema.

 

O Sul de Minas avançou para a onda verde do Programa Minas Consciente após recomendação do Governo Estadual no fim do mês passado.

 

O Comitê da COVID-19 avaliou indicies para autorizar esse avanço. A decisão atingiu mais de 150 municípios, como São Lourenço e Três Corações, no Circuito das Águas.

 

As duas cidades sofreram alta nos números de coronavírus nos últimos dias.

 

De acordo com a prefeitura, São Lourenço apresentou 80 casos novos de COVID-19 na ultima semana. No dia 30 de outubro, a cidade somou 473 registros e 11 mortes. Sendo que no dia 6 de novembro, os dados saltaram para 553. A prefeitura acredita que a flexibilização no comércio contribuiu para o problema.
 

"A gente já esperava um aumento, como houve na nossa microrregião inteira. São Lourenço teve duas particularidades que foram dois surtos, um no comércio e outro em um comitê eleitoral, que já foram notificados e providências cabíveis estão sendo tomadas”, afirma o secretário saúde, Everton de Souza Andrade.

 

Outra cidade que sofreu esse impacto foi Três Corações. No fim do mês passado, o município teve aumento de mais de 100% nos novos casos do novo coronavírus e liderou o ranking na região esta semana. Mesmo neste cenário, a prefeitura flexibilizou uma série de atividades.

 

 

Três Corações também sofreu aumento de casos do novo coronavírus.


 

“A macrorregião está na onda verde e a microrregião permanece na amarela. Estamos seguindo a macrorregião. Esse aumento de casos foi devido ao aumento de testagens na cidade”, diz Rachid Gadbem Neto, secretário-adjunto de Saúde do município.

  

Três Corações segue com 935 casos confirmados de COVID-19 e 31 mortes registradas. O último decreto publicado pela prefeitura autorizou eventos em salões de festas com a capacidade de lotação reduzida a 30%, piscinas em clubes sociais e recreativos, além de funcionamento de brinquedos e equipamentos de diversões.

 

O documento manteve as regras de distanciamento social, uso de máscaras e higiene das mãos.

A prefeitura de uma das cidades acredita que a flexibilização no comércio contribuiu para o problema.


 


O Sul de Minas avançou para a onda verde do Programa Minas Consciente após recomendação do Governo Estadual no fim do mês passado.


 


O Comitê da COVID-19 avaliou indicies para autorizar esse avanço. A decisão atingiu mais de 150 municípios, como São Lourenço e Três Corações, no Circuito das Águas.


 


As duas cidades sofreram alta nos números de coronavírus nos últimos dias.


 


De acordo com a prefeitura, São Lourenço apresentou 80 casos novos de COVID-19 na ultima semana. No dia 30 de outubro, a cidade somou 473 registros e 11 mortes. Sendo que no dia 6 de novembro, os dados saltaram para 553. A prefeitura acredita que a flexibilização no comércio contribuiu para o problema.
 


"A gente já esperava um aumento, como houve na nossa microrregião inteira. São Lourenço teve duas particularidades que foram dois surtos, um no comércio e outro em um comitê eleitoral, que já foram notificados e providências cabíveis estão sendo tomadas”, afirma o secretário saúde, Everton de Souza Andrade.


 


PATROCINADORES

Outra cidade que sofreu esse impacto foi Três Corações. No fim do mês passado, o município teve aumento de mais de 100% nos novos casos do novo coronavírus e liderou o ranking na região esta semana. Mesmo neste cenário, a prefeitura flexibilizou uma série de atividades.


 


 



Três Corações também sofreu aumento de casos do novo coronavírus.



 


“A macrorregião está na onda verde e a microrregião permanece na amarela. Estamos seguindo a macrorregião. Esse aumento de casos foi devido ao aumento de testagens na cidade”, diz Rachid Gadbem Neto, secretário-adjunto de Saúde do município.


  


Três Corações segue com 935 casos confirmados de COVID-19 e 31 mortes registradas. O último decreto publicado pela prefeitura autorizou eventos em salões de festas com a capacidade de lotação reduzida a 30%, piscinas em clubes sociais e recreativos, além de funcionamento de brinquedos e equipamentos de diversões.


 


O documento manteve as regras de distanciamento social, uso de máscaras e higiene das mãos.


A prefeitura de uma das cidades acredita que a flexibilização no comércio contribuiu para o problema.



O Sul de Minas avançou para a onda verde do Programa Minas Consciente após recomendação do Governo Estadual no fim do mês passado.



O Comitê da COVID-19 avaliou indicies para autorizar esse avanço. A decisão atingiu mais de 150 municípios, como São Lourenço e Três Corações, no Circuito das Águas.



As duas cidades sofreram alta nos números de coronavírus nos últimos dias.



PATROCINADORES

De acordo com a prefeitura, São Lourenço apresentou 80 casos novos de COVID-19 na ultima semana. No dia 30 de outubro, a cidade somou 473 registros e 11 mortes. Sendo que no dia 6 de novembro, os dados saltaram para 553. A prefeitura acredita que a flexibilização no comércio contribuiu para o problema.
 



"A gente já esperava um aumento, como houve na nossa microrregião inteira. São Lourenço teve duas particularidades que foram dois surtos, um no comércio e outro em um comitê eleitoral, que já foram notificados e providências cabíveis estão sendo tomadas”, afirma o secretário saúde, Everton de Souza Andrade.



Outra cidade que sofreu esse impacto foi Três Corações. No fim do mês passado, o município teve aumento de mais de 100% nos novos casos do novo coronavírus e liderou o ranking na região esta semana. Mesmo neste cenário, a prefeitura flexibilizou uma série de atividades.



PATROCINADORES



Três Corações também sofreu aumento de casos do novo coronavírus.




 



“A macrorregião está na onda verde e a microrregião permanece na amarela. Estamos seguindo a macrorregião. Esse aumento de casos foi devido ao aumento de testagens na cidade”, diz Rachid Gadbem Neto, secretário-adjunto de Saúde do município.



  



Três Corações segue com 935 casos confirmados de COVID-19 e 31 mortes registradas. O último decreto publicado pela prefeitura autorizou eventos em salões de festas com a capacidade de lotação reduzida a 30%, piscinas em clubes sociais e recreativos, além de funcionamento de brinquedos e equipamentos de diversões.



O documento manteve as regras de distanciamento social, uso de máscaras e higiene das mãos.



Veja Também