news:

Ciência & Tecnologia

Meteoro explode sobre a fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai

Publicado por TV Minas em 23/11/2020 às 21h48

foto_principal.jpeg

Fenômeno foi captado por observatório localizado em Taquara, que fica a 426,9 km de distância do local onde ocorreu a explosão.

 

Um meteoro explodiu sobre a fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai na madrugada desta segunda-feira (23). O bólido (nome dado ao meteoro quando ocorre a explosão) registrou magnitude de -7, o que é considerado elevado.

 

No momento da entrada na atmosfera, o meteoro tinha possivelmente menos de um metro de diâmetro.

 

"Com a queda deste meteoro de elevada magnitude fica comprovado que neste ano de 2020 já ocorreu o maior número de meteoros de elevada magnitude desde 2016, quando iniciou a operação do observatório no RS", afirma Carlos Fernando Jung, diretor da Região Sul da Bramon - Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros.

 

O fenômeno foi registrado pelo Observatório Espacial Heller & Jung, que fica em Taquara, a 426,9 km de distância do local onde ocorreu a explosão.

 

Segundo o professor, o bólido entrou na atmosfera da Terra a 103 km de altitude e explodiu a 94,4 km. Teve uma duração de 1,05 segundo.

 

 

Assista ao vídeo:

 

 

 

Patrocinador:

Fenômeno foi captado por observatório localizado em Taquara, que fica a 426,9 km de distância do local onde ocorreu a explosão.


 


Um meteoro explodiu sobre a fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai na madrugada desta segunda-feira (23). O bólido (nome dado ao meteoro quando ocorre a explosão) registrou magnitude de -7, o que é considerado elevado.


 


No momento da entrada na atmosfera, o meteoro tinha possivelmente menos de um metro de diâmetro.


 


"Com a queda deste meteoro de elevada magnitude fica comprovado que neste ano de 2020 já ocorreu o maior número de meteoros de elevada magnitude desde 2016, quando iniciou a operação do observatório no RS", afirma Carlos Fernando Jung, diretor da Região Sul da Bramon - Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros.


 


O fenômeno foi registrado pelo Observatório Espacial Heller & Jung, que fica em Taquara, a 426,9 km de distância do local onde ocorreu a explosão.


 


PATROCINADORES

Segundo o professor, o bólido entrou na atmosfera da Terra a 103 km de altitude e explodiu a 94,4 km. Teve uma duração de 1,05 segundo.


 


 


Assista ao vídeo:


 



 


 


Patrocinador:



Fenômeno foi captado por observatório localizado em Taquara, que fica a 426,9 km de distância do local onde ocorreu a explosão.



Um meteoro explodiu sobre a fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai na madrugada desta segunda-feira (23). O bólido (nome dado ao meteoro quando ocorre a explosão) registrou magnitude de -7, o que é considerado elevado.



No momento da entrada na atmosfera, o meteoro tinha possivelmente menos de um metro de diâmetro.



PATROCINADORES

"Com a queda deste meteoro de elevada magnitude fica comprovado que neste ano de 2020 já ocorreu o maior número de meteoros de elevada magnitude desde 2016, quando iniciou a operação do observatório no RS", afirma Carlos Fernando Jung, diretor da Região Sul da Bramon - Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros.



O fenômeno foi registrado pelo Observatório Espacial Heller & Jung, que fica em Taquara, a 426,9 km de distância do local onde ocorreu a explosão.



Segundo o professor, o bólido entrou na atmosfera da Terra a 103 km de altitude e explodiu a 94,4 km. Teve uma duração de 1,05 segundo.



PATROCINADORES

Assista ao vídeo:





Patrocinador:





Veja Também