news:

Sul de Minas

Grupo de pais defende a retomada das aulas presenciais em Pouso Alegre

Publicado por TV Minas em 26/11/2020 às 18h05 - Atualizado às 15h06

foto_principal.jpeg

Matéria extraída do Terra do Mandu

 

Eles defendem que, assim como em outras atividades, a educação tenha um plano de retomada urgente.

 

Um grupo de pais de alunos da rede privada de educação resolveu se unir para pedir a retomada imediata das aulas presenciais em Pouso Alegre.

 

Eles defendem que a educação também tenha um plano de retomada, assim como foi feito em outras atividades no município.

 
O ‘Grupo Pais Pela Educação em Pouso Alegre’ reúne cerca de 800 pessoas nas redes sociais.

 

O movimento entende que a volta às aulas ainda neste ano é uma necessidade, tendo em vista que a situação da cidade, em nível de saúde, está controlada de acordo com os dados divulgados pela prefeitura.

 

No mês de outubro, o grupo fez um pedido de apresentação de plano de retomada de aulas presenciais na Câmara Municipal de Pouso Alegre para que os vereadores tomassem providência junto à prefeitura. O pedido também foi protocolado junto à Secretaria de Educação e Prefeitura de Pouso Alegre.

 

Os pais, que participam do movimento, defendem o retorno seguro observando e cumprindo todos os protocolos de segurança, assim como foi definido e liberado outras atividades no município.

 

Uma das representantes do grupo, Carolina de Oliveira, que tem uma filha no 3° ano do ensino fundamental, defende “a volta urgente, com protocolos de segurança para que as escolas possam cumprir e voltarem a funcionar”.

 

Carolina também questiona “Por que nossas crianças, que não são os maiores vetores de transmissibilidade, ainda estão isoladas da escola e de seus amigos, da convivência e de tudo o que a escola traz de benefício, se os pais não estão isolados?”.

 
O grupo fez uma análise jurídica com decisões judiciais de todo o país e irá protocolar junto às autoridades, para auxiliar nas regras que a prefeitura irá definir.

 

Eles argumentam que continuarão a luta, pois, entendem que o ano ainda não acabou e um dia de criança na escola, ainda que para atividades extracurriculares, é um dia a menos da ociosidade em que estão.

 

 

Reunião com a Secretaria Municipal de Educação

 

Após o movimento criado pelo grupo de pais, a secretaria municipal de Educação fez uma reunião, na noite desta terça-feira (24), com representantes de sindicados e de escolas, pais e professores.

 

Durante a reunião, realizada no auditório da Faculdade de Medicina, a secretária de Educação, Leila de Fátima Fonseca, apresentou a proposta do município de retomada das aulas presenciais. Os representantes de pais de alunos, membros do Comitê Externo, Superintendência Regional de Ensino, SIPROMAG, SINPRO, SINDUTE, SISEMPA também se manifestaram.

 

Segundo a secretaria informou por nota da assessoria de imprensa, a ideia é formar comissões para elaborar os protocolos que possam permitir uma retomada gradual e segura das aulas presenciais no município em 2021.

 

“Estamos ouvindo todos os envolvidos para compreender as preocupações, ouvir sugestões e construir de forma coletiva um protocolo seguro e eficiente para a volta às aulas presenciais em Pouso Alegre de forma gradativa a partir de 2021”, destaca a secretária de Educação.

 

Patrocinador:

Matéria extraída do Terra do Mandu


 


Eles defendem que, assim como em outras atividades, a educação tenha um plano de retomada urgente.


 


Um grupo de pais de alunos da rede privada de educação resolveu se unir para pedir a retomada imediata das aulas presenciais em Pouso Alegre.


 


Eles defendem que a educação também tenha um plano de retomada, assim como foi feito em outras atividades no município.


 
O ‘Grupo Pais Pela Educação em Pouso Alegre’ reúne cerca de 800 pessoas nas redes sociais.


 


O movimento entende que a volta às aulas ainda neste ano é uma necessidade, tendo em vista que a situação da cidade, em nível de saúde, está controlada de acordo com os dados divulgados pela prefeitura.


 


No mês de outubro, o grupo fez um pedido de apresentação de plano de retomada de aulas presenciais na Câmara Municipal de Pouso Alegre para que os vereadores tomassem providência junto à prefeitura. O pedido também foi protocolado junto à Secretaria de Educação e Prefeitura de Pouso Alegre.


 


Os pais, que participam do movimento, defendem o retorno seguro observando e cumprindo todos os protocolos de segurança, assim como foi definido e liberado outras atividades no município.


 


Uma das representantes do grupo, Carolina de Oliveira, que tem uma filha no 3° ano do ensino fundamental, defende “a volta urgente, com protocolos de segurança para que as escolas possam cumprir e voltarem a funcionar”.


 


PATROCINADORES

Carolina também questiona “Por que nossas crianças, que não são os maiores vetores de transmissibilidade, ainda estão isoladas da escola e de seus amigos, da convivência e de tudo o que a escola traz de benefício, se os pais não estão isolados?”.


 
O grupo fez uma análise jurídica com decisões judiciais de todo o país e irá protocolar junto às autoridades, para auxiliar nas regras que a prefeitura irá definir.


 


Eles argumentam que continuarão a luta, pois, entendem que o ano ainda não acabou e um dia de criança na escola, ainda que para atividades extracurriculares, é um dia a menos da ociosidade em que estão.


 


 


Reunião com a Secretaria Municipal de Educação


 


Após o movimento criado pelo grupo de pais, a secretaria municipal de Educação fez uma reunião, na noite desta terça-feira (24), com representantes de sindicados e de escolas, pais e professores.


 


Durante a reunião, realizada no auditório da Faculdade de Medicina, a secretária de Educação, Leila de Fátima Fonseca, apresentou a proposta do município de retomada das aulas presenciais. Os representantes de pais de alunos, membros do Comitê Externo, Superintendência Regional de Ensino, SIPROMAG, SINPRO, SINDUTE, SISEMPA também se manifestaram.


 


Segundo a secretaria informou por nota da assessoria de imprensa, a ideia é formar comissões para elaborar os protocolos que possam permitir uma retomada gradual e segura das aulas presenciais no município em 2021.


 


“Estamos ouvindo todos os envolvidos para compreender as preocupações, ouvir sugestões e construir de forma coletiva um protocolo seguro e eficiente para a volta às aulas presenciais em Pouso Alegre de forma gradativa a partir de 2021”, destaca a secretária de Educação.


 


Patrocinador:



Matéria extraída do Terra do Mandu



Eles defendem que, assim como em outras atividades, a educação tenha um plano de retomada urgente.



Um grupo de pais de alunos da rede privada de educação resolveu se unir para pedir a retomada imediata das aulas presenciais em Pouso Alegre.



Eles defendem que a educação também tenha um plano de retomada, assim como foi feito em outras atividades no município.



 
O ‘Grupo Pais Pela Educação em Pouso Alegre’ reúne cerca de 800 pessoas nas redes sociais.



O movimento entende que a volta às aulas ainda neste ano é uma necessidade, tendo em vista que a situação da cidade, em nível de saúde, está controlada de acordo com os dados divulgados pela prefeitura.



PATROCINADORES

No mês de outubro, o grupo fez um pedido de apresentação de plano de retomada de aulas presenciais na Câmara Municipal de Pouso Alegre para que os vereadores tomassem providência junto à prefeitura. O pedido também foi protocolado junto à Secretaria de Educação e Prefeitura de Pouso Alegre.



Os pais, que participam do movimento, defendem o retorno seguro observando e cumprindo todos os protocolos de segurança, assim como foi definido e liberado outras atividades no município.



Uma das representantes do grupo, Carolina de Oliveira, que tem uma filha no 3° ano do ensino fundamental, defende “a volta urgente, com protocolos de segurança para que as escolas possam cumprir e voltarem a funcionar”.



Carolina também questiona “Por que nossas crianças, que não são os maiores vetores de transmissibilidade, ainda estão isoladas da escola e de seus amigos, da convivência e de tudo o que a escola traz de benefício, se os pais não estão isolados?”.



 
O grupo fez uma análise jurídica com decisões judiciais de todo o país e irá protocolar junto às autoridades, para auxiliar nas regras que a prefeitura irá definir.



Eles argumentam que continuarão a luta, pois, entendem que o ano ainda não acabou e um dia de criança na escola, ainda que para atividades extracurriculares, é um dia a menos da ociosidade em que estão.



PATROCINADORES

Reunião com a Secretaria Municipal de Educação



Após o movimento criado pelo grupo de pais, a secretaria municipal de Educação fez uma reunião, na noite desta terça-feira (24), com representantes de sindicados e de escolas, pais e professores.



Durante a reunião, realizada no auditório da Faculdade de Medicina, a secretária de Educação, Leila de Fátima Fonseca, apresentou a proposta do município de retomada das aulas presenciais. Os representantes de pais de alunos, membros do Comitê Externo, Superintendência Regional de Ensino, SIPROMAG, SINPRO, SINDUTE, SISEMPA também se manifestaram.



Segundo a secretaria informou por nota da assessoria de imprensa, a ideia é formar comissões para elaborar os protocolos que possam permitir uma retomada gradual e segura das aulas presenciais no município em 2021.



“Estamos ouvindo todos os envolvidos para compreender as preocupações, ouvir sugestões e construir de forma coletiva um protocolo seguro e eficiente para a volta às aulas presenciais em Pouso Alegre de forma gradativa a partir de 2021”, destaca a secretária de Educação.



Patrocinador:





Veja Também