Cachoeira congelada colapsa, desaba e mata turista na Rússia

Publicado por Tv Minas em 14/01/2021 às 00h29

Situada na península de Kamchatka, no extremo leste do país, a cachoeira Vilyuchinsky atrai turistas principalmente no inverno, quando congela e forma uma enorme pedra de gelo.

 

No último dia 7 de janeiro, uma cachoeira congelada entrou em colapso e desabou, ferindo três pessoas e matando uma na península de Kamchatka, no extremo leste da Rússia. Segundo o Ministério de Situações Emergenciais do país, a fatalidade ocorreu quando parte da estrutura de 40 metros caiu e prendeu quatro turistas sob um enorme manto de gelo por várias horas.

 

Mais de 40 profissionais de resgate foram levados até o local para libertar os turistas. Embora todos tenham sido retirados do gelo, um menino e seu pai foram levados para a UTI com ferimentos graves e um homem de 40 anos foi declarado morto no local.

 

A cachoeira Vilyuchinsky é um destino turístico popular durante todo o ano, pois é formada a partir do derretimento de uma geleira nas encostas do vulcão que leva o mesmo nome. No inverno, é conhecido como o “pingente de gelo do Czar”, já que a cachoeira congela e se transforma em uma enorme pedra de gelo, atraindo centenas de visitantes que buscar ver o fenômeno incomum.

 

Algumas reportagens que saíram na mídia russa sugerem que uma avalanche do vulcão próximo pode ter causado o colapso do bloco de gelo, mas essa hipótese ainda não foi confirmada. Um processo criminal foi aberto pelo Departamento de Investigação de Kamchatka do Comitê de Investigação da Rússia sobre a prestação de serviços turísticos que não atendem aos requisitos de segurança.

 

De acordo com a investigação, em 7 de janeiro, um grupo de 10 pessoas estava de pé a uma distância de 8 a 10 metros das bordas de gelo da cachoeira quando a parte superior da estrutura rachou e caiu, cobrindo as pessoas abaixo com fragmentos de gelo. As autoridades estão investigando por que o gelo gigante quebrou e se havia alguma maneira de evitar o incidente.

 

"A equipe de resgate de Kamchatka pede aos moradores da península, bem como aos turistas que chegam ao território da região: ao fazer uma caminhada, registre seu percurso para que os socorristas possam responder em tempo hábil [se houver um] incidente", escreveram as autoridades do Ministério em comunicado.

 

 

Cachoeira congelada colapsa, desaba e mata turista na Rússia. 

Compartilhe essa matéria: