Além do IPVA: confira outros gastos que você pode ter com o carro em 2021

Publicado por Tv Minas em 17/01/2021 às 21h19

Para te ajudar a se planejar financeiramente em 2021, confira abaixo os detalhes sobre esses custos.

 

Depois de pagar o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), os motoristas precisam quitar outros débitos para ficar com o veículo em dia, como licenciamento e eventuais multas.

 

Além desses gastos obrigatórios, é preciso se preparar para outras despesas comuns, como combustível e seguro.

 

 

Licenciamento 


Assim como o IPVA, o licenciamento costuma ser cobrado de acordo com o final da placa do veículo. Por isso, os proprietários devem ficar atentos aos calendários divulgados pelos estados. 

 

O pagamento dessa taxa é obrigatório. Uma vez paga, o motorista consegue emitir o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) e fica autorizado a circular pelas vias.

 

O valor do licenciamento varia entre R$ 50 e R$ 100. 

 

A partir de 2021, o documento do carro não será emitido mais em papel moeda. Para obtê-lo, o proprietário do veículo deve baixar o aplicativo da Carteira Digital de Trânsito (CDT) no celular e cadastrar os dados do veículo na plataforma, que vai permitir a visualização do documento sem a necessidade de acesso à internet.

 

O aplicativo está disponível gratuitamente nas lojas Google Play e App Store.

 

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), circular com o veículo com licenciamento atrasado é infração gravíssima, sujeita a multa de R$ 293,47, sete pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e remoção do veículo para regularização.

 

 

Combustível 


De acordo com balanço divulgado pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), em 5 de janeiro, o preço médio da gasolina no Brasil é de R$ 4,51. O etanol, R$ 3,18, e o diesel, R$ 3,63. 

 

Com base nesses valores, o motorista pode ter uma estimativa de quanto vai gastar por mês com combustível.

 

Para ter uma noção de quanto o carro consome, basta dividir o número de quilômetros rodados pela quantia de litros de combustível gastos.

 

Assim, uma pessoa que tem um carro que faz 10 km por litro de gasolina e percorre 500 km em 30 dias, deve desembolsar aproximadamente R$ 225 por mês, caso o preço do combustível não se altere. 

 

 

Seguro 


Não há uma tabela fixa com os preços dos seguros de carro no Brasil. O valor final leva em conta características como idade do motorista, local de residência, ano do veículo e coberturas contratadas.

 

Uma dica para quem quer simular o preço é acessar sites como Compara Online ou Minuto Seguros. 

 

 

Manutenções 


Para não ser pego de surpresa e ficar a pé, é importante estar em dia com as revisões do veículo. A recomendação é que elas sejam feitas a cada seis meses ou a cada 10 mil quilômetros rodados.

 

O manual do veículo informa os prazos corretos para a substituição de peças e acessórios. 

 

 

E o DPVAT? Será cobrado em 2021? 


Não. Em 2021, não será necessário pagar o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre, o DPVAT.

 

A cobrança foi suspensa após uma decisão do Conselho Nacional de Seguros Privados, no fim de dezembro. O seguro, porém, não será extinto.

 

De acordo com a Superintendência de Seguros Privados (Susep), os recursos cobrados em exercícios passados são suficientes para pagar indenizações neste ano.

 

Ou seja, os beneficiários continuarão a ser atendidos, e quem tem dívidas deverá quitá-las. Em 2020, o valor do DPVAT variou de R$ 5 a R$ 12.

 

Patrocinador:

Fonte: CNN

Compartilhe essa matéria: