news:

Notícias

Nobel de Medicina premia trio por combate a parasitas

Publicado por TV Minas em 05/10/2015

foto_principal.jpeg

O irlandês William C. Campbell, o japonês Satoshi Omura e a chinesa Youyou Tu desenvolveram novos medicamentos contra a malária e outras doenças parasitárias.

 

O Nobel de Medicina de 2015 premiou nesta segunda-feira três pesquisadores que desenvolveram novas e eficientes formas de combater doenças provocadas por parasitas. O irlandês William C. Campbell e o japonês Satoshi Omura receberam a honraria por terem criado um novo medicamento contra infecções causadas por vermes, enquanto a chinesa Youyou Tu foi premiada por seu trabalho contra a malária - uma doença transmitida por mosquitos e também causada por parasitas.

 

A Assembleia do Nobel, que concede o prêmio de Medicina, ressaltou que as infecções causadas por parasitas atingem a população mais pobre do planeta e afetam centenas de milhões de pessoas todos os anos, e destacou que os trabalhos de Campbell, Omura e Youyou "revolucionaram o tratamento de algumas das mais devastadoras doenças parasitárias".

 

A dupla Campbell e Omura foi premiada especificamente pelo desenvolvimento do medicamento Avermectin, que reduziu radicalmente a incidência na população de elefantíase e de oncocercose, uma moléstia também conhecida como "cegueira dos rios", além de ser eficiente contra inúmeras outras doenças parasitárias. A chinesa Youyou, por sua vez, foi responsável pela Artemisinin, uma das drogas mais eficazes contra a malária - que ainda mata mais de 500 mil pessoas por ano em todo o mundo, principalmente nos países mais pobres.

 

Para os organizadores do Nobel, o impacto global das descobertos do trio e os seus benefícios para toda a humanidade são "imensuráveis".

 

 

Os três vencedores do Nobel de Medicina de 2015

Os três vencedores do Nobel de Medicina de 2015(Jonathan Nackstrand/AFP)

 

O irlandês William C. Campbell, o japonês Satoshi Omura e a chinesa Youyou Tu desenvolveram novos medicamentos contra a malária e outras doenças parasitárias.


 


O Nobel de Medicina de 2015 premiou nesta segunda-feira três pesquisadores que desenvolveram novas e eficientes formas de combater doenças provocadas por parasitas. O irlandês William C. Campbell e o japonês Satoshi Omura receberam a honraria por terem criado um novo medicamento contra infecções causadas por vermes, enquanto a chinesa Youyou Tu foi premiada por seu trabalho contra a malária - uma doença transmitida por mosquitos e também causada por parasitas.


 


A Assembleia do Nobel, que concede o prêmio de Medicina, ressaltou que as infecções causadas por parasitas atingem a população mais pobre do planeta e afetam centenas de milhões de pessoas todos os anos, e destacou que os trabalhos de Campbell, Omura e Youyou "revolucionaram o tratamento de algumas das mais devastadoras doenças parasitárias".


 


A dupla Campbell e Omura foi premiada especificamente pelo desenvolvimento do medicamento Avermectin, que reduziu radicalmente a incidência na população de elefantíase e de oncocercose, uma moléstia também conhecida como "cegueira dos rios", além de ser eficiente contra inúmeras outras doenças parasitárias. A chinesa Youyou, por sua vez, foi responsável pela Artemisinin, uma das drogas mais eficazes contra a malária - que ainda mata mais de 500 mil pessoas por ano em todo o mundo, principalmente nos países mais pobres.


PATROCINADORES

 


Para os organizadores do Nobel, o impacto global das descobertos do trio e os seus benefícios para toda a humanidade são "imensuráveis".


 


 


Os três vencedores do Nobel de Medicina de 2015


Os três vencedores do Nobel de Medicina de 2015(Jonathan Nackstrand/AFP)


 


O irlandês William C. Campbell, o japonês Satoshi Omura e a chinesa Youyou Tu desenvolveram novos medicamentos contra a malária e outras doenças parasitárias.



O Nobel de Medicina de 2015 premiou nesta segunda-feira três pesquisadores que desenvolveram novas e eficientes formas de combater doenças provocadas por parasitas. O irlandês William C. Campbell e o japonês Satoshi Omura receberam a honraria por terem criado um novo medicamento contra infecções causadas por vermes, enquanto a chinesa Youyou Tu foi premiada por seu trabalho contra a malária - uma doença transmitida por mosquitos e também causada por parasitas.



PATROCINADORES

A Assembleia do Nobel, que concede o prêmio de Medicina, ressaltou que as infecções causadas por parasitas atingem a população mais pobre do planeta e afetam centenas de milhões de pessoas todos os anos, e destacou que os trabalhos de Campbell, Omura e Youyou "revolucionaram o tratamento de algumas das mais devastadoras doenças parasitárias".



A dupla Campbell e Omura foi premiada especificamente pelo desenvolvimento do medicamento Avermectin, que reduziu radicalmente a incidência na população de elefantíase e de oncocercose, uma moléstia também conhecida como "cegueira dos rios", além de ser eficiente contra inúmeras outras doenças parasitárias. A chinesa Youyou, por sua vez, foi responsável pela Artemisinin, uma das drogas mais eficazes contra a malária - que ainda mata mais de 500 mil pessoas por ano em todo o mundo, principalmente nos países mais pobres.



PATROCINADORES

Para os organizadores do Nobel, o impacto global das descobertos do trio e os seus benefícios para toda a humanidade são "imensuráveis".



Os três vencedores do Nobel de Medicina de 2015



Os três vencedores do Nobel de Medicina de 2015(Jonathan Nackstrand/AFP)



Veja Também