news:

Ciência & Tecnologia

Nasa: conheça o "buraco" no Sol que deu origem a auroras boreais

Publicado por TV Minas em 15/10/2015

153792647.jpeg

A imagem, capturada neste sábado (10), mostra uma mancha escura, localizada na corona, camada mais externa do Sol.

 

Um "buraco" no Sol, que provocou diversas auroras boreais foi revelado pela Nasa nesta quarta-feira (14). De acordo com a agência espacial americana, a parte escura da foto, capturada pelas lentes do Observatório de Dinâmica Solar da Nasa no último sábado (10), é uma região do Sol em que o campo magnético se estende para o espaço em vez de ficar "fechado" na superfície solar.

 

Localizada na corona, parte mais externa do Sol, essa área solar fica aberta ao espaço, enviando material em ventos de alta velocidade. Esses ventos solares criaram uma tempestade magnética próxima da Terra, que resultou em noites de belas auroras boreais.

 

O fenômeno que colore os céus é resultado da energia dissipada por esses campos magnéticos solares. Ao chegar na Terra, entram em contato com oxigênio e nitrogênio, e ganham as luzes vermelhas, verdes e roxas características do evento.

 

A imagem, capturada neste sábado (10), mostra uma mancha escura, localizada na corona, camada mais externa do Sol.


 


Um "buraco" no Sol, que provocou diversas auroras boreais foi revelado pela Nasa nesta quarta-feira (14). De acordo com a agência espacial americana, a parte escura da foto, capturada pelas lentes do Observatório de Dinâmica Solar da Nasa no último sábado (10), é uma região do Sol em que o campo magnético se estende para o espaço em vez de ficar "fechado" na superfície solar.


 


PATROCINADORES

Localizada na corona, parte mais externa do Sol, essa área solar fica aberta ao espaço, enviando material em ventos de alta velocidade. Esses ventos solares criaram uma tempestade magnética próxima da Terra, que resultou em noites de belas auroras boreais.


 


O fenômeno que colore os céus é resultado da energia dissipada por esses campos magnéticos solares. Ao chegar na Terra, entram em contato com oxigênio e nitrogênio, e ganham as luzes vermelhas, verdes e roxas características do evento.


 


A imagem, capturada neste sábado (10), mostra uma mancha escura, localizada na corona, camada mais externa do Sol.



Um "buraco" no Sol, que provocou diversas auroras boreais foi revelado pela Nasa nesta quarta-feira (14). De acordo com a agência espacial americana, a parte escura da foto, capturada pelas lentes do Observatório de Dinâmica Solar da Nasa no último sábado (10), é uma região do Sol em que o campo magnético se estende para o espaço em vez de ficar "fechado" na superfície solar.



Localizada na corona, parte mais externa do Sol, essa área solar fica aberta ao espaço, enviando material em ventos de alta velocidade. Esses ventos solares criaram uma tempestade magnética próxima da Terra, que resultou em noites de belas auroras boreais.



PATROCINADORES

O fenômeno que colore os céus é resultado da energia dissipada por esses campos magnéticos solares. Ao chegar na Terra, entram em contato com oxigênio e nitrogênio, e ganham as luzes vermelhas, verdes e roxas características do evento.



Veja Também