news:

Sul de Minas

TRE inclui 12 cidades do Sul de Minas em recadastramento biométrico

Publicado por TV Minas em 16/10/2015

foto_principal.jpg

Procedimento é obrigatório para moradores desses municípios.Outras cidades também já recadastram mesmo sem ser obrigatório.

 

Mais 12 cidades do Sul de Minas foram incluídas pelo Tribunal Regional Eleitoral no recadastramento biométrico obrigatório. Moradores de Ibitiúra de Minas (MG), São Tomé das Letras (MG), Seritinga (MG), Serranos (MG), Carvalhópolis (MG), Cordislândia (MG), Conceição dos Ouros (MG), Congonhal (MG), Andradas (MG) e Estiva (MG) precisam fazer o procedimento na região.

 

Por não ter cartório eleitoral, moradores de Ibitiúra de Minas (MG) estão tendo que fazer o procedimento em Andradas. Em algumas cidades, o recadastramento ainda não é obrigatório, mas já pode ser feito. É o caso por exemplo de Poços de Caldas (MG), Pouso Alegre (MG), Estiva (MG), Congonhal (MG) e Andradas (MG).

 

A partir da coleta de dados dos eleitores, vai ser possível saber quem está em dia com os compromissos eleitorais e também evitar fraudes.

 

Para fazer o recadastramento, é preciso levar algum documento com foto como carteira de identidade, além do CPF e um comprovante de endereço.

 

 

 

Recadastramento biométrico é obrigatório para moradores de 12 cidades do Sul de Minas (Foto: Reprodução EPTV)

Procedimento é obrigatório para moradores desses municípios.Outras cidades também já recadastram mesmo sem ser obrigatório.


 


Mais 12 cidades do Sul de Minas foram incluídas pelo Tribunal Regional Eleitoral no recadastramento biométrico obrigatório. Moradores de Ibitiúra de Minas (MG), São Tomé das Letras (MG), Seritinga (MG), Serranos (MG), Carvalhópolis (MG), Cordislândia (MG), Conceição dos Ouros (MG), Congonhal (MG), Andradas (MG) e Estiva (MG) precisam fazer o procedimento na região.


 


Por não ter cartório eleitoral, moradores de Ibitiúra de Minas (MG) estão tendo que fazer o procedimento em Andradas. Em algumas cidades, o recadastramento ainda não é obrigatório, mas já pode ser feito. É o caso por exemplo de Poços de Caldas (MG), Pouso Alegre (MG), Estiva (MG), Congonhal (MG) e Andradas (MG).


 


PATROCINADORES

A partir da coleta de dados dos eleitores, vai ser possível saber quem está em dia com os compromissos eleitorais e também evitar fraudes.


 


Para fazer o recadastramento, é preciso levar algum documento com foto como carteira de identidade, além do CPF e um comprovante de endereço.


 


 


 


Recadastramento biométrico é obrigatório para moradores de 12 cidades do Sul de Minas (Foto: Reprodução EPTV)


Procedimento é obrigatório para moradores desses municípios.Outras cidades também já recadastram mesmo sem ser obrigatório.



Mais 12 cidades do Sul de Minas foram incluídas pelo Tribunal Regional Eleitoral no recadastramento biométrico obrigatório. Moradores de Ibitiúra de Minas (MG), São Tomé das Letras (MG), Seritinga (MG), Serranos (MG), Carvalhópolis (MG), Cordislândia (MG), Conceição dos Ouros (MG), Congonhal (MG), Andradas (MG) e Estiva (MG) precisam fazer o procedimento na região.



Por não ter cartório eleitoral, moradores de Ibitiúra de Minas (MG) estão tendo que fazer o procedimento em Andradas. Em algumas cidades, o recadastramento ainda não é obrigatório, mas já pode ser feito. É o caso por exemplo de Poços de Caldas (MG), Pouso Alegre (MG), Estiva (MG), Congonhal (MG) e Andradas (MG).



PATROCINADORES

A partir da coleta de dados dos eleitores, vai ser possível saber quem está em dia com os compromissos eleitorais e também evitar fraudes.



Para fazer o recadastramento, é preciso levar algum documento com foto como carteira de identidade, além do CPF e um comprovante de endereço.



Recadastramento biométrico é obrigatório para moradores de 12 cidades do Sul de Minas (Foto: Reprodução EPTV)



Veja Também