news:

Esporte

CR7: "Talvez para outros o melhor seja Messi, mas pra mim, sou eu"

Publicado por TV Minas em 01/11/2015

foto_principal.jpg

As comparações entre Cristiano Ronaldo e Lionel Messi não incomodam o astro do Real Madrid. Atual Bola de Ouro da Fifa, o português garantiu que o fato de as pessoas acharem o argentino melhor do que ele não lhe afeta. Pelo contrário, o ajuda a melhorar dia após dia.

 

– Não fico incomodado. Talvez para outros o melhor seja Messi, mas na minha cabeça, sou eu. Todos devemos pensar em nós próprios. É por isso que ganhei tanto na minha carreira – afirmou o jogador, durante a coletiva de pré-lançamento do seu documentário, que tem estreia mundial marcada para o dia 9 de Novembro.

 

Cristiano Ronaldo lembrou que nos últimos anos sempre tem estado no topo do futebol, assim como Messi. Desde 2009, os dois craques disputam o prêmio máximo da Fifa, além de títulos no Barcelona e Real Madrid, outros rivais em campo, e artilharia de competições. Para o craque, ser o número um ou dois é uma questão ligada à conquista de troféus.

 

– Se analisarmos os meus últimos anos, tenho estado sempre no topo. É algo difícil. Nomeie alguém que tenha feito isto. Depois, ser o número um ou dois é uma questão de pormenores, que está ligado a vencer ou não troféus – disse, na entrevista reproduzida pelo jornal português "A Bola".

As comparações entre Cristiano Ronaldo e Lionel Messi não incomodam o astro do Real Madrid. Atual Bola de Ouro da Fifa, o português garantiu que o fato de as pessoas acharem o argentino melhor do que ele não lhe afeta. Pelo contrário, o ajuda a melhorar dia após dia.


 


– Não fico incomodado. Talvez para outros o melhor seja Messi, mas na minha cabeça, sou eu. Todos devemos pensar em nós próprios. É por isso que ganhei tanto na minha carreira – afirmou o jogador, durante a coletiva de pré-lançamento do seu documentário, que tem estreia mundial marcada para o dia 9 de Novembro.


PATROCINADORES

 


Cristiano Ronaldo lembrou que nos últimos anos sempre tem estado no topo do futebol, assim como Messi. Desde 2009, os dois craques disputam o prêmio máximo da Fifa, além de títulos no Barcelona e Real Madrid, outros rivais em campo, e artilharia de competições. Para o craque, ser o número um ou dois é uma questão ligada à conquista de troféus.


 


– Se analisarmos os meus últimos anos, tenho estado sempre no topo. É algo difícil. Nomeie alguém que tenha feito isto. Depois, ser o número um ou dois é uma questão de pormenores, que está ligado a vencer ou não troféus – disse, na entrevista reproduzida pelo jornal português "A Bola".


As comparações entre Cristiano Ronaldo e Lionel Messi não incomodam o astro do Real Madrid. Atual Bola de Ouro da Fifa, o português garantiu que o fato de as pessoas acharem o argentino melhor do que ele não lhe afeta. Pelo contrário, o ajuda a melhorar dia após dia.



– Não fico incomodado. Talvez para outros o melhor seja Messi, mas na minha cabeça, sou eu. Todos devemos pensar em nós próprios. É por isso que ganhei tanto na minha carreira – afirmou o jogador, durante a coletiva de pré-lançamento do seu documentário, que tem estreia mundial marcada para o dia 9 de Novembro.



Cristiano Ronaldo lembrou que nos últimos anos sempre tem estado no topo do futebol, assim como Messi. Desde 2009, os dois craques disputam o prêmio máximo da Fifa, além de títulos no Barcelona e Real Madrid, outros rivais em campo, e artilharia de competições. Para o craque, ser o número um ou dois é uma questão ligada à conquista de troféus.



PATROCINADORES

– Se analisarmos os meus últimos anos, tenho estado sempre no topo. É algo difícil. Nomeie alguém que tenha feito isto. Depois, ser o número um ou dois é uma questão de pormenores, que está ligado a vencer ou não troféus – disse, na entrevista reproduzida pelo jornal português "A Bola".



Veja Também