news:

Esporte

Implacável, Rosberg vence em SP e adia sonho de Hamilton mais uma vez

Publicado por TV Minas em 15/11/2015

foto_principal.jpg

Alemão triunfa em Interlagos pela segunda vez consecutiva e impede sonho do companheiro de levar a vitória inédita na terra do ídolo Senna. Massa é 8º, Nasr o 14º.

 

Nico Rosberg já não pode ameaçar o título de Lewis Hamilton, campeão da temporada 2015 da Fórmula 1 com três etapas de antecedência. Mas o alemão ainda tem armas para incomodar o companheiro de Mercedes. Com um desempenho implacável neste domingo, na 44ª edição do GP do Brasil, o vice-líder do ranking não deu chances para o rival e conquistou uma vitória folgada na pista de Interlagos, que permanece como território a ser conquistado pelo inglês, fã declarado de Ayrton Senna. Apesar da decepção pelo resultado, Hamilton entrou no clima da torcida brasileira, aos gritos de "Senna, Senna", e até ensaiou uma comemoração pelo segundo lugar.  

 

Apesar da festa da torcida brasileira no autódromo paulista, os pilotos da casa não tiveram muito o que comemorar neste domingo. Felipe Massa se manteve durante quase toda a corrida na mesma posição de largada (8º) e, sem condições de atacar a RBR do russo Daniil Kvyat, precisou se contentar com os quatro pontinhos referentes ao oitavo lugar. O xará Felipe Nasr, que largou em 13º, até conseguiu alguns momentos de inspiração em sua estreia no circuito brasileiro como titular da Fórmula 1, mas enfrentou problemas de desempenho com a Sauber e terminou longe da zona de pontuação, em 14º. 

 

Com a vitória em Interlagos, Rosberg garantiu o vice-campeonato, acabando com as chances matemáticas de Sebastian Vettel, da Ferrari, o terceiro colocado em Interlagos. A derradeira etapa da Fórmula 1 será disputada daqui a duas semanas, em Abu Dhabi. 

Alemão triunfa em Interlagos pela segunda vez consecutiva e impede sonho do companheiro de levar a vitória inédita na terra do ídolo Senna. Massa é 8º, Nasr o 14º.


 


Nico Rosberg já não pode ameaçar o título de Lewis Hamilton, campeão da temporada 2015 da Fórmula 1 com três etapas de antecedência. Mas o alemão ainda tem armas para incomodar o companheiro de Mercedes. Com um desempenho implacável neste domingo, na 44ª edição do GP do Brasil, o vice-líder do ranking não deu chances para o rival e conquistou uma vitória folgada na pista de Interlagos, que permanece como território a ser conquistado pelo inglês, fã declarado de Ayrton Senna. Apesar da decepção pelo resultado, Hamilton entrou no clima da torcida brasileira, aos gritos de "Senna, Senna", e até ensaiou uma comemoração pelo segundo lugar.  


PATROCINADORES

 


Apesar da festa da torcida brasileira no autódromo paulista, os pilotos da casa não tiveram muito o que comemorar neste domingo. Felipe Massa se manteve durante quase toda a corrida na mesma posição de largada (8º) e, sem condições de atacar a RBR do russo Daniil Kvyat, precisou se contentar com os quatro pontinhos referentes ao oitavo lugar. O xará Felipe Nasr, que largou em 13º, até conseguiu alguns momentos de inspiração em sua estreia no circuito brasileiro como titular da Fórmula 1, mas enfrentou problemas de desempenho com a Sauber e terminou longe da zona de pontuação, em 14º. 


 


Com a vitória em Interlagos, Rosberg garantiu o vice-campeonato, acabando com as chances matemáticas de Sebastian Vettel, da Ferrari, o terceiro colocado em Interlagos. A derradeira etapa da Fórmula 1 será disputada daqui a duas semanas, em Abu Dhabi. 


Alemão triunfa em Interlagos pela segunda vez consecutiva e impede sonho do companheiro de levar a vitória inédita na terra do ídolo Senna. Massa é 8º, Nasr o 14º.



Nico Rosberg já não pode ameaçar o título de Lewis Hamilton, campeão da temporada 2015 da Fórmula 1 com três etapas de antecedência. Mas o alemão ainda tem armas para incomodar o companheiro de Mercedes. Com um desempenho implacável neste domingo, na 44ª edição do GP do Brasil, o vice-líder do ranking não deu chances para o rival e conquistou uma vitória folgada na pista de Interlagos, que permanece como território a ser conquistado pelo inglês, fã declarado de Ayrton Senna. Apesar da decepção pelo resultado, Hamilton entrou no clima da torcida brasileira, aos gritos de "Senna, Senna", e até ensaiou uma comemoração pelo segundo lugar.  



Apesar da festa da torcida brasileira no autódromo paulista, os pilotos da casa não tiveram muito o que comemorar neste domingo. Felipe Massa se manteve durante quase toda a corrida na mesma posição de largada (8º) e, sem condições de atacar a RBR do russo Daniil Kvyat, precisou se contentar com os quatro pontinhos referentes ao oitavo lugar. O xará Felipe Nasr, que largou em 13º, até conseguiu alguns momentos de inspiração em sua estreia no circuito brasileiro como titular da Fórmula 1, mas enfrentou problemas de desempenho com a Sauber e terminou longe da zona de pontuação, em 14º. 



PATROCINADORES

Com a vitória em Interlagos, Rosberg garantiu o vice-campeonato, acabando com as chances matemáticas de Sebastian Vettel, da Ferrari, o terceiro colocado em Interlagos. A derradeira etapa da Fórmula 1 será disputada daqui a duas semanas, em Abu Dhabi. 



Veja Também