news:

Notícias

Turquia derruba avião russo próximo à fronteira com a Síria

Publicado por TV Minas em 24/11/2015

foto_principal.jpg

Caças turcos derrubaram um avião militar de fabricação russa próximo à fronteira da Síria nesta terça-feira, após repetidamente alertarem sobre violações do espaço aéreo, de acordo com autoridades turcas, mas Moscou informou que pode provar que o jato não deixou o espaço aéreo sírio.

 

Fontes presidenciais turcas disseram que o avião de guerra era um SU-24 de fabricação russa. O Exército turco, que não confirmou a origem do avião, informou que foi alertado mais de 10 vezes no espaço de cinco minutos sobre violações no espaço aéreo turco.

 

O Ministério da Defesa da Rússia informou que um de seus caças foi derrubado na Síria, aparentemente de tiros vindos do solo, mas informou que poderia provar que o avião estava sobre a Síria durante o voo, relatou a agência de notícias Interfax.

 

O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, recebeu informações do chefe do Exército, enquanto o premiê, Ahmet Davutoglu, ordenou consultas com a Otan, a ONU e países relacionados, disseram os gabinetes de ambos.

 

O grupo de monitoramento Observatório Sírio para Direitos Humanos informou que o avião de guerra caiu em uma área montanhosa na província de Latakia, onde houve um bombardeio aéreo anteriormente e onde forças pró-governo lutam no solo contra insurgentes.

 

A Rússia e o governo sírio, aliado, realizaram ataques na área. Uma fonte militar síria disse que a suposta derrubada estava sendo investigada.

 

Imagens da emissora privada turca Haberturk TV mostraram o avião caindo em chamas e uma longa faixa de fumaça. Imagens separadas da agência turca Anadolu mostraram dois pilotos saindo de paraquedas do jato antes da queda.

Caças turcos derrubaram um avião militar de fabricação russa próximo à fronteira da Síria nesta terça-feira, após repetidamente alertarem sobre violações do espaço aéreo, de acordo com autoridades turcas, mas Moscou informou que pode provar que o jato não deixou o espaço aéreo sírio.


 


Fontes presidenciais turcas disseram que o avião de guerra era um SU-24 de fabricação russa. O Exército turco, que não confirmou a origem do avião, informou que foi alertado mais de 10 vezes no espaço de cinco minutos sobre violações no espaço aéreo turco.


 


O Ministério da Defesa da Rússia informou que um de seus caças foi derrubado na Síria, aparentemente de tiros vindos do solo, mas informou que poderia provar que o avião estava sobre a Síria durante o voo, relatou a agência de notícias Interfax.


 


PATROCINADORES

O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, recebeu informações do chefe do Exército, enquanto o premiê, Ahmet Davutoglu, ordenou consultas com a Otan, a ONU e países relacionados, disseram os gabinetes de ambos.


 


O grupo de monitoramento Observatório Sírio para Direitos Humanos informou que o avião de guerra caiu em uma área montanhosa na província de Latakia, onde houve um bombardeio aéreo anteriormente e onde forças pró-governo lutam no solo contra insurgentes.


 


A Rússia e o governo sírio, aliado, realizaram ataques na área. Uma fonte militar síria disse que a suposta derrubada estava sendo investigada.


 


Imagens da emissora privada turca Haberturk TV mostraram o avião caindo em chamas e uma longa faixa de fumaça. Imagens separadas da agência turca Anadolu mostraram dois pilotos saindo de paraquedas do jato antes da queda.


Caças turcos derrubaram um avião militar de fabricação russa próximo à fronteira da Síria nesta terça-feira, após repetidamente alertarem sobre violações do espaço aéreo, de acordo com autoridades turcas, mas Moscou informou que pode provar que o jato não deixou o espaço aéreo sírio.



Fontes presidenciais turcas disseram que o avião de guerra era um SU-24 de fabricação russa. O Exército turco, que não confirmou a origem do avião, informou que foi alertado mais de 10 vezes no espaço de cinco minutos sobre violações no espaço aéreo turco.



O Ministério da Defesa da Rússia informou que um de seus caças foi derrubado na Síria, aparentemente de tiros vindos do solo, mas informou que poderia provar que o avião estava sobre a Síria durante o voo, relatou a agência de notícias Interfax.



PATROCINADORES

O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, recebeu informações do chefe do Exército, enquanto o premiê, Ahmet Davutoglu, ordenou consultas com a Otan, a ONU e países relacionados, disseram os gabinetes de ambos.



O grupo de monitoramento Observatório Sírio para Direitos Humanos informou que o avião de guerra caiu em uma área montanhosa na província de Latakia, onde houve um bombardeio aéreo anteriormente e onde forças pró-governo lutam no solo contra insurgentes.



A Rússia e o governo sírio, aliado, realizaram ataques na área. Uma fonte militar síria disse que a suposta derrubada estava sendo investigada.



Imagens da emissora privada turca Haberturk TV mostraram o avião caindo em chamas e uma longa faixa de fumaça. Imagens separadas da agência turca Anadolu mostraram dois pilotos saindo de paraquedas do jato antes da queda.



Veja Também